0 Os Hustlers e Uai-És - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Os Hustlers e Uai-És - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Os Hustlers e Uai-És

Jamaica, Negril, Ys Falls, Treasure Beach

O belíssimo rio de águas azuladas de Ys Falls, no interior da Jamaica

O belíssimo rio de águas azuladas de Ys Falls, no interior da Jamaica


Corações partidos, deixamos nosso hotel e novos amigos em Negril e seguimos adiante em nosso giro pela Jamaica. O destino final, hoje, era o litoral sul do país, um lugar com o singelo nome de Treasure Beach. Aparentemente, muito mais tranquilo que as praias do norte.

Despedindo-se do Bert (Chico) em Negril, na Jamaica

Despedindo-se do Bert (Chico) em Negril, na Jamaica


Mas tínhamos uma escala a fazer. Era no interior da Jamaica, nossa primeira investida no “country side” do país. As cachoeiras de Ys Falls, supostamente uma das mais belas da Jamaica e uma atração menos turística também. Ys? Pois é, nome meio estranho... A pronúncia é “Uai-És”, como se fossem duas letras separadas...

Paisagem campestre chegando em Ys Falls, no interior da Jamaica

Paisagem campestre chegando em Ys Falls, no interior da Jamaica


Uma das grandes dificuldades de viajar na Jamaica é lidar com os “hustlers”. São uns chatos que aparecem do nada assim que botamos o pé fora do hotel e ficam nos empurrando todo o tipo de produto, dos legais aos ilegais, além dos seus serviços de guia. Aos poucos, vamos aprendendo a dispensá-los rapidamente, mas eles realmente são profissionais. Mesmo de carro, basta eu encostar em qualquer rua, movimentada ou não, e já aparece alguém de bicicleta ou de moto batendo no nosso vidro para nos “ajudar”.

Entrada meio cara em Ys Falls, no interior da Jamaica. No ganja!

Entrada meio cara em Ys Falls, no interior da Jamaica. No ganja!


Hoje foi um bom exemplo. Saindo de Negril, ainda paramos num supermercado. O bastante para termos de dispensar uns cinco deles. Até aí, normal. Depois, pegamos estrada. Temos um mapa jóia do país, mas as estradas são pouco sinalizadas, principalmente quando cruzam pequenas cidades. E foi cruzando uma delas, já meio perdidos, encostados numa rua secundária de um bairro periférico que apareceu essa figura, de moto. Esperou pacientemente que eu abrisse o vidro para nos mostrar aonde estávamos e perguntar aonde íamos. Ao ouvir sobre Ys Falls, perguntou se não tínhamos ouvido que a estrada estava interrompida um pouco mais adiante. Alguém havia sido atropelado e a população, revoltada, fechou o trânsito, atacando os carros que tentassem passar. Conforme eu insistia em seguir, os relatos aumentavam: portavam machetes e atiravam pedras nos carros. Ofereceu-se para nos mostrar a estrada para uma outra cachoeira, ainda mais bonita. “Okay, vamos atrás de você” – disse, aparentemente me rendendo.

O bonito rio de Ys Falls, no interior da Jamaica

O bonito rio de Ys Falls, no interior da Jamaica


Mas, na primeira oportunidade, ele foi para um lado e eu segui para outro, feliz de me livrar do vodu. A Ana estranhou e perguntou se eu não estava com medo do tal piquete. “Piquete? Você só pode estar brincando...”

O belíssimo rio de águas azuladas de Ys Falls, no interior da Jamaica

O belíssimo rio de águas azuladas de Ys Falls, no interior da Jamaica


Sem mais hustlers ou piquetes pela estrada, fomos achando nosso caminho até Ys Falls. Longe da praia, numa região bem bucólica, cavalos pastando tranquilamente em campos e montanhas ao fundo. Enfim, longe dos turistas também! Doce ilusão... Foi chegar à cachoeira e o estacionamento do local já dizia tudo. Dezenas de vans de agências. Ao lado da bilheteria, uma loja de souvenirs e um restaurante, todos cheios de seus clientes trazidos diretamente dos all-inclusives.

Salto de cipó em Ys Falls, no interior da Jamaica

Salto de cipó em Ys Falls, no interior da Jamaica


Bom, readequadas as expectativas, seguimos em frente. De trenzinho! Pois é, do estacionamento e bilheteria (16 dólares por pessoa!), seguimos de trenzinho até o rio onde estão as quedas, num percurso de três quilômetros. Aí chegando, depois de atravessar uma área de piqueniques, basta seguir por uma passarela de madeira que vai subindo ao lado do curso do rio e suas quedas. Vamos passando por piscinas naturais e quedas d’água, algumas repletas de pessoas, outras vazias. Geralmente porque o banho está proibido por ali, pela ausência de salva-vidas.

Feliz, depois do salto de cipó em Ys Falls, no interior da Jamaica

Feliz, depois do salto de cipó em Ys Falls, no interior da Jamaica


É, demorou um pouco para as expectativas serem reajustadas mesmo. Mas, enfim, foram. O rio é lindo, águas bem azuis, e as cachoeiras e poços que se formam também. Numa das piscinas até montaram um cipó do Tarzan, para nos atirarmos no poço. Devidamente vestidos de luva. Uma super estrutura, para poder receber gente de todas as idades e todos os pesos.

Uma das cachoeiras em Ys Falls, no interior da Jamaica

Uma das cachoeiras em Ys Falls, no interior da Jamaica


Aparentemente, chegamos na hora de pique, nosso trenzinho cheio, assim como os poços e as quedas d’água. Mas, passado um hora, já havia bem menos gente e tudo estava muito mais agradável. Depois de um bom banho e salto de cipó, pegamos sozinhos um trenzinho para voltar. Almoçamos ali mesmo, uma deliciosa jerk chicken, prato típico do país. É um frango preparado com temperos fortes e picantes. Uma delícia!

Refeição típica: jerk chicken e Red Stripe(em Ys Falls, no interior da Jamaica)

Refeição típica: jerk chicken e Red Stripe(em Ys Falls, no interior da Jamaica)


Depois de Ys, seguimos para Treasure Beach. Deixamos a estrada principal que contorna a ilha para trás e entramos em estradas menores que conduzem a esta parte do litoral. Final de tarde bem prateado, nuvens chuvosas e passageiras tentando dominar os céus da Jamaica, assim foi o cenário da nossa chegada à praia. Realmente,. Depois do agito e dos resorts dos dias anteriores, finalmente chegamos num lugar mais tranquilo. Diretamente para o Jake, o mais famoso hotel do tranquilo vilarejo.

Belo entardecer visto do Jake, nosso hotel em Treasure Beach, na Jamaica

Belo entardecer visto do Jake, nosso hotel em Treasure Beach, na Jamaica


Muitíssimo bem instalados, ainda pegamos um pôr-do-sol dourado com vista para um litoral bem mais rochoso. Aproveitando também a primeira internet estável que encontramos pelo caminho! O dia de amanhã promete tranquilidade...

Aproveitando a internet no Jake, nosso hotel em Treasure Beach, na Jamaica

Aproveitando a internet no Jake, nosso hotel em Treasure Beach, na Jamaica

Jamaica, Negril, Ys Falls, Treasure Beach, cachoeira

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior Fim de tarde com banda de música no Rick's Cafe, em West End, em Negril, na Jamaica

Negril e o Encontro com o Reggae

Post seguinte A linda e respeitosa árvore nas pedras de praia em Treasure Beach, no litoral sul da Jamaica

Paz em Treasure Beach

Blog da Ana O belíssimo rio de águas azuladas de Ys Falls, no interior da Jamaica

A Disputada YS Falls

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 03/02/2012 | 14:15 por Lurdes

    Olá Ana e Rodrigo,com estas imagens linnnnnnnnnnnndas já esqueceram os transtornos da chegada,sem, palavras, um grande abraço Lurdes

    Resposta:
    Oi Lurdes

    Esquecemos sim! Quanto mais conhecemos o país, "maior" a Jamaica fica! É linda!

    Bjs

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet