0 Vigésimo - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Vigésimo - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Vigésimo

Brasil, Paraná, Foz do Iguaçu, Argentina, Puerto Iguazu

É muita água caindo!!! (no Parque Nacional Iguazu em Puerto Iguazu - Argentina)

É muita água caindo!!! (no Parque Nacional Iguazu em Puerto Iguazu - Argentina)


Muitas coisas fazem de Foz do Iguaçu uma cidade especial. As cataratas e Itaipu são algumas delas. Outro ponto é que ela é uma cidade fronteiriça. Mais do que isso, ela faz fronteira com dois países, coisa bem rara. São eles o Paraguai e a Argentina. É a chamada "fronteira tríplice". Fonte de alegria e curiosidade dos turistas e de preocupação dos americanos, em tempos pós-11 de Setembro.

Cruzando a fronteira entre Brasil e Argentina num dia chuvoso

Cruzando a fronteira entre Brasil e Argentina num dia chuvoso


Nós já tínhamos ido ao Paraguai, anteontem. Hoje foi o dia da Argentina, o vigésimo país ou possessão da nossa jornada pelo continente. Puxa... 20 países! Nada mal, para quem começou há pouco menos de 500 dias. A Argentina foi nosso quinto país na América do Sul, depois de Brasil, Paraguai e as três Guianas. Os outros quinze são os Estados Unidos e quatorze pequenos países ou semi-países no Caribe. Para a Fiona, é o quinto país também, já que para as ilhas caribenhas fomos sem ela, obviamente. Por enquanto, nossa estadia no Paraguai e também na Argentina foi relâmpega, o bastante apenas para contar nas estatísticas. Mas logo estaremos de volta ao Paraguai, para uma viagem mais aprofundada. Na Argentina também, mas vai demorar mais um pouco: um pedaço agora, em duas semanas e a grande parte no fim da viagem, quando passaremos um bom tempo por lá.

Lado argentino da ponte Tancredo Neves, chegando em Puerto Iguazu - Argentina

Lado argentino da ponte Tancredo Neves, chegando em Puerto Iguazu - Argentina


Enfim, fomos hoje à Puerto Iguazu, cidade que divide com Foz a "posse" das Cataratas do Iguaçu. Do lado portenho também há um parque nacional para proteger essa maravilha da natureza. Na verdade, a maioria das cataratas está do lado deles e é de lá que se tem o melhor acesso ao ponto mais impressionante das cataratas, a Garganta do Diabo.

No Parque Nacional Iguazu, em Puerto Iguazu - Argentina

No Parque Nacional Iguazu, em Puerto Iguazu - Argentina


O dia estava bem chuvoso, mas não seria a chuva que nos impediria de viajar ao nosso vigésimo país nem de conhecer as cataratas do lado de lá. O passe pela fronteira é mais tranquilo e organizado que a fronteira na Ponte da Amizade. Aliás, aqui, a ponte se chama Tancredo Neves, pintada de verde e amarelo de um lado e azul e branco do outro. Logo do outro lado da ponte já começa a cidade de Puerto Iguazu, bem menor que Foz e com churrascarias deliciosas, pontos turísticos disputadíssimos para os não-vegetarianos.

Trem que transporta turistas no parque das cataratas em Puerto Iguazu - Argentina

Trem que transporta turistas no parque das cataratas em Puerto Iguazu - Argentina


Início da trilha para a 'Garganta del Diablo', como ela é conhecida na Argentina (no parque em em Puerto Iguazu - Argentina

Início da trilha para a "Garganta del Diablo", como ela é conhecida na Argentina (no parque em em Puerto Iguazu - Argentina


Nós seguimos diretamente para o parque, uns 15 quilômetros à frente. Por causa da chuva o movimento não era grande e rapidamente já estávamos no trem que faz o transporte de visitantes por dentro do parque. Todo mundo fantasiado com uma mescla de camisinha e fantasia de Ku Klux Clan, para se proteger da chuva. Nossa primeira parada foi exatamente a última do trem, de onde se tem acesso às passarelas que levam à Garganta do Diabo.

Visitando a Garganta do Diabo no Parque Nacional Iguazu, em Puerto Iguazu - Argentina

Visitando a Garganta do Diabo no Parque Nacional Iguazu, em Puerto Iguazu - Argentina


São centenas de metros de caminhos elevados cruzando diversos braços de rio e mata ciliar até chegar ao mirante da garganta. Muita chuva e vento no caminho, o que só valorizava o prêmio ao final: uma fantástica visão, de camarote, do ponto onde quase um bilhão de litros de água por segundo cai, por todos os lados, dentro de um canyon estreito, levantando nuvens de vapor e neblina que se confundem com a própria água caindo, tudo isso em meio a um ruído ensurdecedor e envolvente. A visão é emocionante e nos paralisa, deixa-nos estatelados diante da força da água e da grandeza do local. Incrivel que no meio de toda aquela força, andorinhas e outros pássaros se atiram no meio daquela nuvem para caçar, dando um verdadeiro show de técnicas aéreas num local onde qualquer erro seria fatal. É de tirar o chapéu ou, no nosso caso, o capuz...

Cataratas do Iguaçu vistas do lado argentino, em Puerto Iguazu - Argentina

Cataratas do Iguaçu vistas do lado argentino, em Puerto Iguazu - Argentina


Mapa do Parque Nacional Iguazu (em Puerto Iguazu - Argentina)

Mapa do Parque Nacional Iguazu (em Puerto Iguazu - Argentina)


Pegando o trem de volta, paramos na estação do meio, que dá acesso a várias trilhas. Dessa vez, a Patrícia preferiu ficar quentinha em um restaurante enquanto eu e a Ana enfrentamos novamente a chuva, dessa vez para fazer a "trilha superior", que passa sobre diversas cachoeiras e cascatas e de onde se tem uma ampla visão de todo o rio e também da Ilha San Martin, cercada por enormes cataratas. De novo, a paisagem é absolutamente grandiosa e cinematográfica, literalmente. Para quem viu o filme "A Missão", com Robert De Niro, sabe o que estou falando.

O Salto e a Ilha San Martin, no lado argentino do parque, em Puerto Iguazu - Argentina

O Salto e a Ilha San Martin, no lado argentino do parque, em Puerto Iguazu - Argentina


É possível fazer também uma "trilha inferior" e outra, até a Ilha San Martin (um barco nos leva até lá, preço incluído na entrada do parque). Com certeza valem muito à pena e a gente teria feito se não fosse a chuva insistente. Mas, para nós, molhados dos pés à cabeça, a trilha superior e a garganta do Diabo já estavam de bom tamanho. Ótimo tamanho!

Caminhando no trilha superior das cataratas no Parque Nacional Iguazu, em Puerto Iguazu - Argentina

Caminhando no trilha superior das cataratas no Parque Nacional Iguazu, em Puerto Iguazu - Argentina


Além disso, já eram mais de quatro da tarde e a fome apertava. Seguimos para o centro da cidade e encontramos uma churrascaria aberta. Nosso primeiro churraco argentino nessa viagem! Nossa, que banquete!!! Com direito à vinho (nacional!) sem medo de bafômetro na estrada, hehehe!

Que delícia! Nosso primeiro churasco argentino! (em Puerto Iguazu - Argentina)

Que delícia! Nosso primeiro churasco argentino! (em Puerto Iguazu - Argentina)


Ainda antes de cruzar a fronteira paramos no excelente free shop que ali existe. Bem diferente das compras no Paraguai, hehehe. Bom, cada um com suas vantagens! E assim retornamos ao Brasil para nossa última noite no país por um bom tempo. Afinal, amanhã retornamos ao Paraguai, dessa vez para ficar e explorar melhor o país. A Patrícia volta de Assunción, mas nós continuaremos para Bolívia, Argentina, Chile, Peru...

Visitando a Garganta do Diabo no Parque Nacional Iguazu, em Puerto Iguazu - Argentina

Visitando a Garganta do Diabo no Parque Nacional Iguazu, em Puerto Iguazu - Argentina

Brasil, Paraná, Foz do Iguaçu, Argentina, Puerto Iguazu, trilha, cachoeira, Cataratas do Iguaçu, Garganta do Diabo

Veja todas as fotos do dia!

Não se acanhe, comente!

Post anterior Visitando a Usina de Itaipu, em Foz do Iguaçu, fronteira de Brasil e Paraguai

Itaipu

Post seguinte Placa de trânsito em Foz do Iguaçu - PR

Cruzando Fronteiras

Blog da Ana A incrível Garganta do Diabo, visto do lado argentino do parque, em Puerto Iguazu - Argentina

Cataratas do Iguazú

Comentários (5)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 19/09/2011 | 23:58 por Samara Felix

    Oi tudo bom?
    Vi seu Blog e sua viagem para Puerto Iguazu e queria lhe pedir uma info: Como é a Fiscalização na Ponte Tancredo Neves? é Igual a do Paraguai? voce poderia me escrever para eu lhe pedir algumas infos referentes a isso? preciso muito dessas informações. Explico no Email se voce puder me escrever...Vc vai me ajudar muito...meu email: samaraboltendahl@yahoo.com.br

    Resposta:
    Oi Samara
    A passagem pela ponte Tancredo Neves é bem mais tranquila que pela Ponte da Amizade, á que há muito menos movimento.
    Quanto à fiscalização, depende do dia, nas duas pontes.
    Vou te mandar o e-mail

    abs

  • 21/07/2011 | 10:00 por Leandro Mattera

    Grande Rodrigo,

    Apenas uma correção: a Argentina é velha conhecida da Fiona, porque ela é montada lá! É uma bela mestiça "nipo-portenha" hehehehe...

    Acho que fizeram bem de comprar os celulares com Android também. Eu estou curtindo muito este sistema no meu tablet.

    Boa sorte na próxima etapa e abraços!
    Leandro Mattera





    Resposta:
    Hehehe

    Vc está certo, Leandro! A Fiona já tinha andado por terras hermanas. Mas tenho a impressão que foi por cima de uma cegonheira e não com as próprias pernas, ou rodas... Mas, que ela nasceu aqui, nasceu, como vc bem lembrou!

    Vamos ver se nos acostumamos logo com o Android. Qualquer dica, pode mandar!

    Abs

  • 19/07/2011 | 14:32 por Karen

    Quer dizer então que vocês sairam no G1 e estão famosos?! hehehe.. Divulguei a reportagem no meu facebook e um monte de gente entrou!! :)

    Resposta:
    Oi Karen
    Agora é que vamos ficar famosos, saindo no seu Facebook, hehehe!
    Beijos e um monte de saudades!

  • 19/07/2011 | 13:49 por Celso Eduardo

    Excelente Rodrigo!
    Mal posso esperar por esta próxima etapa internacional. Tenho vontade de conhecer varios lugares na America do Sul!
    Um grande abraço.

    Resposta:
    Oi Celso
    Nós também mal podemos esperar, hehehe!
    Mas agora, já começou! Estamos no Paraguai... e adorando!!!

    Abs

  • 19/07/2011 | 13:41 por Lurdes-Lajeado-RS

    vc até descreveu muito bem este lugar,mas só vendo e sentindo a beleza deste lugar,maravilhoso rever com suas imagens.Boa viagem Lurdes

    Resposta:
    Concordo, Lurdes!!!
    Por mais que a gente se esforce em fotografar e escrever sobre esses lugares, que ninguém tenha dúvida: é muito melhor ir, ver com os próprios olhos e sentir o local!!!
    Bjs

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet