0 Os Outros Lençóis Maranhenses - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Os Outros Lençóis Maranhenses - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Os Outros Lençóis Maranhenses

Brasil, Maranhão, Apicum Açu, Ilha de Lençóis

Felicidade ao chegar à bela Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Felicidade ao chegar à bela Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA


O nosso despertador tocou às 04:10 da madrugada. Já tínhamos deixado praticamente tudo pronto para a viagem. Juntamos nossas roupas e computadores numa só mochila enquanto o resto já estava guardado na Fiona. Um lanche com frutas, água e a inseparável máquina fotográfica também nos acompanhavam. Vinte minutos mais tarde já caminhávamos para o cais ali do lado. No caminho, outros pescadores madrugadores.

De madrugada, lua cheia, início da viagem de barco entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

De madrugada, lua cheia, início da viagem de barco entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA


Foi entrarmos no barco que ele já estava partindo, descendo o rio Apicum Açu iluminado pela lua cheia. O luar, enquanto não foi coberto pelas nuvens que começavam a se avolumar no céu, ajudou também a nos mostrar a rica vegetação de mangue que nos rodeava. Íamos sentados na frente do barco, torcendo que a chuva não nos deixasse todos molhados. Atrás, só o vultos estáticos e silenciosos dos quatro pescadores que seguiam no barco, já acostumados com essa rotina de sair de madrugada, acompanhando a maré, para mais um dia de labuta no mar.

Lua cheia no início da viagem de barco entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Lua cheia no início da viagem de barco entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA


Dia nascendo durante a viagem de barco entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Dia nascendo durante a viagem de barco entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA


O dia foi nascendo e as nuvens nos cercando. Deixamos o rio para trás e entramos no mar. É uma baía, o que deixa as águas mais tranquilas. A ilha de Lençóis faz parte de um arquipélago, muitos quilômetros mar adentro. Fica lá no horizonte. Para trás, o continente vai se afastando. Para frente, pequenos pontos, que pensávamos ser outros barcos também a caminho da pesca. Mas os pontos não se mexem. Serão mesmo barcos?

Passando próximo às casas de pescadores, na viagem de barco entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Passando próximo às casas de pescadores, na viagem de barco entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA


Casa de pescador no meio do mar, na viagem de barco entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Casa de pescador no meio do mar, na viagem de barco entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA


Conversamos com um dos pescadores. Ele se refere aos pontos como "casinhas de pescador". De início, não entendemos. Mas, aos poucos, quando nos aproximamos mais, realmente conseguimos perceber a inconfundível silhueta de uma casa. erguida sobre palafitas em pleno oceano! E não é apenas uma. Há toda uma fileira delas, a cada meio quilômetro. O pescador nos explica que, na maré baixa, um longo banco de areia surge por ali. Ele praticamente liga o continente às ilhas. Tem quilômetros de extensão. Mas não é "caminhável", porque sua consistência é de lama. Afunda até a cintura. Por toda a sua extensão foram montadas estas pequenas casinhas. Ali, pescadores passam até uma semana pescando e secando camarão. Cercados pelo mar, por todos os lados. Como aqueles bungalôs de hotéis na polinésia. Mas não com o mesmo conforto, claro.

No barco durante a viagem entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

No barco durante a viagem entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA


No barco durante a viagem entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

No barco durante a viagem entre Apicum Açu e a Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA


Após driblarmos mais uma nuvem e tomarmos mais uma chuvinha só de raspão, chegamos ao arquipélago. São ilhas tomadas pelo mangue. Entre elas, pequenos canais, braços de mar. Parece até que estamos no rio novamente. De repente, por detrás das árvores do mangue, notamos algo diferente, completamete distoante daquela paisagem. São enormes dunas de areia! Lençóis de areia. Chegamos aos Lençóis. À Ilha de Lençóis. Aos "outros" lençóis maranhenses, tão pouco conhecido ainda dos brasileiros, mesmo aqueles já bem viajados.

Chegando à Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Chegando à Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA


Fim de viagem, chegando à Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Fim de viagem, chegando à Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA


O nosso barco, que seguia para a comunidade vizinha de Bate Vento, só encosta na ilha para nos deixar, na praia mesmo. Quer dizer, mais ou menos praia. A areia afunda com nosso peso. Metade areia, metade lama. São cinquenta metros de esforço redobrado, para que nossas mochilas não se molhem. Depois disso, enfim, terra firme! Literalmente!

Difícil caminhanda chegando na Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Difícil caminhanda chegando na Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA


A vila é bem pequena. Não demora muito para acharmos nossa pousada, a mais simples das três existentes. É a pousada do Hélio. Somos muito bem recebidos. Logo estamos muito bem instalados no nosso quarto. A pousada não tem teto, vemos diretamente o telhado que é feito de folhas de palmeira. Assim como parte das paredes. Mais acolhedor, impossível. No banheiro, um pequeno chuveiro. Ou então, banho de balde, muito mais gostoso. Há uma enorme tina d'água sempre cheia e água não falta para o balde. Serve para a descarga também. Prático, simples e limpo!

Difícil caminhanda chegando na Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Difícil caminhanda chegando na Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA


Somos parte do pequeno grupo de viajantes que chegam aqui por conta própria. Quase todos chegam trazidos pela agência Maramazon, de São Luís, ou pelo Serafim, dono da pousada mais cara daqui. Ambos vendem pacotes fechados, que incluem desde o transporte de São Luís à Ilha de Lençóis até passeios guiados pela ilha e redondezas e refeições na estadia. Turismo independente, ainda é muito incipiente. Mas, depois do dia de hoje, podemos dizer: sim, é possível e fica muito mais barato. Mas requer um certo espírito de aventura. E acordar às 04:10 da madrugada. Pequenas dificuldades recompensadas pela incrível beleza que nos espera na Ilha de Lençóis. Vamos conferir em breve, depois de uma pequena soneca...

Entardecer visto do alto das dunas da Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Entardecer visto do alto das dunas da Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Brasil, Maranhão, Apicum Açu, Ilha de Lençóis, Praia, Reentrâncias Maranhenses

Veja todas as fotos do dia!

Diz aí se você gostou, diz!

Post anterior Imagem de Alcântara - MA

Alcântara e as Reentrâncias

Post seguinte Fim de tarde. no alto das dunas da Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Um Dia Na Ilha de Lençóis

Blog da Ana Entardecer visto do alto das dunas da Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Ilha de Lençóis

Comentários (5)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 20/07/2015 | 02:19 por Ana Christ

    Rodrigo, mais uma vez estou eu aqui me inspirando em vocês pra viajar pra esses lugares fora do circuito turístico! Agradeço demais por isso! :)
    Uma dúvida: vocês já tinham a reserva na Pousada do Helio antes de chegarem lá, ou descobriram na hora?
    Você tem o contato dele?
    Outra dúvida: estou pensando em ir em dezembro. Sei que é período de chuvas e vi que foram em fevereiro. A chuva atrapalhou muito?
    Mais uma vez, obrigada por existirem e abrirem caminhos para outros viajantes, como eu!
    Beijos

  • 12/02/2014 | 09:25 por Werlayne

    Olá, moro em Apicum-açu, poucas pessoas conhecem essa região, mais vocês estão aí pra nos mostrar esse pedaço do paraíso. Parabéns!

    Resposta:
    Olá Werlayne

    Para nós foi um enorme prazer. A Ilha dos Lençois é um dos mais belos paraísos brasileiros! Sorte de quem tem o prazer de conhecê-lo

    Um abraço

  • 27/02/2011 | 23:04 por clenilça alves da silva(cleo)

    Rodrigo boa noite,olha essa aventura de vocês e realmente fantàstica,estou empressionada com as paisagem dos lugares, os detalhes a cultura tão bem relatada por vocês,parabèns,você e ana !!!!!!!!!!!!!

    Resposta:
    Obrigado Clenilça!
    Nosso único trabalho é escrever sobre onde temos passado, porque as paisagens e a cultura, essas já estavam lá muito antes da gente chegar, heheeh! Só estamos tendo a sorte de poder passar por lá!
    Abs

  • 23/02/2011 | 21:55 por oziel santos

    oi,
    moro em Apicum-Açu/MA bem pertinho de Lençós, fico feliz em saber que existe pessoas como voces para discubrir as belezas que temos em nossa região e que possam passar para outros turistas. parabens e volte sempre.

    Resposta:
    Oi Oziel
    Nós adoramos sua região e principalmente a Ilha de Lençóis. Mas foi em Apicum Açu que tivemos uma de nossas maiores surpresas. Depois de não conseguir ver nenhum guará-vermelho na ilha, foi chegando aí, bem cedinho, no porto, onde eles apareceram numa bela revoada. Nunca vamos esquecer esse momento mágico! Foi demais!
    Um abraço

  • 21/02/2011 | 17:14 por Tatiana Queiroz

    Rodrigo, ainda bem que existem aventureiros para nos mostrar quanto lugar fantástico podemos conhecer. Boa viagem.

    Resposta:
    Oi Tatiana
    Ainda bem que existem leitoras como vc, que sempre nos animam a continuar, hehehe!
    Abs

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet