0 Homens do Deserto - Blog da Ana - 1000 dias

Homens do Deserto - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Homens do Deserto

México, San Ignacio

Pinturas rupestres na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)

Pinturas rupestres na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)


O oásis de San Ignacio, porta de entrada sul do Deserto de Vizcaíno, é uma ilha verde de alegria e bonança. Porém os que estão ali não querem ver palmeirinhas, água e uma missão jesuíta. A maioria está em busca de aventuras mais áridas, dias quentes, noites frias e uma boa aula de história de quem foi, afinal, o antigo povo califórnio.

O mágnifico cenário da Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)

O mágnifico cenário da Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)


San Ignacio é uma ótima base para explorar a região. O centro da cidade está em torno da Misión de San Ignacio de Kadakaamán, estabelecida pelos jesuítas e construída por dominicanos em 1786.

A missão de San Ignacio, na Baja California - México

A missão de San Ignacio, na Baja California - México


Um passeio pela praça e temos uma rápida visão da cidade e do tipo de turismo que acontece por aqui. Tours para avistamento de baleias, trekkings e cavalgadas para as grutas próximas são os principais atrativos. O pequeno museu ao lado da igreja dá uma introdução bacana sobre os estudos já realizados nas grutas e cavernas desta área. Hoje qualquer tour mais longo estaria descartado. Com a ajuda do INA – Institudo Nacional de Antropologia - e usando o melhor celular do campo (o bom e velho rádio!), deixamos contratado um guia para nos levar à Cueva del Palmerito na Sierra de Santa Martha.

Atravessando o deserto na estrada entre Santa Rosalía e San Ignacio, na Baja California - México

Atravessando o deserto na estrada entre Santa Rosalía e San Ignacio, na Baja California - México


Foi pouco mais de uma hora de San Ignacio ao pequeno povoado de Santa Marta. Dirigimos deserto adentro, passando por paisagens espetaculares, o Volcán de las Tres Vírgenes de um lado e um imenso deserto de cactos do outro.

Chegando à Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)

Chegando à Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)


No rancho, finalmente conhecemos a personagem que iria nos acompanhar pelas próximas horas, nosso guia Nacho. Don Nacho deve ter em torno de 65 anos, ele não lembra bem... já foi casado e enviuvou, sua esposa era fraca do coração. A segunda esposa (na verdade ele está apenas juntado) foi raptada da casa dos pais do outro lado da serra, já que o sogro disse à Nacho que o casamento a ele não interessava. Ela fugiu no lombo de uma mula com o amor da sua vida. Tiveram três filhos, além dos 3 que ele já tinha do primeiro casamento. Nacho diz que a juventude de hoje casa muito cedo, com 16 anos já casam e o problema é que do mesmo jeito que casam, separam: “muy rápido”.

O Nacho, noso simpático guia na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)

O Nacho, noso simpático guia na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)


Ele viveu a vida toda aqui, já viajou até San Diego, Los Angeles e San Francisco - USA, uns amigos deles o convidaram e ele foi lá ver como é que era. Na mesma simplicidade que ele nos conta isso, ele nos confirma, adora viver aqui no Deserto de Vizcaíno. Foi aqui que ele nasceu, assim como seus pais e seus avós e foi aqui que se criou, brincando e trabalhando com a terra. Aqui ele não precisa pagar imposto, água (até por que quase não tem!) e nem luz, que é gerada por um painel solar instalado pelo governo.

Flor de cactus na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)

Flor de cactus na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)


Ele nos levou rumo à Sierra Santa Martha em uma hora de caminhada, matuto e pensativo. Eu não aguentava e o provocava o tempo todo, queria aspirar um pouco de sua sabedoria do deserto. Que plantas se pode comer? Quais tem mais água e qual é remédio? Ele lembra que quando era criança chovia muito mais por aqui. Agora tem 2 anos que não chove, o deserto não era assim tão seco. “E sobre esses homens que pintavam nas cavernas, o que o senhor sabe?” Ele não sabia muito não, mas diz a lenda que esses índios eram gigantes!

Observando as pinturas rupestres na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)

Observando as pinturas rupestres na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)


Chegamos à Cueva El Palmerito e logo entendemos o porquê dessa lenda. As pinturas rupestres encontradas aqui nos arredores de Vizcaíno são únicas no mundo! Homens e mulheres pintados estão um pouco maiores do que o tamanho natural! Assim como os veados, borregos, tartarugas e onças. Milhares de pinturas de indígenas usando calças e longas camisas coloridas em vermelho, negro, amarelo e branco.

As incríveis pinturas rupestres na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)

As incríveis pinturas rupestres na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)


As pinturas mais antigas são datadas de 9.000 anos (ou 7.000 a.C.) e requeriam diversos tipos de mão de obra. A confecção das tintas provenientes de diferentes plantas, ferramentas e andaimes, já que os pesquisadores não acreditam (?!?!) que eles eram mesmo gigantes. Antropólogos acreditam que as pinturas murais eram feitas em momentos de encontros de tribos. Estes ameríndios eram nômades e este seria um momento especial de reunião de indígenas da mesma etnia. As pinturas dão asas à imaginação, ficamos meia hora deitados no chão de onde tínhamos a melhor vista, tentando imaginar e entender o que eles queriam dizer.

As impressionantes pinturas rupestres na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)

As impressionantes pinturas rupestres na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)


Quase todos estão com as mãos ao alto, dizem que seria a posição que eles ficavam ao redor da fogueira. Alguns homens parecem mais fortes, guerreiros, as mulheres são representadas com os seios laterais, “saindo” das axilas e os chefes da tribo com seus adornos e mantos especiais. Uma imagem que nos chama atenção foi a de um homem (ou mulher?) que estaria usando um capuz, deixando o rosto escuro e o corpo todo coberto. Seria este o próprio xamã? Feiticeiro? Pajé?

Feiticero retratado em pintura rupestre na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)

Feiticero retratado em pintura rupestre na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)


A cena mais famosa deste painel é a briga dos dois veados, grandes e imponentes. O puma perto deles fica parecendo mais um gatinho. Tempos muito longínquos, que nem em uma viagem de chá de cactos nós conseguiríamos realizar como seria seu cotidiano e quais seriam os seus pensamentos sobre o futuro nesta terra. Será que conseguiriam eles imaginar um dia o mundo de hoje?

Ave de rapina voa nos ares de San Ignacio, na Baja California - México

Ave de rapina voa nos ares de San Ignacio, na Baja California - México


Voltamos caminhando com os nossos pensamentos e ao som de uma moda mexicana cantada pelo Don Nacho, com profundo gosto e alegria. Chegamos a tempo de pegar um final da tarde no platô de San Ignacio, com uma linda vista do oásis verde no deserto. Um dia quem sabe conseguiremos viajar no tempo e bater um papo com esses caras, eles deviam ser no mínimo, bem interessantes.

O oásis na região de San Ignacio, na Baja California - México

O oásis na região de San Ignacio, na Baja California - México

México, San Ignacio, pinturas rupestres, arqueologia, deserto, Antropologia, Baja California

Veja todas as fotos do dia!

A nossa viagem fica melhor ainda se você participar. Comente!

Post anterior Padaria centenário em Santa Rosalía, na Baja California - México

Faroeste Francês

Post seguinte A pequena igreja no pueblo da Sierra de San Francisco, no deserto Vizcaino, na Baja California - México

Rancho San Francisco

Blog do Rodrigo Observando as pinturas rupestres na Sierra de Santa Marta, região de San Ignacio, no deserto Vizcaino (Baja California - México)

As Incríveis Pinturas Rupestres

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 11/04/2012 | 17:51 por Vanessa Tavares

    Flor de cactus é lindo!!!!

    Resposta:
    Cactos são lindos, o deserto e o sertão brasileiro me fascinam! Muitas descobertas!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet