0 Terra Ronca e São Bernardo: Monumentais - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Terra Ronca e São Bernardo: Monumentais - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Terra Ronca e São Bernardo: Monumentais

Brasil, Goiás, São Domingos (P.E Terra Ronca)

A incrível caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

A incrível caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


Depois de um bucólico amanhecer em São Domingos, pequena cidade ao lado de um lago formado por uma represa, empacotamos nossas coisas na Fiona, atravessamos o centro histórico e pegamos a estrada de terra que nos leva ao Parque Estadual de Terra Ronca.

Lago da represa, em São Domingos - GO

Lago da represa, em São Domingos - GO


Casario antigo em São Domingos - GO

Casario antigo em São Domingos - GO


Esse parque foi criado no final da década de 80 para proteger uma rica área de cerrado, repleta de nascentes de água que vão alimentar vários dos rios importantes da região. Mas, a grande estrela do parque é a sua formação de calcário que, junto com a água em abundância, acabou por formar o mais extenso sistema de cavernas do Brasil. Aqui estão mais de 60 cavernas "molhadas" (atravessadas por um rio) de grande porte, além de outras 200 cavernas "secas". Cinco entre as dez maiores cavernas do Brasil estão em Terra Ronca. Mais, mais do que grandes, elas são belíssimas, com formações de espeleotemas dos mais frágeis aos mais robustos, de gigantescos estalactites à incríveis e perfeitas "flores" de calcita e aragonita. Em suma, para quem gosta de cavernas, é o paraíso. Para quem não gosta, impossível não mudar de opinião!

Na casa do famoso guia Ramiro, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Na casa do famoso guia Ramiro, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


Por uma conjunção de fatores, esse verdadeiro patrimônio mundial continua meio esquecido dos brasileiros. Enquanto regiões que foram "descobertas" mais ou menos ao mesmo tempo, como Bonito, no Mato Grosso do Sul, ou a vizinha Chapada dos Veadeiros acabaram estourando para o turismo, atraindo cada vez mais gente, Terra Ronca continua um segredo desconhecido para a grande maioria das pessoas. A falta de divulgação, a complicação do acesso pelas longas estradas de terra, o mistérios (e às vezes medo) que as cavernas exercem nas pessoas e a dificuldade de se caminhar dentro de cavernas, tudo isso junto acabou por preservar esse lugar maravilhoso de um maior desenvolvimento.

A gigantesca boca da Terra Ronca 1, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

A gigantesca boca da Terra Ronca 1, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


Bom para os turistas mais aventureiros, complicado para a população local, que ainda encontra grandes dificuldades na área de saúde, transporte, educação e desenvolvimento econômico. De São Domingos são pouco mais de 20 km de estrada precária de terra até a entrada do parque, onde está a Caverna Angélica e mais uns 30 km até uma pequena vila chamada São João, bem próxima de várias das cavernas mais importantes, inclusive aquela que dá o nome ao parque, a Terra Ronca. A estrutura do parque é mínima, apenas algumas placas indicativas e uma pequena sede em São João.

Foguetes??? Sem comentários... (no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO)

Foguetes??? Sem comentários... (no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO)


Para quem dirige nessas estradas, tudo o que se pode ver é um cerrado viçoso e um rio aqui e ali, quando atravessamos as pequenas pontes de madeira. Impossível imaginar a riqueza do subsolo. Com uma importante exceção! Um pouco à frente de São João, lá está uma enorme, monumental boca de caverna, perfeitamente visível para quem está na estrada. É a Terra Ronca. Finalmente, fica claro que estamos na fronteira de um mundo completamente diferente do nosso, tão próximo e tão distante ao mesmo tempo.

Terra Ronca 1, vista de dentro para fora, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Terra Ronca 1, vista de dentro para fora, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


O rio que atravessa a caverna de Terra Ronca 1, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

O rio que atravessa a caverna de Terra Ronca 1, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


Nós nos instalamos na Pousada São Mateus, uma das poucas existentes na região. Fica a três quilômetros de São João, a meio caminho da Terra Ronca. Muito gostosa, clima bucólico, ao lado de um riozinho. De lá, seguimos para a Terra Ronca. A primeira visão da enorme boca, ainda na estrada, é emocionante. Quase em frente está o Camping do Ramiro. Foi atrás dele que fomos! O Ramiro é o melhor e mais famoso guia da região, profundo conhecedor de todas as cavernas da região. Figura folclórica!

Entrando na Terra Ronca 1, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Entrando na Terra Ronca 1, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


A dupla saída de Terra Ronca 1, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

A dupla saída de Terra Ronca 1, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


Mas ele não estava, pois tinha saído para guiar outro grupo de pessoas. Conversamos então com seu simpático e calado filho, o William, e ele nos guiou pela Terra Ronca. Arrumou para nós duas boas lanternas de led e, para ele, a tradicional carbureteira. Entramos pela gigantesca boca da caverna seguindo ao lado do rio que ajudou a construir aquela maravilha. Com uma boca de caverna tão imensa, a luz do sol e a claridade podem penetrar por centenas de metros caverna adentro, possibilitando que suas belezas possam ser admiradas com luz natural.

Observando as gigantescas formações em Terra Ronca 1, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Observando as gigantescas formações em Terra Ronca 1, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


Tudo lá dentro impressiona pelo porte. Estalactites muitas vezes maiores que umser humano parecem minúsculas, penduradas no teto a 30-40 metros acima de nós. A caverna é tão ampla que, tenho a impressão, um bom piloto de helicóptero seria capaz de atravessá-la.

Caminhando pelo rio no lado de fora de Terra Ronca 1, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Caminhando pelo rio no lado de fora de Terra Ronca 1, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


Nós seguimos caminhando ao lado do rio, às vezes dentro dele, caverna adentro. A luz vai diminuindo, a escuridão aumentando, e as nossas lanternas tentam nos mostrar as belezas à nossa volta. Tarefa difícil, num ambiente tão vasto! É aqui que a carbureteira mostra sua vantagem sobre as lanternas, já que consegue iluminar uma área maior.

Estalactites na caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Estalactites na caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


Entre estalactites e estalagmites na caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Entre estalactites e estalagmites na caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


Saímos do lado de lá, extasiados com a grandeza da caverna. De lá, nova caminhada pelo rio e subindo um morro nos levam de volta ao camping, onde , aí sim, encontramos a famoso Ramiro. Combinamos com ele que, amanhã, juntos, iremos explorar a mais bela das cavernas da região, a São Mateus. Na tarde de hoje, ainda com o William, vamos à São Bernardo.

Entre estalactites e estalagmites na caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Entre estalactites e estalagmites na caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


Observando formação na caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Observando formação na caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


Com uma boca um pouco menos ampla e também com um rio a nos guiar, a São Bernardo tem mais formações que a Terra Ronca. Tudo muito amplo por lá também. Nada de túneis apertados e contorcionismos para se chegar à salões. Caminhamos ao lado e pelo rio e o William vai nos mostrando travertinos, cortinas, estalactites e estalagmites, formas tão comuns nesse mundo subterrâneo. O rio é nosso ínico elo de ligação com o mundo da superfície, lá do lado de fora da escuridão absoluta.

Bela cortina na caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Bela cortina na caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


Nosso guia William na caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Nosso guia William na caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO


Mais uma vez, estamos extasiados com as belezas que nos cercam. Que mundo diferente! Ao sair da caverna, está tudo escuro, quase oito da noite. De volta ao camping, o Ramiro no avisa:"Isso aí é só o aperitivo. Melhor vocês descansarem e dormirem cedo, pois amanhã vão conhecer a São Mateus". Vamos dormir meio incrédulos, afinal, como algo pode ser tão mais bonito do que aquelas maravilhas que tínhamos acabado de ver?

Na casa de Ramiro, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Na casa de Ramiro, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Brasil, Goiás, São Domingos (P.E Terra Ronca), Caverna, São Bernardo

Veja todas as fotos do dia!

Quer saber mais? Clique aqui e pergunte!

Post anterior Caminhando na Gruta das Rãs, em Aurora do Tocantins - TO

Pelas Grutas de Aurora

Post seguinte Rio e espeleotemas na caverna de São Mateus, no P. E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

São Mateus: Um Outro Mundo!

Blog da Ana Nosso guia William na caverna São Bernardo, no P.E. de Terra Ronca, região de São Domingos - GO

Terra Ronca

Comentários (6)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 08/09/2015 | 15:40 por DENISE GALVAO

    Gostaria de saber o preço para se hospedar nessa tão simples e famosa pousada São Mateus... alguém sabe?

  • 08/09/2015 | 15:38 por DENISE GALVAO

    Gostaria de saber o preço para se hospedar nessa tão simples e famosa pousada São Mateus... alguém sabe?

  • 12/07/2014 | 10:34 por Diana

    Bom dia, Rodrigo! Você falou tanto pra mim da Terra Ronca, que estou colocando no trajeto: Chapada das Mesas, Palmas e Taquaruçu, Jalapão, Aurora do Tocantins, TERRA RONCA e Chapada dos Veadeiros. Apesar do medo, pois não vamos com a Fiona rsrsrs Preciso saber se a cidade central da Terra Ronca é essa São Domingos e se é lá mesmo que eu encontro o Ramiro e se meu carrinho chega nestas cavernas que você citou. Você também fez esse trajeto Aurora do Tocantins - Terra Ronca - Chapada dos Veadeiros? As estradas são boas e nosso carrinho passa? Vi que de Terra Ronca para os Veadeiros você enfrentou estradas difíceis, não foi? O que faço para fugir delas? Procuro no google maps (GO-447 e GO-118 de Divinópolis para Veadeiros) e aproximo o máximo e mesmo assim não consigo nem ver se a estrada é asfaltada. E nem colocar o bonequinho para visualizar a estrada. Obrigada mais uma vez.

    Resposta:
    Oi Diana

    Vc não vai se arrepender de ir conhecer Terra Ronca!

    A cidade é mesmo São Domingos, mas o Ramiro mora e fica na sua casa pertinho das cavernas. Todo mundo por lá sabe onde é! O seu carro roda naquelas estradas tranquilamente. São de terra, mas são boas!

    De São domingos para Veadeiros, vc também vai pegar um trecho de terra, mas essas estradas são tranquilas também

    Um abraço e continuamos a disposição para dar palpite na sua viagem, hehehe

  • 07/10/2012 | 16:09 por Edvard Pereira

    Na foto 29/37 de Terra Ronca, onde se lê "Proibido Soltar Foguetes...", é porque ali se realiza todo ano no mês de agosto uma romaria que atrai mais de 10 mil pessoas, por isso a proibição, por se tratar de uma área de proteção ambiental. Quanto ao relato e às fotos tudo ficou genial. Parabéns e sucesso nas suas viagens, muitas das quais tive o prazer de acompanhar!

    Resposta:
    Olá Edvard

    Legal o seu esclarecimento! Agora, a placa faz mais sentido! Só espero que o pessoal obedeça e não solte os foguetes por ali. Seria um pecado!

    Legal que vc acompanhe o blog e obrigado pelos votos!

    Abs

  • 31/05/2011 | 12:27 por Luis

    A casinha perdeu o charme!
    Lembro-me de pegar o colchão e colocá-lo no gramado. Ficavamos deitados olhando para as estrelas...Aliás, me lembro muito bem que foi a primeira vez que, deitados, viamos as estrelas mudarem de cor (verde,azul,vermelho...)naquele céu. Ficamos até intrigados com o efeito. Não sabia se aquilo era real ou efeito do garrafão de 5 litros cachaça que tinha dentro da casa. Aqueles bolachões devem estar valendo uma nota preta!!!
    Queremos ver as fotos da casa.

    Resposta:
    Hehehe
    Essas belas lembranças, vc vai poder guardar para sempre! São momentos assim que fazem a vida valer!
    A casinha não existe mais, mas preciso fazer justiça: a pousada também é muito charmosa! Tem outra personalidade, um charme diferente, mas é muito legal! A melhor base para se explorar as cavernas desse parque maravilhoso.
    Um forte abraço

  • 30/05/2011 | 12:52 por Luis

    Relembramos a aventura em Terra Ronca.
    A casinha virou a pousada São Mateus?
    É isso mesmo?
    Abraço.

    Resposta:
    Olá Luís
    Exatamente! Dois anos após sua passagem por lá, os proprietários da casinha que costumava ser alugada a transformaram numa pousada muuuito gostosa. A localização é perfeita e ele oferece o conforto na medida certa. Adoramos ter ficado lá.
    Mas, infelizmente, a vitrola que vcs adoraram foi doada para uma pessoa lá da vila e os LPs foram levados para São Paulo. Assim, não pudemos ouvir a música sertaneja tradicional...

    ~Já a caverna de São Mateus, que coisa do outro mundo!!!! Logo logo vou colocar o post, mas as fotos já estão no site. Que lugar maravilhoso!!!
    ABs

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet