1 Chegando e Correndo na Ilha Grande - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Chegando e Correndo na Ilha Grande - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Chegando e Correndo na Ilha Grande

Brasil, Rio De Janeiro, Angra dos Reis, Ilha Grande

No catmaran de Angra dos Reis para Ilha Grande - RJ

No catmaran de Angra dos Reis para Ilha Grande - RJ


Deixamos a Fiona guardadinha numa vaga que só a Ana consegue manobrar, na casa em frente ao nosso hotel em Angra e partimos para a Ilha Grande, de catamaran. Para a nossa felicidade, o dia amanheceu com céu azul, contra nossas expectativas e previsões. Com sol, tudo fica mais bonito, o mar, as montanhas, a água e até a feia cidade de Angra. Depois da sutileza de Parati, a dureza de Angra machuca um pouco os sentidos. Mas na manhã de sol, olhando do cais, ela pareceu bem simpática...

O cais de Santa Luzia, em Angra dos Reis - RJ

O cais de Santa Luzia, em Angra dos Reis - RJ


Agora, muito mais que simpática, muito linda mesmo é a travessia da baía. Quarenta minutos de visões que são um colírio para os olhos. Na chegada à Abraão somos recebidos pelos enviados de várias pousadas, brigando por hóspedes. A pequena vila é formada quase que na sua totalidade por pousadas, restaurantes e lojas que vivem em função dos turistas. Nesta época do ano, fora de temporada, a oferta supera em muito a demanda e os preços caem lá embaixo. Nenhuma vez na nossa viagem tivemos tanta qualidade por tão pouco. Vai ser difícil não ficar mal acostumado...

Fotografando a baía de Angra dos Reis, a caminho de Ilha Grande - RJ

Fotografando a baía de Angra dos Reis, a caminho de Ilha Grande - RJ


Travessia de Angra dos Reis para Ilha Grande - RJ

Travessia de Angra dos Reis para Ilha Grande - RJ


Depois de descobrirmos que o tempo deve virar amanhã novamente, resolvemos aproveitar o sol de hoje para caminhar até a praia de Lopes Mendes, considerada uma das mais bonitas do Brasil. São pouco mais de seis quilômetros subindo e descendo morros, passando por praias e cruzando a mata atlântica. Para ajudar na trilha, nossa mais nova aquisição: uma eficiente bolsa térmica para manter até quatro latas de cerveja geladas! Muito prática de carregar, maravilha da tecnologia! Hehehe

Feliz da vida com a nova sacola térmica de cervejas, na trilha para Lopes Mendes, na Ilha Grande - RJ

Feliz da vida com a nova sacola térmica de cervejas, na trilha para Lopes Mendes, na Ilha Grande - RJ


No caminho, uma constatação e uma surpresa. A surpresa é que há jacarés na lha Grande! Não, não vimos nenhum, mas vimos várias placas de sinalização. A constatação é que quase todos os turistas na Ilha, numa sexta-feira de trabalho, são gringos. Ingleses, franceses, alemães, israelenses, tem de tudo por aqui. Até brasileiros, mas em menor número.

Jacarés na Ilha Grande - RJ ?

Jacarés na Ilha Grande - RJ ?


Chegamos à linda Lopes Mendes mais ou menos junto com as nuvens que começaram a cobrir o sol. Mesmo assim, a praia é linda, Praia de mar aberto, ondas para surfistas. Areias branquinhas, águas verde azuladas, nenhuma construção à vista, só a vegetação e as montanhas. Realmente, uma beleza!

A famosa praia de Lopes Mendes, na Ilha Grande - RJ

A famosa praia de Lopes Mendes, na Ilha Grande - RJ


Uma hora mais tarde e já era tempo de voltar. A Ana de barco e eu correndo. Fomos juntos até a praia do Pouso, de onde saem os barcos e lá nos separamos. Para incredulidade dos barqueiros, disse que chegaria antes do barco, que faz o percurso em 45 minutos. Saímos juntos e eu iniciei minha corrida pela praia e depois pela trilha. Nas partes mais íngremes, descanso em caminhada acelerada. Nas outras subidas, trote. Nos trechos planos e de descida, pé na tábua. Para mim, é sempre uma diversão correr em trilhas com raízes, pedras e trechos escorregadios. Nossos olhos seguem atentos, calculando os próximos passos. O pé tem de pisar exatamente em cima de uma pedra x, ou entre aquelas duas raízes. O engraçado é que, quando finalmente vou pisar aonde tinha calculado, os olhos já estão olhando bem à frente, dois ou três passos adiante. Na descida, sigo naquele limite entre o ritmo controlado e a descida desembestada. Quando há uma reta logo abaixo, posso perder o controle, pois sei que vou ter espaço para recuperá-lo. Se não houver uma reta e eu erra o cálculo e perder o controle, procuro alguma árvore para frear. Nas muitas trilhas em que já saí correndo, em algumas já tive tombos. Alguns, memoráveis. O maior dano foi um dedo quebrado, na Chapada Diamantina. Normalmente, é só o susto e alguns arranhões. Mas, a maioria das vezes não tem tombo não, é só a adrenalina.

Enfrentando o mar agitado de Lopes Mendes, na Ilha Grande - RJ

Enfrentando o mar agitado de Lopes Mendes, na Ilha Grande - RJ


Bom, tudo isso ia pensando no caminho, junto com a extrema atenção para não cair. E nem vi a trilha passar. Quando percebi, entrava na praia do Abraão, exatamente quando o barco fazia a curva da baía. Chegamos quase juntos, eu um pouco antes, em tempo de sentar num banco na frente do píer e observar os passageiros e a orgulhosa esposa desembarcarem.

A famosa praia de Lopes Mendes, na Ilha Grande - RJ

A famosa praia de Lopes Mendes, na Ilha Grande - RJ


Para amanhã, mesmo com previsão de chuvas, a programa é ambicioso: ir e voltar à pé (não há opção de barco) de Parnaioca, do outro lado da ilha. Quase uma maratona. Depois dou notícias...

A famosa praia de Lopes Mendes, na Ilha Grande - RJ

A famosa praia de Lopes Mendes, na Ilha Grande - RJ

Brasil, Rio De Janeiro, Angra dos Reis, Ilha Grande, Praia, trilha, Lopes Mendes

Veja todas as fotos do dia!

Não se acanhe, comente!

Post anterior Cachoeira e poço no Saco do Mamanguá, região de Parati - RJ

No Saco do Mamanguá

Post seguinte Iício da Trilha da Parnaioca, na Ilha Grande - RJ

Abraão – Dois Rios – Parnaioca (ida e volta)

Blog da Ana Praia de Palmas, no caminho para Lopes Mendes, na Ilha Grande - RJ

Trilhas de Ilha Grande

Comentários (5)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 22/02/2013 | 21:09 por Lu

    Oi Rodrigo!!
    Vc me indica uma pousada bacana, digo, custo benefício em Ilha Grande?
    Acho que no Centrinho...
    Conhece alguma?
    Abççç
    Lu

    Resposta:
    Oi Lu

    Desculpe a demora em responder (mais de 1 ano!!!) sua pergunta. Tivemos um problema no site e vários comentários ficarm perdidos...

    Então, lá em Abraao (o centrinho), são dezenas de pousadas, para todos os gostos. Nós sempre achamos um na hora mesmo. Nessa última vez, ficamos no Beto Pousada. Foi bem legal

    Um abraço

  • 22/02/2013 | 21:07 por Lu

    Ei Rodrigo!
    Adorei os comentários de vcs e as belas fotos!!!
    E agora a pergunta que não quer calar,rsss

    Onde vc descolou esta bolsinha térmica para colocar as cevas??
    Abç
    Lu

    Resposta:
    Oi Lu

    Boa e prática, essa bolsa térmica, né? Então, não estou bem lembrado onde eu comprei, mas já vi ela a venda no Carrefour!

    Um abraço

  • 04/01/2013 | 11:33 por Juliana

    Bom dia!

    Meu nome é Juliana, vi todas as fotos de Ilha Grande RJ, no dia 27/01 eu e meu marido estaremos indo para lá, pelo visto o lugar é mesmo maravilhoso, uma pena que vocês pegaram um tempo ruim com muita chuva, que pelo visto, é o que vai acontecer conosco também. Achei ótimo a maneira que vocês encontraram de conhecer a Ilha, que foi enfrentando o mal tempo! Parabéns!

    Resposta:
    Oi Juliana

    A Ilha Grande é um lugar muito especial. Já estive lá algumas vezes, com sol e com chuva. Sempre vale a pena! Nunca desanime com tempo ruim, pois as coisas mudam rápido por lá. Muitas vezes, um dia chuvoso termina numa tarde espetacular! E, mesmo com chuva, é tão gostoso andar entre as praias e aquela natureza exuberante...

    Um abraço e feliz viagem, com sol ou com chuva!

  • 23/06/2011 | 12:45 por Leandro Travassos

    Prezado Rodrigo,

    Me chamo Leandro Travassos e sou biólogo do Parque Estadual da Ilha Grande e tive a oportunidade de ver as fotos postadas em seu Blog. Sua iniciativa é boa para divulgar a Ilha Grande, mas acontece que a maior parte da Ilha é também um Parque Estadual, uma unidade de Conservação de Proteção Integral, na qual não é permitida a entrada de animais domésticos ou domesticados, exóticos ou não. No início da estrada Colônia existe uma placa informando isso. O Pico do Papagaio está em uma região extremamente relevante para conservação da biodiversidade local e seu ato pode acarretar sérios problemas para efetividade do nosso trabalho. Embora não acredite que você tenha a intenção de prejudicar nada, peço que quando regressar a Ilha (e será bem vindo), procure a nossa sede, que fica no Abraão. Teremos grande prazer em prestar maiores esclarecimentos. Por favor, peço encarecidamente que não leve seu cão ao interior de qualquer unidade de conservação desta categoria, pois esta prática pode disseminar doenças para a fauna silvestre, acarretar predação da fauna local e mesmo contaminar seu cão (pois na Ilha é uma área onde ainda ocorre Leishmaniose).

    Atenciosamente,

    Leandro Travassos
    Coordenação de Manejo de Ecossistemas
    Parque Estadual da Ilha Grande/INEA/RJ
    24 - 3361 5540

    Resposta:
    Olá Leandro
    Na verdade, nós estivemos na sede do parque em Abraão e fomos muito bem recebidos. Conversamos longamente com dois de vocês e obtivemos muitas informações interessantes. Parabéns pelo trabalho!

    Quanto ao cão, a história está em outro post ("Para o Alto e Avante"). Ele não é nosso cão, mas resolveu nos adotar nesse dia, revelando-se um ótimo companheiro. Náo não vimos a placa e o cão parece que não liga muito para ela pois, do jeito que ía pela trilha, deve ser um frequentador bastante assíduo do caminho.

    De qualquer maneira, está dado o seu recado. Nada de cães nas trilhas do parque, pessoal!

    Abs

  • 24/10/2010 | 12:55 por Marina Leão

    Olá,
    Gostaria de pedir uma dica. Vou pra Ilha Grande no reveillon e não quero ficar hospedada em nenhum lugar muito tumultuado e lotado. Tem alguma sugestão de lugar trannquilo, bonito e com menos gente para eu ficar hospedada?
    Obrigada,

    Resposta:
    Oi Marina
    Reveillon na Ilha Grande é sempre muito concorrido, principalmente em Abraão. Mesmo lá há algumas pousadas mais afastadas, mas o centrinho, certamente vai estar movimentado e barulhento. Se quer fugir do movimento, tente em lugares mais "alternativos" na ilha. Por exemplo, na Praia Vermelha. Tem uma pousada lá show de bola, mas não me lembro o nome. Deve ser fácil encontrar no google.
    Abs

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet