0 Passeio no Guaíba - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Passeio no Guaíba - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Passeio no Guaíba

Brasil, Rio Grande Do Sul, Porto Alegre

No fim da tarde, apesar das nuvens, fomos premiados com um belíssimo pôr-do-sol nas águas do lago Guaíba, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

No fim da tarde, apesar das nuvens, fomos premiados com um belíssimo pôr-do-sol nas águas do lago Guaíba, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


Alguns dias atrás, vindos do Uruguai, passamos pela pontinha sul da Lagoa dos Patos, o maior lago do Brasil. Foi lá na cidade de Rio Grande, localizada no canal que liga o lago (e o transforma em uma “laguna, como eu já expliquei aqui) ao Oceano Atlântico. Agora, mais de 220 km ao norte, estamos na outra ponta da Lagoa dos Patos, aqui na cidade de Porto Alegre. A capital gaúcha cresceu e se desenvolveu às margens de um “pequeno adendo” do maior lago brasileiro, o conhecido Lago Guaíba.

A Lagoa dos Patos, o maior lago do Brasil, com mais de 220 km de norte a sul, está no sul do Brasil. Na sua parte norte, um pequeno apêndice é chamado de Lago Guaiba. Aí está Porto Alegre, capital do estado

A Lagoa dos Patos, o maior lago do Brasil, com mais de 220 km de norte a sul, está no sul do Brasil. Na sua parte norte, um pequeno apêndice é chamado de Lago Guaiba. Aí está Porto Alegre, capital do estado


Imagem de satélite do Lago Guaiba, um apêndice na parte norte da Lagoa dos Patos. Aí está Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul. Em vermelho, a área onde fizemos nosso passeio de barco

Imagem de satélite do Lago Guaiba, um apêndice na parte norte da Lagoa dos Patos. Aí está Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul. Em vermelho, a área onde fizemos nosso passeio de barco


Circuito aproximado do nosso passeio de barco pelo Lago Guaiba, pelo rio Jacuí e nos canais que os interligam. A saída e chegada são próximas da Usina do Gasômetro (foto da internet)

Circuito aproximado do nosso passeio de barco pelo Lago Guaiba, pelo rio Jacuí e nos canais que os interligam. A saída e chegada são próximas da Usina do Gasômetro (foto da internet)


Embora possa ser pequeno quando comparado com a Lagoa dos Patos e seus 10 mil km2, o Guaíba também tem tamanho considerável: 500 km2. Grande o bastante para ter várias ilhas, muitas delas habitadas e ocupadas por belas casas de porto-alegrenses mais afortunados. Embora o lago não tenha fama de ser muito limpo, absorvendo ainda muito dos detritos gerados nos municípios que o rodeiam, passear de barco por suas águas, canais e meandros é um delicioso programa para quem visita a capital gaúcha. A Ana, que por tanto tempo trabalhou em uma agência gaúcha e muitas vezes esteve aqui, já tinha feito essa navegação, mas eu ainda não. Então, foi isso o que fizemos hoje, a bordo do popular e tradicional barco Cisne Branco, que há décadas leva turistas pelo Guaíba adentro.

Entrando no barco Cisne Negro para uma volta no lago Guaíba, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

Entrando no barco Cisne Negro para uma volta no lago Guaíba, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


Apesar do tempo nublado, entrando no barco Cisne Negro para uma volta no lago Guaíba, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

Apesar do tempo nublado, entrando no barco Cisne Negro para uma volta no lago Guaíba, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


No tradicional barco Cisne Negro, passeio no lago Guaíba, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

No tradicional barco Cisne Negro, passeio no lago Guaíba, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


Ao contrário de ontem, infelizmente, o céu estava encoberto. Na verdade, até chovia um pouco. Chegamos a ficar preocupados que o barco não saísse para o passeio, pois seria nossa única chance de fazê-lo. Quando o vento está forte e o lago se enche de ondas, a embarcação não sai do porto, ali bem perto do Gasômetro. Mas, para nosso alívio e felicidade, após alguns minutos de tensão, o capitão resolveu zarpar. Poucos turistas haviam se animado a enfrentar a chuva e fazer o programa, eu e a Ana entre os poucos valentes (ou teimosos...). A fama do lindo entardecer visto das águas do Guaíba é grande e, apesar de pouco provável, tínhamos nossas esperanças...

Deixando as docas de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul, para um passeio de barco no lago Guaíba

Deixando as docas de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul, para um passeio de barco no lago Guaíba


A cidade de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul. vista do barco em que navegávamos pelo lago Guaíba

A cidade de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul. vista do barco em que navegávamos pelo lago Guaíba


A skyline de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul, vista do lago Guaíba

A skyline de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul, vista do lago Guaíba


Assim como a gigantesca Lagoa dos Patos, o Guaíba também é bem raso. Profundidade próxima dos cinco metros, raramente indo além disso. Mas ali, no meio daquele verdadeiro “marzão” de água doce, é difícil acreditar nisso. Tão longe do mar que estamos que a água é realmente doce, ficando ligeiramente salobra nas grandes marés e períodos de seca.

A silhueta inconfundível do Gasômerto, com sua chaminé de mais de 100 metros de altura, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

A silhueta inconfundível do Gasômerto, com sua chaminé de mais de 100 metros de altura, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


A cidade de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul. vista do barco em que navegávamos pelo lago Guaíba

A cidade de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul. vista do barco em que navegávamos pelo lago Guaíba


O enorme lago Guaíba, na verdade apenas uma parte da Lagoa dos Patos, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

O enorme lago Guaíba, na verdade apenas uma parte da Lagoa dos Patos, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


O passeio e o percurso que o barco faz é mais ou menos padrão, contornando algumas ilhas e chegando até uma das pontes que compõe a Travessia Régis Bittencourt. Trata-se de um conjunto de 4 pontes, a mais longa delas sobre o rio Jacuí (o principal do Lago Guaíba), com 1.760 metros de comprimento. São elas que fazem a ligação rodoviária entre a capital com o interior do estado. Para chegar até lá, depois de atravessar uma área mais aberta do lago, entramos na rede de canais entre as diversas ilhas. É uma das partes mais interessantes do passeio, quando vemos de perto os jardins e quintais de algumas das belas casas que ocupam essas ilhas.

Navegando nos canais entre o rio Jacuí e a lago Guaíba, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

Navegando nos canais entre o rio Jacuí e a lago Guaíba, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


Encontro com outro barco de turismo no rio Jacuí, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

Encontro com outro barco de turismo no rio Jacuí, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


Encontro com outro barco de turismo no rio Jacuí, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

Encontro com outro barco de turismo no rio Jacuí, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


O comandante do barco vai nos dando informações geográficas e históricas ao longo do percurso, ao mesmo tempo em que matamos nossa sede com alguma cerveja gelada. Ao final, voltamos à parte aberta do lago de onde se tem uma vista privilegiada da cidade e de algumas de suas principais construções, como o Gasômetro e o estádio Beira-Rio. Aliás, esse nome vem do fato que, até hoje, muita gente ainda considera o lago Guaíba como o “rio Guaíba”.

Navegando nos canais entre o rio Jacuí e a lago Guaíba, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

Navegando nos canais entre o rio Jacuí e a lago Guaíba, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


Muitas belas casas na ilhas do lago Guaíba, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

Muitas belas casas na ilhas do lago Guaíba, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


Ponte sobre o rio Jacuí, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

Ponte sobre o rio Jacuí, região de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


Nossos dedos cruzados ao longo de todo o passeio finalmente fizeram efeito e São Pedro resolveu nos dar uma colher de chá no finalzinho do segundo tempo. Uma brecha abriu nas nuvens e a luz do sol pode chegar até nós, justamente na hora do pôr-do-sol. Foi joia! Uma última e belíssima imagem para se guardar de Porto Alegre!

Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


Final do nosso passeio de barco, de volta ao Gasômetro, já com as luzes acesas, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

Final do nosso passeio de barco, de volta ao Gasômetro, já com as luzes acesas, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


Mesmo com muitas nuvens, a luz de fim de tarde ilumina os prédios de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

Mesmo com muitas nuvens, a luz de fim de tarde ilumina os prédios de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


Foi nosso último programa diurno na capital gaúcha. Digo diurno porque ainda temos um churrasco agora de noite. Convite especial de um antigo chefe da Ana. Mais um mimo entre tantos outros que estamos recebendo por aqui e que nos fazem sentir cada vez mais em casa. Falo um pouco mais sobre essa doce acolhida no próximo post...

No fim da tarde, apesar das nuvens, fomos premiados com um belíssimo pôr-do-sol nas águas do lago Guaíba, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

No fim da tarde, apesar das nuvens, fomos premiados com um belíssimo pôr-do-sol nas águas do lago Guaíba, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul


No fim da tarde, apesar das nuvens, fomos premiados com um belíssimo pôr-do-sol nas águas do lago Guaíba, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

No fim da tarde, apesar das nuvens, fomos premiados com um belíssimo pôr-do-sol nas águas do lago Guaíba, em Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul

Brasil, Rio Grande Do Sul, Porto Alegre, Rio, Lago, Lagoa dos Patos, Guaíba

Veja todas as fotos do dia!

A nossa viagem fica melhor ainda se você participar. Comente!

Post anterior Feliz, passeando pelas ruas centrais de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul

No Centro de POA

Post seguinte Na casa da Ale, Foguinho e Olivia, recebendo visitas! (em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul

Hospitalidade Gaúcha

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 08/07/2015 | 10:05 por Virgilio

    Estavam desaparecido que bom que retornaram.

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet