0 A Pequena San Martín - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A Pequena San Martín - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

A Pequena San Martín

Argentina, San Martín de Los Andes

Chegando à charmosa San Martín de Los Andes, na Argentina

Chegando à charmosa San Martín de Los Andes, na Argentina


Quem conheceu a Bariloche de três ou quatro décadas atrás costuma dizer que parecia a San Martín de Los Andes de hoje. Ambas estão defronte a um grande lago e cercadas de montanhas que se cobrem de branco no inverno. Ambas com vocação para o turismo, uma ainda ostenta a calma e a tranquilidade que a outra já perdeu. Foi nessa San Martín, a Bariloche de outrora, que chegamos ontem no final da tarde.

Torre do relógio em San Martín de Los Andes, na Argentina

Torre do relógio em San Martín de Los Andes, na Argentina


Luz de fim de tarde filtrada por árvores floridas em San Martín de Los Andes, na Argentina

Luz de fim de tarde filtrada por árvores floridas em San Martín de Los Andes, na Argentina


Delicioso jantar com vinho em San Martín de Los Andes, na Argentina

Delicioso jantar com vinho em San Martín de Los Andes, na Argentina


San Martín tem ruas largas e arborizadas e ainda não cresceu o suficiente para se estender sobre as montanhas que a cercam, como ocorreu com Bariloche. Pode ser percorrida tranquilamente a pé, desde a sua bela orla no lago Lacar até a praça central, também chamada de Centro Cívico, como em Bariloche. Mas aqui, ao contrário da grande cidade, o turismo ferve no verão. Há também os esportes de inverno, com uma importante estação de esqui aqui perto, mas é a praia do lago, assim como os passeios de barco e pescaria que atraem mais as multidões de turistas, quase todos nacionais.

Fotografando estátua do General San Martín, em  em San Martín de Los Andes, na Argentina

Fotografando estátua do General San Martín, em em San Martín de Los Andes, na Argentina


Estátua do libertador San Martín, na praça central de San Martín de Los Andes, na Argentina

Estátua do libertador San Martín, na praça central de San Martín de Los Andes, na Argentina


O ápice da temporada se dá no verão, em janeiro, e hoje a cidade ainda estava bem tranquila. Nós chegamos no final da tarde de ontem e logo encontramos uma pousada para ficar. Eu resolvi descansar um pouco por ali, surfar na internet, enquanto as meninas, sempre com muito mais pique, aproveitaram ainda a luz do dia para um happy-hour no passeio em frente à praia. Sem muito movimento, mas agradável o suficiente para uma cerveja gelada com vista para o lago.

Muito sol na praia de San Martín de Los Andes, na Argentina

Muito sol na praia de San Martín de Los Andes, na Argentina


Pessoas caminham no promenade da orla de San Martín de Los Andes, na Argentina

Pessoas caminham no promenade da orla de San Martín de Los Andes, na Argentina


De noite saímos todos para jantar em uma churrascaria, indicação de um funcionário da nossa pousada. Ótima ideia, carne de primeira acompanhada de tango ao vivo, música e dança. Some-se a isso um bom vinho e não poderíamos nos sentir mais na Argentina.

Admirando a praia e o lago Lacar, em San Martín de Los Andes, na Argentina

Admirando a praia e o lago Lacar, em San Martín de Los Andes, na Argentina


O pier de San Martín de Los Andes, na Argentina

O pier de San Martín de Los Andes, na Argentina


Hoje de manhã o primeiro compromisso foi ir ao centro de informações sobre montanhas. Um pouco ao norte daqui está o vulcão Lanin, talvez a mais popular montanha entre os montanhistas argentinos. É ele que dá nome ao enorme Parque Nacional do qual conhecemos uma pequena parte ontem e continuaremos a ver hoje. Mas é uma trilha demorada e trabalhosa, fora do nossa rota. Estamos indo para o sul e eles também nos deram boas dicas de lá. A ideia é subirmos hoje o Cerro Falkner, com 2.200 metros de altitude, e dormirmos acampados em praia do lago abaixo, que tem o mesmo nome da montanha.

Selfie em San Martín de Los Andes, na Argentina

Selfie em San Martín de Los Andes, na Argentina


Com a Rowan em San Martín de Los Andes, na Argentina

Com a Rowan em San Martín de Los Andes, na Argentina


Conseguidas as informações, fomos passear mais uma vez (na verdade, era a minha primeira vez!) na orla do Lacar. O dia estava ensolarado e algumas pessoas tomavam sol na praia, mas poucos se arriscavam a entrar nas águas geladas do lago. O píer estava bem movimentado, alguns veleiros e barcos de passeio ancorados. No passeio da orla, alguns cafés com mesas na calçada e a tentação de ficarmos ali, de bobeira, deixando a vida passar.

Com a Rowan em San Martín de Los Andes, na Argentina

Com a Rowan em San Martín de Los Andes, na Argentina


O lago Lacar e os Andes ao fundo, em San Martín de Los Andes, na Argentina

O lago Lacar e os Andes ao fundo, em San Martín de Los Andes, na Argentina


Mas reunimos forças e partimos para mais um dia de explorações. Ainda paramos algumas vezes ao longo do Lacar para tirar umas fotos e admirar a paisagem grandiosa, as montanhas nevadas dos Andes no fundo e as águas azuis do lago ainda mais azuis num dia lindo como hoje. Nossa rota agora era a famosa “Ruta de Los Siete Lagos” e o Lacar era apenas o primeiro deles. Mas não veríamos todos eles hoje, pois só iremos até o Falkner, o terceiro ou quarto da lista.

Admirando a beleza no entorno de San Martín de Los Andes, na Argentina

Admirando a beleza no entorno de San Martín de Los Andes, na Argentina

Argentina, San Martín de Los Andes, Lago, Patagônia

Veja todas as fotos do dia!

Participe da nossa viagem, comente!

Post anterior Parada para fotos em um rio maravilhoso no caminho entre Bariloche e San Martín de Los Andes, na Argentina

De Bariloche à San Martín de Los Andes

Post seguinte Aos 2.200 metros de altitude, no cume do Cerro Falkner, no Parque Lanin, na região de San Martín de Los Andes, na Argentina

Subindo o Cerro Falkner

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet