0 Sexta no Parque - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Sexta no Parque - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Sexta no Parque

Brasil, Goiás, Alto Paraíso, São Jorge

P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO


Hoje foi dia de sentimentos ambíguos para mim. Neste nosso último dia de explorações na Chapada dos Veadeiros, era a hora de, finalmente, visitar o parque propriamente dito. A portaria, a única do parque, fica na pequena vila de São Jorge, a uns 30 quilômetros de Alto Paraíso. Eu já tinha estado em São Jorge outras duas vezes; a primeira, há mais de vinte anos anos, ainda nos tempos de estudante; a segunda, na segunda metade da década de 90, com o próprio Chico, em companhia dos nossos irmãos. Então, estava voltando para um parque que eu já conhecia. Para a Ana seria a primeira vez. Essencial, para quem quer conhecer a Chapada dos Veadeiros, ir ao parque pelo menos uma vez!

Trilha no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Trilha no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO


O P.N da Chapada dos Veadeiros nasceu em 61, ainda na época de Juscelino. Nasceu com um outro nome, P.N do Tocantins, com uma área 10 vezes maior do que tem hoje e chegava até as margens do grande rio. Na prática, era apenas algo escrito no papel e nada foi feito para implementá-lo de verdade. Assim, sua área foi sendo ocupada por fazendas e vilas e, aos poucos, ele foi tendo sua área diminuída pelas próximas duas décadas, até atingir sua configuração atual, de 65 mil hectares, bem distante do rio Tocantins.

Vale do Rio Preto, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Vale do Rio Preto, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO


Desde então, uma política cada vez mais restritiva de "uso" do parque foi sendo implementada, tornando o P.N Chapada dos Veadeiros um dos parques de acesso mais restrito fora da região norte do país. Atualmente, os visitantes podem percorrer apenas duas trilhas, com acompanhamento obrigatório de guias, que percorrem uma área ínfima do parque, algo como 2% da área total. Todos os outros 98% do parque, com diversas atrações, estão inacessíveis aos olhos dos simples mortais. E isso numa das regiões mais belas do país!

Salto dos 120 metros, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Salto dos 120 metros, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO


A boa notícia é que isso pode mudar. Há um plano de manejo sendo implementado e, nele, estão previstos novas trilhas e, inclusive, uma nova portaria na área de Cavalcante. Esperemos todos que isso não seja apenas uma promessa...

O belíssimo Salto dos 80 metros, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

O belíssimo Salto dos 80 metros, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO


Saímos cedo de Alto Paraíso e, chegando em São Jorge, fomos direto para a entrada do parque encontrar o Ivan e um guia local, o ex-garimpeiro Seu Wilson, o mais antigo guia da região. O Ivan, guia em Alto Paraíso, está cumprindo seu "estágio", para poder se tornar guia credenciado do parque também. Tem de acompanhar oito entradas ao parque e hoje foi a sua quarta. Dentre as duas trilhas, optamos pela Trilha dos Saltos, para mim a mais emblemática da Chapada dos Veadeiros.

Posando para fotos no Salto dos 80 metros, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Posando para fotos no Salto dos 80 metros, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO


Foi a primeira que fiz, 20 anos atrás, guiado pelo grande Elias, o mais famoso guia da Chapada, atualmente afastado, talvez meio cansado com a burocracia e limitações impostas ao turismo por lá. Na época, podíamos descer inclusive no poço do Salto dos 120 metros. Podíamos também caminhar pelos belíssimos canyons formados logo acima desse salto e do salto dos 80 metros, hoje proibidos.

Observando o Salto dos 80 metros, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Observando o Salto dos 80 metros, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO


A outra trilha que ainda hoje é liberada é para o canyon e para a Carioquinha, uma cachoeira. Antes, podíamos fazer os dois canyons e ainda seguir para o Carrossel, atualmente proibido. Podíamos, inclusive, seguir dos canyons para os saltos. Hoje, para fazer isso, primeiro devemos retornar à portaria (???), aumentando em muito o percurso.

Seu Wilson, nosso guia no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Seu Wilson, nosso guia no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO


Enfim, seguimos todos com Seu Wilson, ouvindo aqui e ali um pouco da sua sabedoria de ex-garimpeiro que já anda por ali há mais de 50 anos, conhecedor de plantas e causos. Chegamos ao mirante do Salto dos 120 metros para admirar a bela vista. Em seguida, fomos para o Salto dos 80 metros, para mim a mais representativa cena da Chapada. Ali, uma ridícula corda tenta proibir as pessoas de nadarem naquele poço maravilhoso. Imagina, aquela cachoeira maravilhosa ali, há 20 milhões de anos, imponente, livre, convidativa e algum burocrata em Brasília quer proibir que possamos usufruir daquele presente da natureza...

Hidromassagem nas corredeiras do Rio Preto, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Hidromassagem nas corredeiras do Rio Preto, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO


Ali, de frente para a cachoeira, esqueci do burocrata e fiquei embasbacado com aquela beleza toda. Memórias de 20 anos estavam frescas na cabeça. Daquela vez, após dois dias passeando no parque com o Elias, entrei uma terceira vez sem guia, já sabedor dos caminhos, que são muito bem marcados. Passei um dia maravilhoso no parque, solitário com meus pensamentos, explorando canyons e cachoeiras que estão lá para isso: serem admiradas e exploradas. Bons tempos...

Bem feliz, corredeiras do Rio Preto, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Bem feliz, corredeiras do Rio Preto, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO


De volta ao presente, passamos um final de tarde bem agradável nas corredeiras do Rio Preto e, já bem perto do horário de fechamento do parque, estávamos na portaria, para bater ponto. Aí foi a hora de achar uma pousada para nós, já que dormiríamos em São Jorge. Optamos pelo Hostal Sucupira, quarto para nós três.

Com o Chico, nas corredeiras do Rio Preto, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Com o Chico, nas corredeiras do Rio Preto, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO


Eu e o Chico demos boas risadas com nossa memória da última vez por aqui, quando um senhor já bem ruim da cabeça passava as manhãs gritando pelas ruas da vila: "Ôôô diaaaabooo!!!" Todos os dias acordávamos com seus gritos. O Seu Wilson, nosso guia, lembrou dele e disse se tratar do Seu Lanu, antigo garimpeiro muito querido na região, mas que terminou seus dias meio gagá. Ficamos sabendo que a família o levou para Brasília e ele, saudoso da liberdade que tinha na Chapada, morreu logo depois. Que esteja descansando em paz, o Seu Lanu, que nos seus momentos de glória, andava sempre impecavelmente em seu terno branco, distribuindo as riquezas que obtinha no garimpo.

Época de florada dos 'chuverinhos' no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Época de florada dos "chuverinhos" no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO


A gente ainda teve um jantar de gala na recém aberta risoteria. São Jorge, tão pequena e tão chique! Estava uma delícia, comida e bebida da melhor qualidade num ambiente digno de grandes arquitetos. Com certeza, vai ficar por muito tempo na nossa memória! A visão do cerrado em noite escura complementava a cena. Só faltou um grito, lá do fundo, para tornar tudo perfeito: "Ôôôô diaaaaaboo!" Nossa , iria ser demais!!!

Lua nova sobre o cerrado no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Lua nova sobre o cerrado no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Brasil, Goiás, Alto Paraíso, São Jorge, trilha, cachoeira, Parque, Trekking, Chapada dos Veadeiros

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior As muitas cachoeiras do Rio do Couro, na Chapada dos Veadeiros, região de Alto Paraíso - GO

Saltos no Rio do Couro

Post seguinte Morro do Cabeludo, no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO

Da Chapada Para os Pirineus

Blog da Ana Salto dos 120 metros, no P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Trilha dos Saltos

Comentários (5)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 08/03/2013 | 18:33 por Dione Scarpelli

    Obrigada Rodrigo
    Segue o link do poema junto com o endereço do blog:
    http://fozdavoz.blogspot.com.br/2013/03/lua.html

    Resposta:
    Olá Dione

    Muito legal!

    Obrigado por ter enviado o link!

  • 03/03/2013 | 06:54 por Dione

    Belíssimas fotos, espero que não se importe, publiquei
    a imagem da lua nova num poema do meu blog. Encontrei
    pelo Google. Caso não autorize, eu retiro, ok? Obrigada, abraços. Dione

    Resposta:
    Olá Dione

    Legal que vc tenha gostado das fotos!

    Claro que não tem problema de vc ter usado a foto no seu blog. Fico até orgulhoso, hehehe! Só fiquei curioso para ver o poema... Se puder, manda para mim o endereço do seu blog.

    Abs

  • 05/01/2013 | 00:26 por Leidiane Ramos de Azevedo

    E acrescentando a resposta para o Aventureiro, tem um serviço de rapel no cânion Raizama, fora do parque. A agência que mais trabalha com esportes de aventura lá é uma chamada Travessia, tem canionismo, rapel, tirolesa etc

    Resposta:
    Oi Leidiane

    Obrigado pela informação! Realmente, fora do parque, tanto na região de Alto Paraíso como na de Cavalcante, há muitas possibilidades de rapel

    Abs

  • 05/01/2013 | 00:23 por Leidiane Ramos de Azevedo

    Geeente!!! Foram em Alto Paraíso e não foram no vale da lua??? Como assim, tem que voltar lá. rsrs

    Resposta:
    Oi Leidiane

    Na verdade, eu já estive duas vezes no Vale da Lua. É mesmo espetacular! Mas hoje em dia, especiamente na temporada ou em feriados, fica cheio demais. Também... todo mundo quer ver aquele lugar maravilhoso.

    Com certeza voltaremos muitas vezes à Chapada dos Veadeiros. E vamos, sem falta ao Vale da Lua, de preferência, num dia de semana!

    Abs

  • 28/08/2012 | 12:41 por Aventureiro

    Boa tarde a todos, só tenho uma duvida, pois ainda não fui a este parque, mais sabe me informar se nele a alguma restrição para rapel ou escalada nele só podemos fazer trilha mesmo como é amigo de qualquer forma já agradeço flw abraço.

    Resposta:
    Olá Aventureiro

    Eu acho que não dá para fazer rapel lá não, só se vc tiver um "esquema" bem forte. O parque é bem regulado e até para fazer trilhas, tem de ser sempre acompanhado de guia, mesmo que vc já saiba o caminho.

    De qualquer jeito, a melhor maneira seria vc checar com alguma agência de turismo lá de Alto Paraíso, que é a maior cidade perto do parque

    Abraços

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet