1 Canyoning em Somoto - Blog da Ana - 1000 dias

Canyoning em Somoto - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Canyoning em Somoto

Nicarágua, Somoto

A bela paisagem ao final do Canyon de Somoto, na Nicarágua, perto da fronteira com Honduras

A bela paisagem ao final do Canyon de Somoto, na Nicarágua, perto da fronteira com Honduras


Viagem de León para Somoto, passamos ao redor do símbolo nacional, o Vulcão Momotombo, um dos cones mais perfeitos do mundo. Existem trekkings para escalar o Momotombo, são dois dias e dizem que a vista do alto é magnífica, podendo enxergar até a Ilha de Ometepe e seus dois vulcões no lado da Nicarágua, ao sul do país. Nós infelizmente passamos reto, por falta de tempo, e no meu caso, por falta de joelho também. Seguimos ao norte em direção à pacata cidade de Somoto.

O vulcão Momotombo, o mais famoso do país, visto de perto de León, na Nicarágua

O vulcão Momotombo, o mais famoso do país, visto de perto de León, na Nicarágua


O Cânion que existe já milhões de anos, foi “descoberto” há pouco tempo por um casal de pesquisadores tchecos, que explorou todo o cânion e espalhou a notícia. Notícia esta que mudou a vida dessa cidade, que cada vez mais recebe turistas de todos os cantos do mundo para conhecer as belezas do Cânion de Somoto.

Entrada do Canyon de Somoto, na Nicarágua

Entrada do Canyon de Somoto, na Nicarágua


São 6 quilômetros de ponta a ponta e três roteiros turísticos que são oferecidos. O mais simples deles tem a primeira parte do passeio de barco até o estreitamento do cânion, são 4 horas de passeio indo e retornando pelo mesmo caminho.

Vacas atravessam o rio Coco, no Canyon de Somoto, na Nicarágua, perto da fronteira com Honduras

Vacas atravessam o rio Coco, no Canyon de Somoto, na Nicarágua, perto da fronteira com Honduras


O segundo roteiro começa por uma entrada no meio do cânion, desce o rio, atravessando o cânion desde a parte mais estreita até o final e também tem a duração de 4 horas. O terceiro roteiro, mais longo, mas o que mais recomendamos, inicia no começo do cânion, segue o leito do rio, caminhando e nadando alguns trechos, passando por cavernas lindas e até o encontro dos rios Comalí e Tapacalí, quando formam o Rio Coco.

Explorando o espetacular Canyon de Somoto, na Nicarágua

Explorando o espetacular Canyon de Somoto, na Nicarágua


Com o Roibin, nosso guia, no início da travessia do Canyon de Somoto, na Nicarágua, perto da fronteira com Honduras

Com o Roibin, nosso guia, no início da travessia do Canyon de Somoto, na Nicarágua, perto da fronteira com Honduras


São duas horas de caminhada tranquila, com alguns trechos de natação até chegarmos ao estreito, próximo do ponto de início do segundo tour. Aí começam os saltos, uma das diversões preferidas da dupla aqui. São poços profundos e plataformas de pedra que convidam para saltos de 6, 8 10, 13 e 23m de altura! Os guias sempre recomendam que os turistas saltem no máximo dos 10m, o que eu acho que está bom demais.

Saltando de 10 metros de altura em piscina natural no Canyon de Somoto, na Nicarágua

Saltando de 10 metros de altura em piscina natural no Canyon de Somoto, na Nicarágua


O Rodrigo, porém ficou ensaiando um salto dos 23m, mas acabou convencido por mim e por Roibin a play safe e diminuiu para outro de 13m. Eu, tranquila fui saltar dos 10m e levei o maior escorregão da minha vida! Meu pé escorregou na pedra e eu caí toda torta, com a lateral do corpo na água. AI! Não foi nada prazeroso, mas graças a Deus nada sério aconteceu!

A Ana salta no Canyon de Somoto, na Nicarágua

A Ana salta no Canyon de Somoto, na Nicarágua


Seguimos pelo rio onde conhecemos umas figuras engraçadíssimas! Breen e John são canadenses. Breen já nos convidou para ficar em sua casa em Jones Falls, na região dos lagos no Canadá. John vive 6 meses no Canadá, na Alaska Highway, e os 6 meses de inverno lá, no verão delicioso da Nicarágua.

Nosso guia salta de mais de 15 metros de altura no Canyon de Somoto, na Nicarágua

Nosso guia salta de mais de 15 metros de altura no Canyon de Somoto, na Nicarágua


Ele nos contou que recebeu em sua casa um dos maiores aventureiros dos tempos modernos que eu já ouvi falar, o inglês que está circunavegando a terra a pé em 13 anos! Ele começou o périplo em 2001 e terminará em 2013, sem utilizar nenhum outro tipo de transporte a não ser seus pés. Damphir é um nicaragüense da costa caribenha, divertido e super simpático, ele estava fazendo um vídeo de todo o passeio deles, que vocês podem conferir abaixo.



O final da caminhada incluiu uns quase 500m de natação, já que o barqueiro não estava lá e uma bela Toña na casa da família de Roibin, onde estava estacionada a Fiona, ponto onde começou toda a aventura.

Com a família do Roibin, nosso guia, ao final da travessia do Canyon de Somoto, na Nicarágua, perto da fronteira com Honduras

Com a família do Roibin, nosso guia, ao final da travessia do Canyon de Somoto, na Nicarágua, perto da fronteira com Honduras


Um dia delicioso em contato com a natureza e com um pouco da cultura nicaragüense. De quebra, deixo aqui um vídeo da série “Soy loco por ti América”, onde Roibin nos conta onde estamos e por que ele gosta de viver aqui.

Nicarágua, Somoto, cânion, Trekking, Canyon, Somoto, Cañon

Veja todas as fotos do dia!

Gostou? Comente! Não gostou? Critique!

Post anterior A Ana deslizando à toda as encostas do Cerro Negro,  próximo à León, na Nicarágua.

Volcán Cerro Negro

Post seguinte Novo prédio da imigração hondurenha na fronteira com a Nicarágua

Crossing Honduras

Blog do Rodrigo Explorando o espetacular Canyon de Somoto, na Nicarágua

Atravessando o Canyon de Somoto

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 15/05/2012 | 20:56 por Damphir Honter

    Awwwnnn... Gracias muchachos... <3 Fue un placer conocerlos ahi con los viejos locos xD Lastima que no pasamos tiempo juntos :) Pero espero tener el placer de verlos de nuevo en Granada, Nicaragua :) Que Dios los bendiga y los cuide a vos Ana y a Rodrigo... Se les quiere.

    Resposta:
    Nos vamos a encontrar de nuevo, seguro! Todavia tenemos que pasar por Granada, vamos a mantener contacto y nos vemos en breve! Besos!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet