0 Roliúde Nordestina - Blog da Ana - 1000 dias

Roliúde Nordestina - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Roliúde Nordestina

Brasil, Paraíba, Cabaceiras (Laje do Pai Mateus)

Dentro da Pedra do Capacete, no Lajedo do Pai Mateus, região de Cabaceiras - PB

Dentro da Pedra do Capacete, no Lajedo do Pai Mateus, região de Cabaceiras - PB


A região do Cariri Paraibano é velha conhecida de todos os brasileiros que prestigiam o cinema nacional. Filmes como o “Auto da Compadecida”, “Cinema, Aspirinas e Urubus” e “Canta Maria” foram filmados na região. As cidadezinhas que aparecem nos filmes, interioranas, com aquelas casinhas antigas e igreja na praça central, é exatamente a cara da cidade de Cabaceiras.

Igreja em Cabaceiras - PB

Igreja em Cabaceiras - PB


Uma área de beleza cênica ímpar no sertão do nordeste, não é a toa que a cidade é conhecida como a Roliúde Nordestina. O Museu Cinematográfico Municipal tem no seu acervo fotos, filmes e memórias dos mais de 20 filmes longas rodados na região.

Cabaceiras - PB

Cabaceiras - PB


Durante a manhã fomos conhecer o Cânion, achando que encontraríamos uma paisagem seca. Que nada! O leito de um caudaloso rio nos meses de chuva e que nesta época ainda possui algumas lagoas, que segundo Paulo, nunca secaram. Tomamos um delicioso banho de rio, com o panorama lunar formado pela erosão da água nas rochas.

Canyon do rio Soledade, região de Cabaceiras - PB

Canyon do rio Soledade, região de Cabaceiras - PB


Buraco na pedra no canyon do rio Soledade, em Cabaceiras - PB

Buraco na pedra no canyon do rio Soledade, em Cabaceiras - PB


Depois do almoço, trabalho e um passeio pela cidade de Cabaceiras, seguimos ver o pôr-do-sol na aclamada Laje do Pai Mateus. Eleito a primeira maravilha do Estado da Paraíba, o lajedo é uma imensa formação rochosa, com imensas pedras arredondadas sobrepostas.

A famosa Pedra do Capacete, no Lajedo do Pai Mateus, região de Cabaceiras - PB

A famosa Pedra do Capacete, no Lajedo do Pai Mateus, região de Cabaceiras - PB


Pai Mateus foi um curandeiro que viveu entre os anos de 1700 e 1800. Não se sabe ao certo se era um curandeiro indígena ou negro, fato é que sua história sobreviveu até hoje, assim como a sua casa sobre o lajeado de mesmo nome.

A casa de Pai Mateus, no Lajedo do Pai Mateus, região de Cabaceiras - PB

A casa de Pai Mateus, no Lajedo do Pai Mateus, região de Cabaceiras - PB


Une-se a esta história a crença popular no poder das rezadeiras, mulheres ou até mesmo homens, com o dom da cura. Avô de Ribamar, um guia local, já teria apagado fogo na caatinga, apenas com as suas preces.

Vista de dentro da Pedra do Capacete, no Lajedo do Pai Mateus, região de Cabaceiras - PB

Vista de dentro da Pedra do Capacete, no Lajedo do Pai Mateus, região de Cabaceiras - PB


O pôr-do-sol no Pai Mateus é um momento de energia e colorido especial! Os liquens alaranjados provam que o mar virou sertão, brilhando ainda mais no fim de tarde. Pedimos licença ao Pai Mateus para conhecer a sua casa e nos reenergizamos na pedra onde ele deve ter visto muitos outros momentos como este. Um elo direto entre nós, Pai Mateus e nossos mais antigos ancestrais americanos, unindo as histórias da idade da pedra e da nossa roliúde nordestina. Ah, se essas pedras falassem.

Observando o pôr-do-sol no Lajedo do Pai Mateus, região de Cabaceiras - PB

Observando o pôr-do-sol no Lajedo do Pai Mateus, região de Cabaceiras - PB

Brasil, Paraíba, Cabaceiras (Laje do Pai Mateus), trilha, cânion, Laje do Pai Mateus, matacão, roliúde nordestina, auto da compadecida, sertão

Veja todas as fotos do dia!

Participe da nossa viagem, comente!

Post anterior Lagoa formada por um rio temporário ao lado do Saco de Lã, na região de Cabaceiras - PB

Matacões, Rituais e a Pré-história

Post seguinte Arte rupestre em baixo relevo, tradição Itacoatiara, em Ingá - PB

A Pedra do Ingá

Blog do Rodrigo A famosa Pedra do Capacete, no Lajedo do Pai Mateus, região de Cabaceiras - PB

Água, Roliude e o Lajedo do Pai Mateus

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 13/03/2013 | 15:38 por Dhenyce

    nossa, muito liindo, nunca tinha ouvido falar dessa cidade até assistir um belissimo documentário feito pela jornalista favorita aqui do maranhão ! gostei muito , parabéns á todos os moradores , enfim , um dia estarei prestigiando este lugar !

    Resposta:
    A região é belíssima e não muito longe daí Dhenyce! Programa umas férias pra lá! =) Beijos!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet