0 Um Dia no Paraíso - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Um Dia no Paraíso - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Um Dia no Paraíso

Granada, Carriacou, St Georges

A magnífica Paradise Beach, no sul de Carriacou, ilha ao norte de Granada

A magnífica Paradise Beach, no sul de Carriacou, ilha ao norte de Granada


Já nos sentindo cada vez mais “locais”, pegamos o busão para o sul hoje, até Paradise Beach. O céu estava azul e o sol brilhava fortemente, o que tornava todas as cores mais vivas. Assim, mesmo para olhos acostumados com os mares caribenhos, a cor da água e da areia na “praia paraíso” estava impressionante.

A magnífica Paradise Beach, no sul de Carriacou, ilha ao norte de Granada

A magnífica Paradise Beach, no sul de Carriacou, ilha ao norte de Granada


A Paradise Beach é a mais popular de Carriacou mas, como estamos na baixa temporada (benditos hurricanes!), ela estava bem vazia. Bem que haviam nos dito que a melhor época de viajar no Caribe é na chamada “temporada dos furacões”, quando todos os preços estão mais baixos, as praias desertas e hotéis e restaurantes brigando por clientes. O tempo geralmente é muito bom nessa época, nem muito quente e nem muito seco. Só não podemos, claro, é ter o azar de cruzar com um dos furacões. Enfim, para quem gosta de loterias, esta é uma boa aposta onde o prêmio é um cenário paradisíaco e sem concorrência.

Mar totalmente caribenho em Paradise Beach, no sul de Carriacou, ilha ao norte de Granada

Mar totalmente caribenho em Paradise Beach, no sul de Carriacou, ilha ao norte de Granada


Aproveitamos a praia quase particular para tomarmos nosso último banho de lama, lá das terras vulcânicas de Dominica. A Ana a vem carregando e usando de vez em quando, como na praia em St. Pierre. Hoje, até eu usei um pouquinho no rosto. Para conseguir mais desse produto milagroso, só voltando ao Desolation Valley, no caminho para o Boiling Lake, uma das grandes experiências que tivemos nesse giro caribenho.

O último banho de lama de Dominica, em Paradise Beach, no sul de Carriacou, ilha ao norte de Granada

O último banho de lama de Dominica, em Paradise Beach, no sul de Carriacou, ilha ao norte de Granada


As poucas pessoas que encontramos na praia ficaram impressionadas com a aparência meio extraterrestre da Ana, que passou lama no corpo inteiro. Uma senhora até se aproximou para conversar e, ao saber das propriedades rejuvenescedoras da lama, até pediu um pouquinho para ela.

O último banho de lama de Dominica, em Paradise Beach, no sul de Carriacou, ilha ao norte de Granada

O último banho de lama de Dominica, em Paradise Beach, no sul de Carriacou, ilha ao norte de Granada


Depois da lama, aproveitamos aquela enorme piscina à nossa frente, nadamos bastante e fizemos a tradicional caminhada até o fim da praia, quase uma obrigação para nós. Difícil foi deixar o paraíso para trás, mas tínhamos de desocupar o quarto do nosso hotel em Hillsborough, onde já tínhamos ganho um tempo extra para fazer o check-out.

Caminhando em Paradise Beach, no sul de Carriacou, ilha ao norte de Granada

Caminhando em Paradise Beach, no sul de Carriacou, ilha ao norte de Granada


Chegamos encima da hora, ainda descolamos uns minutinhos para uma chuveirada e fomos fazer hora num restaurante, para almoçar e usar a internet até o horário do nosso ferry, às 15:30. Nosso almoço de despedidas, só para variar, foi uma suculenta jerk chicken.

Deliciosa jerk chicken, nosso prato predileto por aqui (em Hillsborough, capital de Carriacou, em Granada)

Deliciosa jerk chicken, nosso prato predileto por aqui (em Hillsborough, capital de Carriacou, em Granada)


Viagem de ferry tranquila para Granada, nosso último deslocamento de barco pelo Caribe. Chegamos bem no final da tarde à “The Carenage”, a baía em forma de ferradura em volta da qual cresceu a cidade de St. George’s, a capital do país. Com aquela luz do final do dia, foi uma bela visão, enfim uma cidade com cara de cidade, depois de tanto tempo entre vilas pacatas.

Embarcando no ferry em Hillsborough, capital de Carriacou, para Granada

Embarcando no ferry em Hillsborough, capital de Carriacou, para Granada


Driblamos os motoristas de táxis e guias que nos ofereciam seus serviços (nesta época do ano, turista é coisa rara por aqui e eles estavam “sedentos”!) e fomos caminhando para a área da marina, onde está o nosso hotel. Longa caminhada, principalmente carregando duas mochilas cada um. Saudades da Fiona!

Chegando em St. George's, a capital de Granada, no Caribe

Chegando em St. George's, a capital de Granada, no Caribe


Por fim, de noite, com muita insistência da Ana, ainda caminhamos dando a volta na marina para chegarmos ao local de uma festa, uma espécie de carnaval aqui da ilha, que vem ocorrendo durante todo esse mês. Mas ao invés de samba ou axé, aqui o que pega é a Socca. Foi bem interessante, a gente cada vez mais acostumado com a nossa África americana, eu sempre feliz de não ser o mais branquinho de todos, acompanhado da minha loira esposa. Só ainda não tivemos coragem de dançar como eles dançam por aqui...

Cartaz de danças caribenhas (em Clifton, cidade em Union Island, ilha no sul de São Vicente e Granadinas, no Caribe)

Cartaz de danças caribenhas (em Clifton, cidade em Union Island, ilha no sul de São Vicente e Granadinas, no Caribe)

Granada, Carriacou, St Georges, Praia, Hillsborough, Paradise Beach

Veja todas as fotos do dia!

Não se acanhe, comente!

Post anterior Chegando à maravilhosa praia Anse La Roche, no norte de Carriacou, ilha ao norte de Granada

Chegando à Carriacou - Granada

Post seguinte Observando do alto do forte a cidade de St. George's, capital de Granada

Um Passeio na Capital e na História de Granada

Blog da Ana Mar totalmente caribenho em Paradise Beach, no sul de Carriacou, ilha ao norte de Granada

Kayryouacou

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet