0 Na Toca do Urso - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Na Toca do Urso - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Na Toca do Urso

Estados Unidos, South Dakota, Black Hills, Wyoming, Devils Tower

A imponente Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos

A imponente Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos


Hoje de manhã foi a nossa despedida da belíssima região de Black Hills. Percorremos uma estrada cênica ao longo da parte norte, por entre lagos e florestas. A cada curva, uma nova pintura. O céu azul ajudava e a vontade que dava era a de percorrer algumas trilhas e fazer um piquenique na orla de um dos lagos e rios cristalinos da região.

A linda paisagem de uma estrada cênica no norte de Black Hills, em South Dakota, nos Estados Unidos

A linda paisagem de uma estrada cênica no norte de Black Hills, em South Dakota, nos Estados Unidos


Pausa em viagem pelo norte das Black Hills, em South Dakota, nos Estados Unidos

Pausa em viagem pelo norte das Black Hills, em South Dakota, nos Estados Unidos


Mas precisávamos continuar. Deixamos para trás não apenas as Black Hills, mas também o estado de South Dakota. Chegávamos ao Wyoming, um dos estados com natureza mais exuberante do país. Aqui, por exemplo, estão os parques nacionais de Yellowstone e Grand Tetons, além de diversos parques estaduais, que protegem rios e canyons.

A linda paisagem de uma estrada cênica no norte de Black Hills, em South Dakota, nos Estados Unidos

A linda paisagem de uma estrada cênica no norte de Black Hills, em South Dakota, nos Estados Unidos


Exposição no excelente Centro de Boas Vindas do Wyoming, nos Estados Unidos

Exposição no excelente Centro de Boas Vindas do Wyoming, nos Estados Unidos


Como em todos os outros estados que entramos por alguma das grandes rodovias interestaduais, logo encontramos um “Wellcoming Center”, ou Centro de Boas-vindas. A diferença foi que, pela primeira vez, resolvemos parar para dar uma olhada. Isso porque queríamos saber informações sobre o nosso primeiro destino no estado, uma enorme torre de pedra conhecida como Devil’s Tower.

A imponente Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos

A imponente Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos


Além de conseguirmos as informações, ainda ficamos impressionados com a qualidade do Centro, uma casinha muito bem construída no meio do nada, repleta de folhetos e painéis de todas as atrações do estado, além de funcionários simpáticos e dispostos a ajudar. Foi de tirar o chapéu! Isso sim que é desenvolvimento de turismo!

Chegando à incrível Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos

Chegando à incrível Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos


Seguimos então para a Devil’s Tower, que com seus quase 400 metros de altura sobre o terreno que a rodeia, pode ser vista de longe. O nome não faz muito sentido, e decorre de uma tradução mal feita de um de seus nomes indígenas. A pedra era sagrada para várias tribos e tinha, portanto vários nomes. Vários relacionados a ursos, que eram frequentes por aqui. A razão para isso é que as ranhuras da enorme rocha parecem ter sido feitas por um urso gigante. Aliás, o original da tal tradução mal feita era “Abrigo do Urso”.

Homenagens indígenas, muito comum na mata ao redor da Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos

Homenagens indígenas, muito comum na mata ao redor da Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos


Não é difícil entender porque a pedra era (e continua!) sagrada para os indígenas. Quando a vemos de longe, e ainda mais quando nos aproximamos, a vontade que ela inspira é a de contemplação e adoração. Magnífica, crescendo para o céu como um gigantesco monumento. É mesmo impressionante!

Visita à impressionante torre de pedra chamada Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos

Visita à impressionante torre de pedra chamada Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos


A vantagem de estarmos nesse país é que uma maravilha dessa é protegida. Foi declarado o primeiro Monumento Nacional, já há mais de 100 anos! E chegando ao sopé dela, dezenas de painéis explicativos nos mostram como ela foi formada. A história geológica da Terra, por causa da sua escala de tempo, sempre nos faz ver como somos insignificantes e como o período de nossas vidas é absolutamente ridículo.

As colunas que formam a Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos

As colunas que formam a Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos


Devil’s Tower, assim como várias primas suas que vimos em nossas andanças pelo Espírito Santo ou em Quixadá, interior do nosso querido Ceará, foram formadas por “intrusão”. Alguns milhões de anos atrás, uma grande quantidade de lava ascendeu de grandes profundidades, por entre camadas de rochas sedimentares, tudo isso ainda bem abaixo da superfície. Aí, ela se esfriou rapidamente, contraindo-se e rachando internamente. Essas rachaduras são a origem das “colunas” que vemos hoje. Em seguida, alguns milhões de anos de erosão pela água e pelo ar levaram embora toda a rocha sedimentar (mais mole) que envolvia essa “intrusão” de rocha granítica, desenterrando ela do solo. Por ser mais dura, resiste muito mais à erosão e continua lá, de pé, embora também se desgaste com o tempo, de forma muito mais lenta.

Alpinistas escalam a Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos

Alpinistas escalam a Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos


Alpinistas escalam a Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos

Alpinistas escalam a Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos


O resultado é essa maravilha que vemos hoje, imponência e delicadeza ao mesmo tempo. Além de sagrada para os indígenas, também é para os alpinistas, que vem de todo o país para escalar alguma de suas vias de acesso. Os primeiros a chegar lá encima foram dois rancheiros locais, no final do séc XIX. Construíram escadas e foram encaixando elas entre as fissuras e completaram a façanha. É muito legal ver as fotos em preto e branco dessa aventura centenária. Hoje, são usadas técnicas modernas e nós pudemos observar vários desses corajosos pendurados nas paredes da pedra.

Visita à impressionante torre de pedra chamada Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos

Visita à impressionante torre de pedra chamada Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos


Quanto a nós, limitamos a dar a volta na base por uma trilha de poucos quilômetros. Muitas fotos e a devida reverência. Ao ir embora, e pedra continuou aparecendo no retrovisor da Fiona durante muito tempo. Parecia dizer: “Boa viagem! Mas voltem aqui, algum dia”. Voltaremos...

A Devil's Tower fica no retrovisor da Fiona, em Wyoming, nos Estados Unidos

A Devil's Tower fica no retrovisor da Fiona, em Wyoming, nos Estados Unidos


Belíssimo pôr-do-sol nas estradas de Wyoming, nos Estados Unidos

Belíssimo pôr-do-sol nas estradas de Wyoming, nos Estados Unidos


O resto do dia foi cruzando esse estado de paisagens espetaculares. Não conseguimos chegar até o outro lado de Wyoming, onde estão os parques que visitaremos nos próximos dias, já na fronteira com Idaho e Montana. Mas chegamos bem perto e amanhã, já estaremos no Grand Tetons. Até lá, as imagens que ficarão em nossas mentes serão do magnífico Bear’s Lodge (o nome correto da Devil’s Tower) e do pôr-do-sol cinematográfico com o qual fomos presenteados no coração do Wyoming.

Belíssimo pôr-do-sol nas estradas de Wyoming, nos Estados Unidos

Belíssimo pôr-do-sol nas estradas de Wyoming, nos Estados Unidos

Estados Unidos, South Dakota, Black Hills, Wyoming, Devils Tower, trilha, Parque, montanha

Veja todas as fotos do dia!

Gostou? Comente! Não gostou? Critique!

Post anterior O gigantesco monumento em construção de Crazy Horse, na região das Black Hills, em South Dakota, nos Estados Unidos

Crazy Horse

Post seguinte Aproximando-se das montanhas do Parque Nacional Grand Teton, no Wyoming, nos Estados Unidos

Chegando à Grand Teton

Blog da Ana Visita à impressionante torre de pedra chamada Devil's Tower, em Wyoming, nos Estados Unidos

Devils Tower

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 15/11/2015 | 17:12 por PAULO CABRAL

    TEM UMA FOTO ENQUADRANDO DE PERTO O MONTE COM A MOCA SENTADO OLHANDO MEIO QUE PARA CIMA, NAO SEI SE OBSERVOU UM OBJETO QUADRANGULAR VERTICAL PAIRANDO ACIMA AO LADO DIREITO, O QUE AFINAL ERA AQUILO, QUAL A SUA IMPRESSAO SOBRE ISSO, GRATO

  • 03/04/2013 | 09:59 por Bruno

    Rodrigo, esses posts estão sensacionais. Qtos dias vc acha que levo entre Mout Rushmore, Devil´s Tower e atravessar o Wyoming rumo a Yellowstone? Fazendo tudo com calma, como vc fez...

    Resposta:
    Oi Bruno

    Legal que tenha gostado dos posts! Essa região dos EUA é mesmo incrível!

    Então, acho que uns 4 dias são mais do que suficientes para o Rushmore, Devils Tower e atravessar o estado. Depois, para o Yellowstone, precisa de outros 3-4 dias, para poder ver tudo com calma.

    Agora, se vc gosta de caminhadas, é possível fazer umas trilhas no Yellowstone de vários dias! Vc vai chegar em lugares onde quase ninguém chega. E são maravilhosos!

    Um grande abraço

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet