0 Museu de Antropologia - Blog da Ana - 1000 dias

Museu de Antropologia - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Museu de Antropologia

México, Cidade do México

O famoso 'Calendário Asteca', no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país

O famoso "Calendário Asteca", no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país


Chegamos finalmente a uma das mais importantes cidades da América Latina. Não apenas por sua grandiosidade e sua importância econômica, mas principalmente pelo valor antropológico que a Cidade do México representa para toda a meso-américa.

Astecas, como outras culturas pré-hispânicas, sempre foram vidradas em crãnios (Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país)

Astecas, como outras culturas pré-hispânicas, sempre foram vidradas em crãnios (Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país)


A história pré-hispânica do México é uma das mais impressionantes do continente americano. As diferentes etnias e civilizações convivendo ao mesmo tempo, com uma intensa troca, formou padrões culturais e religiosos regionais riquíssimos.

Chegando ao monumental Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país

Chegando ao monumental Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país


O Museu de Antropologia da capital mexicana é um dos melhores lugares do mundo para você ver a mais completa coleção de objetos arqueológicos e arte pré-hispânica, que abrangem sua arquitetura, história, religiões, suas tumbas e caveiras.

Representação de tempo pré-hispânico no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país

Representação de tempo pré-hispânico no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país


Começamos pelo começo. Como foi que o Homo Sapiens sapiens apareceu na superfície terrestre? Através da evolução darwinista, passando do Australopitecos ao Homo Erectus até chegar ao Homo Sapiens sapiens.

Rotas migratórias humanas no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país

Rotas migratórias humanas no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país


É uma belíssima exposição, com painéis explicativos sobre a migração dos homens através do Estreito de Bering, chegando à América do Norte e alcançando a América do Sul. Maquetes demonstram como seria a vida cotidiana destes homens, que caçavam mamutes e outros animais da grande fauna.

Os humanos já chegaram apavorando nas Américas (Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país)

Os humanos já chegaram apavorando nas Américas (Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país)


Após a introdução da origem do homem, navegamos em direção à história meso-americana, passando pelos sítios arqueológicos mais antigos do México, datados em cerca de 30 mil anos. Data anterior à antiga teoria de que o homem teria chego à América há apenas 15 mil anos. Essa anterioridade ajuda a explicar a rica história, evolução social e cultural que aconteceu para encontrarmos cidades pré-coloniais tão diversas.

Enormes esculturas de cabeças, característica dos Olmecas (Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país)

Enormes esculturas de cabeças, característica dos Olmecas (Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país)


Civilizações que andaram por aqui como os Olmecas, com suas estátuas realistas e colossais de cabeças dos seus principais personagens. Conhecemos a fantástica Sala de Teotihuacán, aprendendo sobre sua religião e observando os esqueletos de nove grandes guerreiros sacrificados para seus principais deuses. Esta foi a maior cidade da sua época num tempo em que os Mayas e os Zapotecas dos Valles Centrais, também viviam o seu apogeu.

Sacrifícios humanos em frente à templo pré-hispânico (Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país)

Sacrifícios humanos em frente à templo pré-hispânico (Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país)


Dentre as principais atrações da Sala Maya está a réplica da Tumba do Rei Pakal, encontrada em Palenque. Antes acessível para os turistas, foi fechada para visitação desde que se percebeu que a umidade exalada dos turistas estava consumindo toda a pintura mural que existia na tumba.

Réplica da tumba do rei maya Pakal, de Palenque, no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país

Réplica da tumba do rei maya Pakal, de Palenque, no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país


Ali pudemos observar uma réplica, com algumas das esculturas, configurações e peças originais como a máscara em jade e jóias usadas por um dos maiores Imperadores Mayas.

Objetos encontrados no túmulo do rei maya Pakal, de Palenke (Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país)

Objetos encontrados no túmulo do rei maya Pakal, de Palenke (Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país)


Continuamos a nossa corrida para ver ao menos a principal parte do museu, que sem dúvida alguma merece um dia inteiro para ser bem apreciado. Chegamos à sala dos Toltecas, com imensos e inacreditáveis murais, estátuas, totens, máscaras, caveiras e objetos ritualísticos.

Murais toltecas no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país

Murais toltecas no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país


Finalmente, não exatamente nesta mesma ordem, terminamos com a imensa e inacreditável Cultura Mexica, ou os nossos mais conhecidos Astecas. Guerreiros, sedentos por sacrifícios humanos para oferecer aos seus Deuses corações e sangue de seus prisioneiros. Uma maquete de como teria sido Tenochtitlán está no centro da sala, para nos lembrar que hoje estamos sobre o que antes foi um imenso lago.

Maquete de Tenochtitlán, a capital asteca, no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país

Maquete de Tenochtitlán, a capital asteca, no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país


Estátuas dos seus principais Deuses e governantes e uma imensa pedra talhada com o conhecido Calendário Asteca, assim chamado inadvertidamente, pois não seria realmente um calendário, senão uma mesa ou tábua de sacrifícios onde foi esculpida parte da história deste povo.

O famoso 'Calendário Asteca', no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país

O famoso "Calendário Asteca", no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país


Uma civilização que estava no auge quando foi abatida por um dos principais horrores do novo mundo: a colonização espanhola. Mas esse já é um papo para o próximo post. Não esqueçam quando planejarem a viagem para o México, um dia pode ser pouco para explorar toda a riqueza de informações e cultura no Museu de Antropologia Nacional.

Escultura asteca no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país

Escultura asteca no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México, capital do país

México, Cidade do México, arqueologia, museu, Mexico City, Antropologia

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior A moderna (e cara!) estrada que liga Acapulco à capital, no México

Ciudad de Mexico!

Post seguinte A Catedral e o Palácio do Governo na Zócalo, praça central da Cidade do México, capital do país

Zócalo e seus Tesouros Escondidos

Blog do Rodrigo Chegando à gigantesca Cidade do México, a capital do país

Cidade do México

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 23/07/2013 | 12:17 por Leticia

    Olá Ana e Rodrigo vi os postes sobre a cidade do méxico achei super interessante !!!!!
    eu queria saber se vocês sabem me informar algo sobre 'A mascara jaguar maya ' acho que é assim que escreve, queria saber se é só algo artesanal ou ele tem algum proposito como proteção ou algo do tipo!

    Obrigada espero respostas!
    beijos parabéns pelo trabalho

    Resposta:
    Olá Letícia, sei apenas que as máscaras eram utilizadas em rituais ou são máscaras funerárias que simbolizam o nome escolhido pelo governante, mas infelizmente não sei nada mais detalhado sobre a máscara Jaguar Maya. Boa sorte na sua pesquisa!
    Beijos!
    Ana

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet