0 Blog do Rodrigo - 1000 dias

Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Torres e as Novas Companhias

Brasil, Rio Grande Do Sul, Torres

O João e a Bruna admiram a Praia da Guarita, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

O João e a Bruna admiram a Praia da Guarita, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Após as calorosas despedidas em Porto Alegre, ontem pela manhã, retomamos a estrada. Nosso destino era a cidade de Torres, a mais bela praia do estado do Rio Grande do Sul, já na fronteira com Santa Catarina. Mas não viemos pelo caminho mais rápido. Tivemos de fazer um pequeno desvio por Tramandaí, a praia onde havíamos dormido antes de seguirmos para Porto Alegre. Tínhamos esquecido algo muito importante no hotel e eles, gentilmente, o guardavam para nós. Feito o resgate, seguimos para o norte e, junto com a fome do almoço, chegamos à famosa Torres.


Mapa de Torres, no Rio Grande do Sul. Pode-se ver as principais atrações da cidade, como suas praias , o Morro do Farol e o Parque Estadual da Guarita. Santa Catarina está logo ali do lado!

Mapa de Torres, no Rio Grande do Sul. Pode-se ver as principais atrações da cidade, como suas praias , o Morro do Farol e o Parque Estadual da Guarita. Santa Catarina está logo ali do lado!


O primeiro desafio foi encontrar um lugar para dormir. Estamos em pleno carnaval e a população da cidade, que no inverno é de menos de 40 mil pessoas, agora no verão atinge quase 250 mil almas. O céu azul ajudava a quem se divertia na praia, mas complicava a vida de quem buscava um quarto de hotel. Procura daqui, procura dali, encontramos! Depois, sem perder mais tempo, direto para a orla. Não teremos muito tempo por aqui e tínhamos de aproveitar cada minuto!

Chegando a Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Chegando a Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Dia de céu azul em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Dia de céu azul em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Hoje bem cedo recebemos “visitas” novamente. Agora quem veio é o meu sobrinho João Pedro e sua namorada Bruna. Eles chegaram à rodoviária de Torres antes do sol nascer. Vão ficar conosco por apenas seis dias. Puderam ver Torres agora pela manhã e seguem conosco para o sul de Santa Catarina. Vamos à parte baixa dos canyons do Itaimbezinho e, de lá, para Laguna e o Farol de Santa Marta. Depois, Praia do Rosa e Garopaba, de onde voltam para São Paulo. Assim, nessa quase semana, para a nossa imensa felicidade, o banco de trás da Fiona estará cheio novamente!

Em pleno carnaval, Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul, está lotada!

Em pleno carnaval, Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul, está lotada!


Em pleno carnaval, Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul, está lotada!

Em pleno carnaval, Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul, está lotada!


Bom, voltando ao relato sobre nossa estadia em Torres, as praias da cidade estavam lotadas ontem. Nada de se estranhar, considerando o tempo bom e o fato de estarmos em pleno carnaval. Mais do que isso, Torres é a mais bela praia do estado, ponto predileto de veraneio de dezenas de milhares de porto-alegrenses que querem evitar mais algumas horas da movimentada e perigosa estrada que leva às praias do sul de Santa Catarina. Na verdade, basta atravessar o rio para pisarmos em solo catarinense, mas as praias mais conhecidas como o Farol de Santa Marta e Garopaba já estão bem mais adiante. Então, por que não se contentar com as belezas de Torres?

No alto do Morro do Farol, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

No alto do Morro do Farol, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Medidor de vento no alto do Morro do Farol, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Medidor de vento no alto do Morro do Farol, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


O imenso litoral do Rio Grande do Sul é formado, basicamente, por uma única e interminável faixa de areia. Desde a Barra do Chuí, lá na fronteira com o Uruguai, não há montanhas, falésias, costões ou rochedos que dividam a faixa de areia em praias distintas. As únicas divisões são bocas de rio ou de lagoas, ou separações arbitrárias criadas pelo homem. A única e honrosa exceção é exatamente Torres. Por aqui, imensos paredões de pedras e imponentes falésias chegam até junto ao mar. Aliás, são exatamente esses paredões de pedra que mais parecem enormes torres que dão nome à cidade.

Saltando de paraglider no Morro do Farol, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Saltando de paraglider no Morro do Farol, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Em dia de céu azul e muito vento, feriado de carnaval, as pessoas aproveitam para saltar de paraglider do alto do Morro do Farol, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Em dia de céu azul e muito vento, feriado de carnaval, as pessoas aproveitam para saltar de paraglider do alto do Morro do Farol, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


A planície litorânea que segue ao longo de todo o litoral gaúcho é aqui mais estreita do que nunca. Separa o oceano da colossal Serra Geral e do enorme planalto atrás dela. Assim, desde tempos imemoriais, se tornou uma espécie de caminho natural para aqueles que se deslocavam de norte a sul e queriam evitar os rigores do planalto. No coração desse estreito corredor, Torres se tornou ponto de passagem obrigatório. Primeiro dos índios nômades, depois dos portugueses que vinham ocupar terras espanholas (pelo menos segundo o Tratado de Tordesilhas!), seja em busca de índios para escravizar, seja em busca do enorme rebanho de bois que vivia livre nos pampas gaúchos.

Praia da Cal, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Praia da Cal, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Turistas sobem em falésia no Parque Estadual da Guarita, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Turistas sobem em falésia no Parque Estadual da Guarita, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Finalmente o valor estratégico da região foi reconhecido e um pequeno forte foi construído sobre uma de suas falésias. Mas as necessidades militares não duraram muito e o forte foi desmantelado. Ali perto, uma igreja foi construída e, ao seu redor, uma pequena vila cresceu. Era o início de Torres e a época, o período de independência do Brasil. Não demorou muito para que as primeiras levas de imigrantes alemães começassem a chegar, época em que índios ainda brigavam por seu espaço nessa terra. Os índios se foram, começaram a chegar os italianos e a cidade ainda não passava de um paupérrimo povoado na virada para o século XX.

Encontrando o casal gaúcho da expedição 'Conhecendo o Meu Pago', em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Encontrando o casal gaúcho da expedição "Conhecendo o Meu Pago", em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Na praia em Torres, encontro com a Lisiane e seu marido, o casal gaúcho da expedição 'Conhecendo Meu Pago', que busca percorrer todos os municípios do estado do Rio Grande do Sul

Na praia em Torres, encontro com a Lisiane e seu marido, o casal gaúcho da expedição "Conhecendo Meu Pago", que busca percorrer todos os municípios do estado do Rio Grande do Sul


A Lisiane e seu marido, da expedição 'Conhecendo o Meu Pago', em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

A Lisiane e seu marido, da expedição "Conhecendo o Meu Pago", em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Foi quando a vocação para o turismo foi descoberta. Virou o verdadeiro motor para o desenvolvimento da região e, em breve, Torres se tornou um dos mais chiques balneários de veraneio da burguesia porto-alegrense. Grandes hotéis foram construídos e o turismo, aos poucos, trouxe dinheiro e fama à cidade. As dificuldades iniciais de transporte ficaram no passado e antigas viagens épicas foram reduzidas a pouco mais de duas horas de carro por bom asfalto. Não é a toa que, hoje em dia, não apenas porto-alegrenses, mas também muitos argentinos fazem a festa por aqui.

Fim de tarde na praia de Itapeva, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Fim de tarde na praia de Itapeva, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Os famosos paredões de pedra que dão nome à Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Os famosos paredões de pedra que dão nome à Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Para nós, ao chegar ontem no início da tarde, foi mesmo um alívio ver uma praia que não se perdia no horizonte, mas que era perfeitamente delineada por imensos paredões de pedra ou colinas que avançam sobre o mar. Uma dessas colinas é o chamado Morro do Farol e tratamos logo de ir lá no alto. Daí se tem uma vista perfeita da cidade e do litoral, da praia lotada de um lado (Praia Grande) e da outra, já nem tanto, do outro (Praia do Cal). Igualmente interessante é avistar a Ilha dos Lobos, a única de todo o litoral gaúcho, a uns poucos quilômetros da costa. Mas o ponto alto é mesmo ver a prática de paragliding. Os corajosos saem dali mesmo, aproveitando o vento de fim de tarde que não cessa nunca. Incrível o domínio que têm da asa hoje em dia. Ficam plainando à nossa frente, quase parados, a poucos metros do chão. O enorme oceano por detrás compõe o belíssimo cenário que atrai centenas de turistas até lá encima. Muito joia!

Praia da Guarita, uma das mais belas de Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Praia da Guarita, uma das mais belas de Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Foi daí também que observamos o morro de Furnas, a próxima colina a avançar sobre o mar no sentido sul. Esse morro marca o fim da Praia do Cal e esconde atrás de si a mais bela praia da cidade (e, por conseguinte, de todo o Rio Grande do Sul!), a Praia da Guarita. Toda a área é protegida por um Parque Estadual que tem o mesmo nome da praia. Foi para lá que decidimos seguir, chegar mais perto dos paredões de pedra que fazem a fama dessa cidade.

Como nós, os pássaros também admiram mais um dia que nasce na cidade de Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Como nós, os pássaros também admiram mais um dia que nasce na cidade de Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Como nós, os pássaros também admiram mais um dia que nasce na cidade de Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Como nós, os pássaros também admiram mais um dia que nasce na cidade de Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Uma estrada de terra e areia nos leva até lá e o estacionamento já é quase na praia. Mas antes de seguirmos até o mar, fomos abordados por um simpaticíssimo casal gaúcho que já nos conhecia pela internet. Como não poderia deixar de ser, foi a super Fiona que lhes chamou a atenção. Eles também têm a sua expedição, chamada de “Conhecendo o Meu Pago”. A palavra “pago” (aprendi ontem, com eles!), em bom gauchês, significa “o local onde nasci”. Mais uma das inúmeras palavras e expressões típicas daqui. A expedição deles, portanto, tem o objetivo de conhecer todo o Rio Grande do Sul, cada um dos quase 500 municípios do estado. Creio que eles já foram em cerca de metade deles, conforme nos explicou a queridíssima Lisiane e seu marido. Foi uma deliciosa conversa a beira-mar, a caminho da mais bela praia do estado.

Com o sobrinho João Pedro e sua namorada Bruna na praia da Guarita, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Com o sobrinho João Pedro e sua namorada Bruna na praia da Guarita, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Com o sobrinho João Pedro e sua namorada Bruna na praia da Guarita, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Com o sobrinho João Pedro e sua namorada Bruna na praia da Guarita, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Para lá seguimos, então, por entre colunas de pedra que avançam sobre o mar. Na maré cheia, não sei se é possível fazer o mesmo caminho. A esta hora da tarde, entre uma onda e outra, conseguimos passar e chegar à praia da Guarita. Realmente, um espetáculo, as paredes e falésias de pedra. Difícil acreditar que estamos no litoral do Rio Grande do Sul!

Bem cedo, a praia da Guarita ainda está vazia, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Bem cedo, a praia da Guarita ainda está vazia, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


O sol acaba de nascer em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

O sol acaba de nascer em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Pena que a pouca luz não ajudava as fotos. Mas já sabíamos que haveria outra chance. Afinal, tínhamos acabado de escolher onde traríamos o João Pedro e a Bruna, assim que os pegássemos na rodoviária. Dito e feito! Eu deixei a Ana para mais alguns minutos de sono no hotel, hoje bem cedo, e fui pegar o meu sobrinho na estação de ônibus. Ele e a Bruna. Voltamos para o nosso hotel, largamos bagagem por lá e pagamos a Ana. Com o sol nascendo, chegamos todos juntos ao Parque da Guarita, prontos e ansiosos para mais um espetáculo matinal.

Os paredões de pedra do Parque Estadual da Guarita, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Os paredões de pedra do Parque Estadual da Guarita, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


A eterna luta entre a água e a terra, o mar e as rochas, na costa de Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

A eterna luta entre a água e a terra, o mar e as rochas, na costa de Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


São Pedro não nos decepcionou. O dia nasceu lindo e, ao contrário de ontem, estávamos a sós por ali. Não é muita gente que se dispõe a madrugar em uma terça-feira de carnaval! Novamente, a maré nos permitiu chegar á praia escondida pelos rochedos de pedra. Dessa vez, seguimos os quatro não só através da pequena Praia da Guarita, mas mais além, subindo as trilhas do Morro de Furnas. Como já disse, área protegida pelo Parque Estadual e livre de construções e da especulação imobiliária. Nessa hora do dia, livre de gente também.

Do alto das falésias de pedra o João Pedro admira o mar de Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Do alto das falésias de pedra o João Pedro admira o mar de Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Aproveitamos ao máximo o cenário. Para nós, eu e a Ana, uma digna despedida desse belo estado que é o Rio Grande do Sul. Passamos por aqui três vezes nesses 1000dias. Primeiro, uma incursão pela serra e pelos canyons. Depois, um trajeto que incluía as Missões Jesuíticas e a maior cachoeira horizontal do mundo no nosso caminho para a Argentina. Finalmente, vindos do Uruguai, um roteiro pelo litoral do estado, pela mais longa praia do mundo e também a capital. Agora, aqui em Torres, com chave de ouro, nossa despedida definitiva, ao menos durante esses 1000dias. Esse nascer-do-sol foi mesmo especial!

No parque da Guarita, o João pedro e a Bruna aproveitam os primeiros raios de sol do dia para se aquecerem, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

No parque da Guarita, o João pedro e a Bruna aproveitam os primeiros raios de sol do dia para se aquecerem, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul


Ainda mais tão bem acompanhados do João e da Bruna. Para eles, início de viagem com o pé direito. Nada como respirar um pouco de maresia logo de manhã. Principalmente depois de tantas horas trancados em um ônibus interestadual. Enfim, animados todos, seguimos para a próxima etapa da viagem, Rio Grande do Sul e a praia ficando para trás, Santa Catarina e os canyons colossais nos aguardando mais à frente. Vamos que vamos!

Praia da Guarita, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Praia da Guarita, em Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul

Brasil, Rio Grande Do Sul, Torres, Praia, trilha, mar, Parque

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Na casa da Ale, Foguinho e Olivia, recebendo visitas! (em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul
No fim da tarde, apesar das nuvens, fomos premiados com um belíssimo pôr-do-sol nas águas do lago Guaíba, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul
Feliz, passeando pelas ruas centrais de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul
Depois de 15 dias viajando juntos pelo Uruguai e Rio Grande do Sul, despedida do Joca e da Ixa, os pais do Rodrigo, no aeroporto de Porto Alegre, capital do estado
Flamingos alçam voo no Parque Nacional da Lagoa do Peixe, no sul do Rio Grande do Sul, entre a Lagoa dos Patos e o Oceano Atlântico
Igreja mais tradicional de Rio Grande, no sul do Rio Grande do Sul
A vasta e bela Lagoa Mirim, no sul do Rio Grande do Sul, fronteira com o Uruguai (foto da internet)
Dirigindo na Praia do Cassino que, com mais de 250 km de extensão, é a mais longa do mundo. Fica entre Chuí e Rio Grande, no Rio Grande do Sul
Retornando ao Brasil por Chuí, no Rio Grande do Sul, fronteira com o Uruguai
Página 5 de 161
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet