0 Crossing Honduras - Blog da Ana - 1000 dias

Crossing Honduras - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Crossing Honduras

Nicarágua, Somoto, Honduras, Fronteiras, El Salvador, San Miguel

Novo prédio da imigração hondurenha na fronteira com a Nicarágua

Novo prédio da imigração hondurenha na fronteira com a Nicarágua


Duas fronteiras em um mesmo dia. Atravessamos a fronteira da Nicarágua (El Espino) para Honduras e, a estrada cheia de curvas em Honduras, parando apenas para comer algo rápido e abastecer em um posto de gasolina e seguimos para a fronteira de Honduras e El Salvador, na cidade de El Amatillo.

Poderia ser em qualquer lugar o mundo, mas foi em Honduras, na nossa rápida passagem pelo país

Poderia ser em qualquer lugar o mundo, mas foi em Honduras, na nossa rápida passagem pelo país


Honduras é conhecido por ser o país que mais cobra taxas de turismo, fazendo as contas acho que é bem parecido com a Nicarágua, se não contarmos a taxa de aduana, essa sim foi cara. Aí vai a contabilidade fronteiriça do dia:

- US$ 4,00 – Taxa alfandegária para sair da Nicarágua (US$ 2,00 por pessoa)
- US$ 2,00 - Pedágio da prefeitura da cidade fronteiriça (US$ 1,00 por pessoa)
- US$ 6,00 – Taxa de Turismo para entrada em Honduras (US$ 3,00 por pessoa)
- US$ 36,00 – Taxa da aduana de importação temporária do veículo para turistas.

TOTAL: US$ - 48,00

Estava um calor desgraçado e havia uma fila imensa na imigração salvadorenha. Óbvio que para ajudar o sistema havia caído. Assim, os oficiais resolveram agilizar o processo, dando um papelzinho com o carimbo de entrada que diz “válido para 2 pessoas” e pronto. Me pareceu suuuper tabajara, mas pelo menos agilizou a vida de mais de 30 pessoas que estavam passando mal de tanto calor na fila.

Chegando à fronteira entre Honduras e El Salvador. Lá vem o cara correndo para nos 'ajudar' nos trâmites...

Chegando à fronteira entre Honduras e El Salvador. Lá vem o cara correndo para nos "ajudar" nos trâmites...


A demora na aduana de entrada foi de quase duas horas, pois o sistema estava lento. Um dos oficiais que nos atendeu foi muito gentil e conseguiu agilizar o processo para não precisarmos esperar outras 2 horas lá.


Exibir mapa ampliado

El Salvador foi “eleito” o país mais violento do mundo, mais que qualquer outro do oriente médio, já imaginaram? Pois é, por aqui existe uma gangue (uma delas), que começou as suas atividades nos EUA, porém a polícia os capturou e extraditou em massa para a terra natal. Assim eles se estabeleceram aqui e suas atividades comerciais consistem em extorsão e “pequenos” pedágios cobrados dos comerciantes locais para “proteção” dos seus negócios. Conversamos com duas pessoas que nos disseram que a estrada até Usulaya seria segura, mas outras 2 pessoas nos disseram ser melhor não dirigir durante a noite.

Trânsito nas estradas hondurenhas

Trânsito nas estradas hondurenhas


Óbvio que sabendo disso eu tive uma breve discussão com o Rodrigo que queria seguir viagem depois de escurecer e ele acabou cedendo. Dormimos em San Miguel, a terceira maior cidade do país, que na descrição do Lonely Planet diz que já foi tomada pelo crime organizado e que possui efeitos colaterais ainda vigentes. Cidade quente, no meio de uma região semi-árida parecida com o sertão brasileiro, terra do garrobo (um tipo de lagarto). Ok, hora de descansar. Aproveitamos a noite para conversar com os familiares que estavam online no skype e garantir desde já um Feliz Natal!

Nicarágua, Somoto, Honduras, Fronteiras, El Salvador, San Miguel, fronteira, Estrada

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior A bela paisagem ao final do Canyon de Somoto, na Nicarágua, perto da fronteira com Honduras

Canyoning em Somoto

Post seguinte Magnífico entardecer na praia de El Tunco, na Costa del Balsamo, litoral de El Salvador

Natal Praiano em El Tunco

Blog do Rodrigo Chegando à fronteira entre Honduras e El Salvador. Lá vem o cara correndo para nos 'ajudar' nos trâmites...

Fronteiras

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 27/12/2011 | 14:48 por Viagem para Mulheres

    Ler os posts de vocês dá vontade de sair correndo e fazer o mesmo!

    Me deliciando com os outros posts!

    Beijos e Feliz 2012!

    Resposta:
    Isso aí Flávia, pé na estrada!!! Estou de olho nos seus novos projetos! Beijos e Feliz 2012!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet