0 Entre Praias, Macacos e Preguiças - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Entre Praias, Macacos e Preguiças - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Entre Praias, Macacos e Preguiças

Costa Rica, Manuel Antonio

Macacos descansam um pouco no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Macacos descansam um pouco no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Logo pela manhã, já estávamos prontos para o dia de caminhada no parque Manuel Antonio, a pouco mais de um quilômetro do nosso hotel. Mas antes disso, ainda fomos dar mais uma olhada na praia em frente. Ontem, quando chegamos, já era fim de tarde e a praia estava movimentada, todos querendo aproveitar o fantástico entardecer. Hoje a praia ainda estava bem vazia, praiona cercada de muito verde, evidência que estamos em um país tropical. Aliás, isso iria ficar ainda mais claro durante nossas explorações do parque.

Bem cedo, em praia de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Bem cedo, em praia de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


No caminho até o parque, vários guias com seus tripés à tiracolo. Junto com os tripés, uma luneta, ferramenta fundamental para quem quer observar a variada fauna de Manuel Antonio, geralmente posicionada lá no alto das árvores, longe do alcance dos nossos destreinados olhos. Quer dizer, os nossos podem ser, mas os dos guias, não! Conseguem ver de longe, mesmo que escondidos na densa folhagem das árvores, os pássaros, mamíferos e répteis que atraem tanta gente para esse parque. Assim que localizam algum animal, calmamente montam seus tripés e lunetas e convidam seus turistas a observar o macaco, a preguiça ou o pássaro colorido que encontraram.

Muitos pássaros no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Muitos pássaros no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Nós, dispostos a caminhar em nosso próprio ritmo e fazendo nosso próprio caminho, entramos sem guia. Não tínhamos a luneta, mas contávamos com a objetiva da nossa Nikon. E para localizar os animais, bastava olhar para onde os guias de outros grupos estivessem olhando. Um plano bom e barato, nos pareceu!

Mapa de trilhas do pequeno Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Mapa de trilhas do pequeno Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Caminhando no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Caminhando no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


E assim foi. Seguimos diretamente para o ponto mais alto do parque, um mirante para se observar a costa entrecortada e algumas das mais belas praias do país. Para chegar até lá, caminho no meio da mata, morro acima, oportunidade para se observar a fauna. Bom, a gente ouviu muito barulho suspeito no alto das árvores, pássaros e macacos, mas não vimos nada. Pelo menos até aqui, os olhos treinados dos guias fizeram falta...

Percorrendo trilha costeira no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Percorrendo trilha costeira no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


O belo litoral do Parque Nacional de Manuel Antonio, na costa do Oceano Pacífico, na Costa Rica

O belo litoral do Parque Nacional de Manuel Antonio, na costa do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Pelo menos lá do alto, para admirar a paisagem, nossos olhos eram treinados o suficiente! Ficamos com ainda mais vontade de chegar naquelas praias. E para chegar até lá, muita mata e mais oportunidades de encontrar a fauna que tanto “gritava”, mas teimava em se esconder...

Macacos caçam carrapatos no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Macacos caçam carrapatos no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Macacos descansam um pouco no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Macacos descansam um pouco no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Pois é, dessa vez foi diferente! Cruzamos logo com um bando de macacos em uma árvore mais baixa e foi fácil localizá-los e tirar muitas fotos. Ficaram ali, ora posando, ora caçando carrapatos uns nos outros. Gestos incrivelmente humanos, desde o olhar até o movimento dos dedos. Observando esses bichos de perto, em seu próprio habitat, é difícil entender como a humanidade demorou tanto tempo em perceber que temos um antepassado comum. Olhando esses macacos, eu diria que esse antepassado não está tão longe assim...

Uma das pequenas praias do Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Uma das pequenas praias do Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


A belíssima praia que dá nome ao Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

A belíssima praia que dá nome ao Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Depois do encontro com os macacos, com os quais haveríamos de cruzar muitas outras vezes ainda no dia de hoje, às praias! Fomos primeiro às “gemelas” (gêmeas), duas praias bem pequenas escondidas no meio da vegetação. Sensação total de estarmos no litoral norte de Sâo Paulo, em algum lugar perdido entre Ubatuba e Parati. Vegetação semelhante, areia parecida, mar idêntico! Muito legal! Dali mesmo, observamos a praia mais famosa do parque. Aliás, aquela que dá nome ao parque: Manuel Antonio! Mais longa, areia bem clara, um espetáculo! Corremos para lá antes que chegassem muitos turistas e aí nos refestelamos por mais de uma hora. A água estava uma delícia, a mesma temperatura de Ubatuba novamente.

A belíssima praia que dá nome ao Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

A belíssima praia que dá nome ao Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Dia de muito sol no belo Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Dia de muito sol no belo Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Felizmente, o governo da Costa Rica teve o bom senso de criar esse parque no início da década de 70. Senão, com certeza essa praia maravilhosa estaria nas mãos de algum condomínio ou megaresort. Mas não, protegida pelo parque, a praia continua virgem como sempre. Nadando em suas águas e olhando para a costa, nenhum sinal da civilização. Apenas árvores, as areias brancas e os poucos turistas que haviam ali chegado. Uma trilha percorre toda a praia, mas está muito bem escondida pelas árvores. A sensação é mesmo de total natureza!

Parece Ubatuba, mas é o Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Parece Ubatuba, mas é o Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Falando nela, ainda tínhamos explorações a fazer. Na ponta de Manuel Antonio há uma península que já foi ilha, agora unida ao continente por uma língua de terra. Uma trilha dá a volta nessa península e oferece vários pontos de observação, da mata e da costa. Foi indo para lá que localizamos (nossos olhos foram ficando treinados!) um bicho-preguiça em um galhos não tão alto. Na verdade, a mais próxima que já tínhamos visto aqui na Costa Rica. Ela estava ali, naquela sua pressa característica, alimentando-se de folhas e pendurada com suas fortes garras dando-lhe segurança.

Típica pose de bicho-preguiça no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Típica pose de bicho-preguiça no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Encontro com uma preguiçosa bicho-preguiça mascarada no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Encontro com uma preguiçosa bicho-preguiça mascarada no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Depois de muitas fotos, fomos dar a volta na tal península e, quando voltamos, fomos procurar nossa “amiga” novamente. Ela estava ainda mais baixa, oportunidade incrível de observação, mesmo para aqueles sem poderosas lunetas. A calma que esse bicho inspira é incrível! Parece que o relógio para de andar. Stress para quê? Aliás, fiquei imaginando se os ativos macacos, de vez enquanto, não tentam encher o saco de uma preguiça... Como será esse encontro? As duas espécies vivem nas árvores desse parque tão pequeno, hão de se encontrar várias vezes! Enquanto uma preguiça se move um metro, o macaco já foi lá do outro lado do parque e já voltou. É, deve ser engraçado ver os dois juntos. Não tivemos essa sorte, pelo menos, não na mesma árvore...

Chegamos pertinho de um bicho-preguiça no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Chegamos pertinho de um bicho-preguiça no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Observando de perto um bicho-preguiça no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Observando de perto um bicho-preguiça no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Bom, depois de quase termos contatos imediatos do3o grau com a preguiça, seguimos para a saída do parque. O último obstáculo era passar por um rio frequentado por jacarés, mas não tivemos a sorte (ou azar) de ver nenhum. Do lado de lá do rio, já estávamos naquela nossa praia velha conhecida, a mesma do entardecer de ontem e da manhã de hoje. Depois de tantas horas de explorações e muito calor, fomos matar a sede com “pipas”. É assim que os costarriquenhos chamam água de coco e, mesmo com esse nome diferente, o gosto é o mesmo. Revitalizante!

O último obstáculo da trilha que atravessa o Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

O último obstáculo da trilha que atravessa o Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Depois da trilha, uma água de coco para refrescar, em Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Depois da trilha, uma água de coco para refrescar, em Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica


Para mim, Manuel Antonio foi uma bela surpresa. Achei que iria gostar, mas as expectativas não eram tão grandes assim. Cada vez mais, o lema turístico do país faz sentido: Pura Vida! Que o digam os macacos e preguiças. A sensação de ter estado em Ubatuba, litoral que tanto gosto, também foi muito legal. E ainda tem mais pela frente. Afinal, daqui seguimos, ainda hoje, para a Península de Osa, nosso principal objetivo nessa segunda passagem pelo país. Para lá, as expectativas são grandes. Vamos ver como vai ser o resultado...

Chegando à misteriosa Península de Osa, no sul da Costa Rica

Chegando à misteriosa Península de Osa, no sul da Costa Rica

Costa Rica, Manuel Antonio, Praia, trilha, Parque, Bichos

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Curtindo o mar em Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

De Volta ao Pacífico

Post seguinte O lindo caminho para Bahía Drake, na Península de Osa, no sul da Costa Rica

A Península de Osa

Blog da Ana Típica pose de bicho-preguiça no Parque Nacional de Manuel Antonio, no litoral do Oceano Pacífico, na Costa Rica

Manuel Antonio

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet