0 Firmeza - Blog da Ana - 1000 dias

Firmeza - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Firmeza

Brasil, Tocantins, Mateiros

Fervedouro e as tradicionais bananeiras, próximo à Mateiros, região do Jalapão - TO

Fervedouro e as tradicionais bananeiras, próximo à Mateiros, região do Jalapão - TO


Uma ressurgência de água com uma pressão tão grande e areias rosadas e tão finas que só fazem rebolar. “Fervedouros de verdade são os que rebolam”, nos disse um morador da região. Quando perguntamos quantos deles existem, este morador nos disse serem mais de 20 fervedouros, em cada sítio ou terreno pode-se encontrar algum. Lá na casa dele mesmo tem, mas a pressão é menor, então a areia não rebola como este daqui.

Pressão da água faz a areia 'rebolar' no fervedouro próximo à Mateiros, região do Jalapão - TO

Pressão da água faz a areia "rebolar" no fervedouro próximo à Mateiros, região do Jalapão - TO


Há 30 km de Mateiros fica “O Fervedouro” perto do povoado de Mumbuca. Este fervedouro sempre foi único aqui no Jalapão, um dos únicos conhecidos e por isso também o mais visitado. Fácil perceber isso quando falamos com o caseiro que toma conta do local. Quanto perguntamos o nome do fervedouro ele disse “Este aqui é O FERVEDOURO”, insistimos e ele emendou “é o FIRMEZA”, sabe Deus por que escolheu este nome, mas deve para deixar claro que este foi o primeiro, pioneiro no turismo de fervedouros jalapaneses, firmeza mano?

Visitando o mais tradicional fervedouro do Jalapão, próximo à Mateiros - TO

Visitando o mais tradicional fervedouro do Jalapão, próximo à Mateiros - TO


Firmeza mesmo, a areia deste fervedouro é mais densa e um pouco mais grossa que o de São Félix. A água mais rasa e a pressão ainda mais forte fazia a areia rebolar mais (borbulhar) e a sensação de estarmos afundados em uma areia movediça também era ainda maior.

Visitando o mais tradicional fervedouro do Jalapão, próximo à Mateiros - TO

Visitando o mais tradicional fervedouro do Jalapão, próximo à Mateiros - TO


Ali ao lado está o fervedouro do Sozinho, propriedade particular liberada para visitação apenas para a Korubo Expedições. Pelo que entendi o dono da Korubo é o dono do terreno onde está este fervedouro, antes liberado para todos, hoje apenas para quem participa de suas expedições. Insistimos ao caseiro que queríamos visitá-lo, ver ao menos, dizem que este é o maior de todos os fervedouros. Porém ele deve seguir as regras, o último caseiro foi demitido, pois desrespeitou as regras do patrão, liberando por módicos 8 reais a entrada de “terceiros”.

Fim de tarde no cerrado próximo à Mateiros, região do Jalapão - TO

Fim de tarde no cerrado próximo à Mateiros, região do Jalapão - TO


Vemos que a região ainda tem um grande potencial para ser explorada, bem conversadinho e com bastante tempo poderíamos ficar 10 dias aqui só procurando novos fervedouros em fazendas e sítios. Espero que os proprietários aprendam a preservá-los e explorá-los da forma correta, afinal é uma riqueza natural apenas encontrada no Jalapão.

Fervedouro e as areias borbulhantes, próximo à Mateiros, região do Jalapão - TO

Fervedouro e as areias borbulhantes, próximo à Mateiros, região do Jalapão - TO

Brasil, Tocantins, Mateiros, Rio, Parque, parque nacional, fervedouro, São Félix, Mumbuca, firmeza, soninho, deserto, Jalapão

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Refresco delicioso na Cachoeira do Formiga, região de Mateiros, no Jalapão - TO

Jalapão: O Deserto das Águas

Post seguinte A Serra do Espírito Santo se erodindo, alimentando as dunas do Jalapão - TO

Dunas do Jalapão

Blog do Rodrigo Visitando o mais tradicional fervedouro do Jalapão, próximo à Mateiros - TO

O Deserto e os Fervedouros

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 27/05/2011 | 08:53 por Stenio S. Aguiar

    Tenho acompanhado a viagem de vocês pela internet e estão de parabéns, muito SHOW !!!

    Stenio e Márcia

    Rio de Janeiro - RJ

    Resposta:
    Olá Stenio! Olá Marcia! Que bom que nos encontraram, espero que continuem gostando! Essa América tem muuuito a ser explorado! beijos!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet