0 Da Chapada Para os Pirineus - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Da Chapada Para os Pirineus - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Da Chapada Para os Pirineus

Brasil, Goiás, Pirenópolis

Morro do Cabeludo, no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO

Morro do Cabeludo, no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO


Pouca gente fora de Goiás sabe, mas os Pirineus, essa famosa cadeia de montanhas, não fica entre a França e a Espanha, mas aqui pertinho de Goiânia, na pequena, histórica e charmosa Pirenópolis, ou cidade dos Pirineus.

Pirenópolis é um destino turístico super concorrido para os goianos e brasilienses. Cidade histórica, com origem no séc XVIII ligado à mineração, ainda em tempos coloniais, tem um casario antigo que lembra muito as cidades históricas mineiras, ou mesmo Parati, no Rio de Janeiro. Além do charme, o outro grande atrativo da cidade são suas belezas naturais, como as dezenas de cachoeiras e o P.E dos Pirineus.

Vista dos Pirineus, no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO

Vista dos Pirineus, no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO


Nosso objetivo era sair hoje de São Jorge, na Chapada, e chegar à Pirenópolis em tempo para visitar esse parque que dá nome à cidade. Das minhas lembranças de uma visita que fiz há uns oito anos, era um programa rápido e relativamente fácil de fazer...

Muitos 'chuvirinhos' no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO

Muitos "chuvirinhos" no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO


Saímos mais tarde que o planejado mas, mesmo assim, ainda tínhamos a intenção de dar uma paradinha no Vale da Lua, ao lado de São Jorge e a mais conhecida atração da Chapada dos Veadeiros fora dos limites do parque. Mas hoje era sábado e, assim que chegamos na estrada que dá acesso á atração, lá estavam dois ônibus abarrotados rumando para o Vale da Lua. Era a deixa que precisávamos para desistir do programa, ainda mais que seria uma visita de pouco tempo, mas paga do mesmo jeito. O Vale da Lua é para ser curtido durante a semana, longe das multidões e com tempo para admirar cada um de seus recantos.

Com o Chico, no alto do 'Pai', no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO

Com o Chico, no alto do "Pai", no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO


Passamos em Alto Paraíso, na nossa pousada Catavento, para pegar o carro do Chico e seguimos em comboio para Pirenópolis, passando pelo Distrito Federal e ao largo de Brasília. Impossível não lembrar da inesquecível Legião Urbana e de seu "Santo Cristo" ao passar ao lado de Planaltina e de Ceilândia. É fácil perceber que a crítica social contida naquela música continua mais atual do que nunca, especialmente nestas cidades da periferia de Brasília.

Com a tarde avançando, chegávamos perto de Pirenópolis e já podíamos observar os Pirineus. E não é que lembram mesmo as montanhas européias? É claro que numa escala muito menor! Foram europeus passando pela região que notaram a semelhança e contribuíram para a mudança de nome da antiga vila para o nome atual.

Uma das quedas d'água do Sorrizal, no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO

Uma das quedas d'água do Sorrizal, no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO


Não daria tempo de ir até a cidade para depois voltar ao parque. A saída era passar por lá primeiro. O problema é que nossos dois livros-guia advertiam que um guia (de carne e osso)era obrigatório. Não nas minhas memorias! Lembrava-me de trilhas curtas e bem indicadas. Dito e feito! Apesar das placas avisando sobre a necessidade de guia, essa ridícula regra não é seguida. As portarias aparentam estar abandonadas e seguimos tranquilamente até o pé do "Pai, Filho e Espírito Santo", as três montanhas principais dos Pirineus.

Um dos poços do Sorrizal, no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO

Um dos poços do Sorrizal, no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO


Encima do Pai está uma igreja e uma trilha de 15 minutos nos leva até lá, de onde se tem belíssimas vistas das paisagens ao redor. Há uma procissão em Julho em que as pessoas vem até aqui, à pé, desde Pirenópolis, a 20 km de distância. Isso sim é um belo esforço!

De lá seguimos, ainda dentro do parque, para o Sonrizal, uma sequência de pequenas quedas d'água (principalmente para quem está acostumado com as cachoeiras da Chapada!) e diminutos poços de água cristalina. A gente se refrescou rapidamente e seguimos para Pirenópolis, onde nos instalamos na Pousada Cavalhada, bem no centro histórico.

No mirante do Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO

No mirante do Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO


Fim de semana, cidade movimentada por goianos e brasilienses. Mais do que isso, estamos em período de festas que antecedem as famosas cavalhadas da cidade, então o centro se enche de pessoas montadas em seus cavalos enfeitados. Muito jóia! Comemos num dos muitos bons restaurantes de preços inflacionados da cidade e esticamos para uma boate onde se tocava "legítima" música goiana: jazz! Muito boa, a banda, e foi foi uma surpresa agradabilíssima encontrar essa boa música por aqui, em pleno interior de Goiás. Acabou embalando nosso sono tardio, já quatro da manhã. Vai ser difícil acordar para poder seguir explorando as belezas da cidade...

No mirante do Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO

No mirante do Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO

Brasil, Goiás, Pirenópolis, trilha, Parque, Pirineus

Veja todas as fotos do dia!

A nossa viagem fica melhor ainda se você participar. Comente!

Post anterior P.N Chapada dos Veadeiros, região de São Jorge - GO

Sexta no Parque

Post seguinte Cavaleiros na Igreja Matriz em Pirenópolis - GO

Piri

Blog da Ana O 'Filho' e o 'Espírito Santo', no Parque dos Pirineus, em Pirenópolis - GO

Os Pireneus

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 02/07/2014 | 10:04 por Henrique Silva

    Paisagens lindas e maravilhosas que só este país, Brasil, tem. Simplesmente linda.

    Resposta:
    Oi Henrique

    Concordamos totalmente! A parte natural do nosso pais é mesmo maravilhosa!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet