0 Palmitos, Pitangas e Cachoeiras - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Palmitos, Pitangas e Cachoeiras - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Palmitos, Pitangas e Cachoeiras

Brasil, Bahia, Barra Grande (Península do Maraú)

Cachoeira do Demé, em Tremembé, na Baía de Camamu - BA

Cachoeira do Demé, em Tremembé, na Baía de Camamu - BA


Nosso próximo destino no movimentado dia de hoje era a Cachoeira do Tremembé, que fica bem no fundo da Baía de Camamu. Para seguir para o norte, para Valença e Boipeba, primeiro tivemos de descer toda a península, onde ela se conecta com o continente e aí pegar a estrada asfaltada que segue para o norte. Bem neste ponto, no fundo da baía, está a cachoeira. A estrada passa pertinho, o pequeno vilarejo de Tremembé.

Fundo da Baía de Camamu, próximo à Cachoeira do Tremembé - BA

Fundo da Baía de Camamu, próximo à Cachoeira do Tremembé - BA


Tudo está muito bem sinalizado, todas as atrações turísticas estão nas placas de trânsito marrons, seja na estrada de asfalto, seja na estrada de terra, seja numa trilha de areia perdida no meio dos coqueiros. Enfim, chegamos ao lado da Cachoeira de Tremembé e lá nos esperavam vários meninos para nos guiar na pequena trilha. O que nos convenceu a "contratar" os serviços do pequeno Valney foi que ele nos prometeu levar em outra cachoeira, não sinalizada e ainda mais bonita, a cachoeira do Demé.

Cachoeira do Tremembé, na Baía de Camamu - BA

Cachoeira do Tremembé, na Baía de Camamu - BA


Primeiro fomos na Tremembé mesmo. Muita água, bem larga, bem lindona, no meio de uma região de mangues, água escura. Embaixo, um enorme lago que na verdade, à rigor, já é o mar. Mar com cara de rio ou de lago. Mas com gosto de mar. Passamos uma meia hora aí nos esbaldando no enorme lago-mar e na cachoeira em si, o mangue ali perto, a natureza em toda a sua exuberância.

Cachoeira de Tremembé, na Baía de Camamu - BA

Cachoeira de Tremembé, na Baía de Camamu - BA


Foi o tempo passando e a fome apertando que nos fez mover, em direção a um restaurante que há ali do lado. Foi onde conhecemos uma peça rara, o dono do restaurante e de toda a ilha onde estávamos, o Nilton. Um catarinense e viajante das antigas que desbravou lugares como Caraíva e Porto Seguro e que se apaixonou pela Baía de Camamu e acabou comprando essa ilha há mais de vinte anos. A ilha é formada no pequeno delta do rio da cachoeira Tremembé e é cheia de seringueiras, pitangueiras, uma anita serraria e mini usina e muitos micos e aves. O Nilton, que teve a primeira escuna turística de Porto Seguro, há 30 anos e a primeira pousada de Caraíva, em épocas pré-Duca, agora tem esse restaurante na sua ilha, que tem o nome de Veneza.

Pitu, enorme camarão de água doce, no restaurante do Nildo, na ilha Veneza, na Baía de Camamu - BA

Pitu, enorme camarão de água doce, no restaurante do Nildo, na ilha Veneza, na Baía de Camamu - BA


A gente conversou muito com ele, demos boas risadas e fomos muito bem alimentados. Só não quis comer o pitu, uma camarão de água doce do tamanho de uma lagosta, quase. Começamos com muita pitanga, fresquinha, colhida na hora. Depois, para embalar, uma deliciosa caipirinha de pitanga, claro. Para comer, palmitos! Hmmmmmm!!! Uma delícia!!! Primeiros, servidos frios, com pimenta doce. Depois, servidos quentes, com manjericão e na manteiga. Nossa, eu não sou muito de palmito mas estava muuuuito bom mesmo. Palmito de açaizeiro, ele disse. É o melhor, nos explicou. Bom, na pior das hipóteses, pode ter algum igual. Melhor, impossível... Lembrei muito da minha mãe, fã de pitanga e fã de palmito. Melhor refeição, impossível. Até fiz um brinde para ela!

Brinde à Dona Nilza, com a refeição de seus sonhos (no restaurante do Nildo, na ilha Veneza, na Baía de Camamu - BA)

Brinde à Dona Nilza, com a refeição de seus sonhos (no restaurante do Nildo, na ilha Veneza, na Baía de Camamu - BA)


Depois do banquete, até comprei um pote de geleia de pitanga, que vai nos acompanhar por um bom tempo. Aí, demos um pulo no alto da Cachoeira do Tremembé para admirar a vista fenomenal, dessas de tirar o fôlego e seguimos em frente, para a próxima cachoeira.

Cachoeira do Demé, em Tremembé, na Baía de Camamu - BA

Cachoeira do Demé, em Tremembé, na Baía de Camamu - BA


O Valney nos guiou para lá, de carro. De novo, muita água e, nesse caso, muita corrente, para aumentar a emoção. Como tudo na Bahia, a água é bem quente. Já não conseguimos nos imaginar nadando nas águas geladas das cachoeiras da mantiqueira... Mas o grande atrativo da Cachoeira do Demé é passar por baixo de uma forte cortina d'água. Difícil captar a beleza desse lugar com fotos, mas bem que tentamos...

Embaixo da Cachoeira do Demé, em Tremembé, na Península do Maraú - BA

Embaixo da Cachoeira do Demé, em Tremembé, na Península do Maraú - BA


Tantas atrações assim e o dia virou tarde que já ameaçava virar noite. Nossos planos de chegar em Boipeba ainda hoje seguiram cachoeira abaixo, literalmente. Seguimos acelerados para Valença, o porto que dá acesso à Boipeba e Morro de São Paulo. No caminho passamos por várias cidadezinhas com construções históricas e várias placas indicando cachoeiras. Deu aquela coceira, mas para conhecer todas precisaríamos de outro dia inteiro. Uma pena. Se forem belas como as duas que conhecemos hoje, estamos perdendo muita coisa! Se alguém quiser dicas para a viagem 1000dias por todo o Brasil, eu posso dar. E vai ficar apertado, posso garantir!

Embaixo da Cachoeira do Demé, em Tremembé, na Península do Maraú - BA

Embaixo da Cachoeira do Demé, em Tremembé, na Península do Maraú - BA


Chegamos na Valença que um dia já foi pacata e que hoje tem fama de muito violenta, ficamos amigos do Luis Melodia que nos recebeu no cais e nos indicou o hotel Galeão, além do jantar no MegaChic, e estamos prontos para embarcar para Boipeba amanhã cedo, às 10 horas.

Baía de Camamu - BA

Baía de Camamu - BA


Nossa, se todos os 1000 dias fossem intensos como foi hoje, acho que no fim da viagem teríamos vivido uns 50 anos! Que assim seja...

Vista do alto da Cachoeira do Tremembé, na Baía de Camamu - BA

Vista do alto da Cachoeira do Tremembé, na Baía de Camamu - BA

Brasil, Bahia, Barra Grande (Península do Maraú), cachoeira, Maraú, Baía de Camamu, Tremembé, Valença

Veja todas as fotos do dia!

Diz aí se você gostou, diz!

Post anterior Mergulhando nas piscinas naturais da Praia de Taipus de Fora, em Barra Grande, Península do Maraú - BA

Taipus de Fora e Lagoas de Dentro

Post seguinte Fim da caminhada, chegando em Moreré, na ilha de Boipeba - BA

Moreré, Inesquecível

Blog da Ana A piscina natural em Taipus de Fora, Barra Grande - BA

Península do Maraú

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 08/07/2013 | 17:22 por francisca

    ola amigo eu adoro olha suas foto sao lindas parabens

    Resposta:
    Oi Francisca

    Que joia que vc gosta! Nós também adoramos compartilhar!

    Um abraço

  • 30/11/2012 | 21:08 por moises silva de oliveira

    Sou filho desta MARAVILHA. ILHA GRANDE DE CAMAMÚ.
    Gostaria de fazer contato com pessoas desta ilha, para trocarmos informações. Pelo que sei, tenho alguns parentes por lá.
    um grande abraço.
    Caso saíbam de algum SITE OU EMAIL DE LÁ. FAVOR ME AVISAR

    Resposta:
    Olá Moises

    Que legal, ter nascido nessa região abençoada com praias e cachoeiras! Nós adoramos Camamu!

    Infelizmente, não guardamos os contatos de lá, mas tenho certeza que uma rápida pesquisa pela internet vai te trazer muitas informações

    Um abraço e boa sorte!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet