0 South Pier - Blog do Rodrigo - 1000 dias

South Pier - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

South Pier

Bonaire, Kralendijk

Chegando aos pilares de South Pier, no sul de Bonaire

Chegando aos pilares de South Pier, no sul de Bonaire


Com tantos pontos de mergulho ao redor da ilha e com apenas alguns dias de explorações pela frente, tínhamos a difícil tarefa de escolher onde mergulhar. Normalmente, quando se mergulha através de uma agência, essa escolha fica com eles que são os conhecedores da área. Mas nós estamos mergulhando de forma independente por aqui e assim, dessa vez, a escolha era nossa.

Nosso carro em Bonaire (no South Pier, no sul da ilha)

Nosso carro em Bonaire (no South Pier, no sul da ilha)


Uma boa conversa com o francês que é dono do nosso hotel foi o melhor caminho. Ele nos explicou que os mergulhos no norte são um pouco diferentes dos do sul, que não valia o trabalho de se deslocar até Klein Bonaie pelos poucos dias que tínhamos e, enfim, fez uma lista de lugares que gostava. Dessa lista, escolhemos ao mesmo tempo mergulhos variados entre si (sul, norte, naufrágio, pier, profundo, raso, etc...) e que nos dessem a oportunidade de rodar por toda a ilha.

Placa sinalizadora de ponto de mergulho em South Pier, no sul de Bonaire

Placa sinalizadora de ponto de mergulho em South Pier, no sul de Bonaire


Hoje, partimos para o sul da ilha. O primeiro mergulho foi no extremo sul de Bonaire, bem ao lado de um farol. No caminho, sempre beirando o mar, pudemos ver e localizar as dezenas de pontos de mergulho, sempre bem marcados com as famosas pedras amarelas. As praias são sempre muito estreitas. São de coral, e não de areia. A gente percebe facilmente uma faixa mais clara de água (a parte rasa) e, a menos de 100 metros de distância, a parte escura, onde estão os recifes e corais. Em quase todos os pontos já há camionetes estacionadas, sinal de que alguém já está mergulhando por ali. Uma coisa que chamou muito nossa atenção é a quantidade de idosos mergulhando. Casais e amigos com mais de 70 anos de idade aproveitando a "melhor idade" para praticar essa saudável atividade que é o mergulho. Preferem Bonaire porque aqui não há os normalmente incômodos trechos de barco.

Mergulhando em South Pier, no sul de Bonaire

Mergulhando em South Pier, no sul de Bonaire


Esse mergulho foi bem tranquilo e relaxante. Com a experiência do mergulho do dia anterior, já resolvemos fazer este sem roupa de mergulho, apenas uma camiseta. Com uma temperatura de água acima dos 30 graus, qualquer peso a menos torna o mergulho ainda mais gostoso. Sem roupa e, consequentemente, com menos lastro, a gente se locomove muito mais fácil lá embaixo. Uma delícia!

Extração de sal em South Pier, no sul de Bonaire

Extração de sal em South Pier, no sul de Bonaire


Voltamos para Kralendijk pelo outro lado da ilha, completando o loop sul de Bonaire (o mapa está no post anterior), região cheia de salinas e lagos, quase sem elevações. Almoçamos na nossa casinha, pegamos nossos tanques que já haviam sido "reenchidos" e voltamos para o sul, dessa vez para mergulhar em South Pier, um dos mergulhos mais interessantes de Bonaire.

Os pilares submersos  parecem troncos de uma floresta em South Pier, no sul de Bonaire

Os pilares submersos parecem troncos de uma floresta em South Pier, no sul de Bonaire


Passando por entre os pilares submersos de South Pier, no sul de Bonaire

Passando por entre os pilares submersos de South Pier, no sul de Bonaire


Aqui, mergulhamos por entre os pilares de um grande pier onde atracam navios para o carregamento de sal. Além das centenas de peixes coloridos e do verdadeiro jardim de corais, o que mais chama a atenção é a verdadira "floresta" de pilares. Parecem grandes troncos de árvores submersas e, com a transparência da água, o efeito é mesmo impressionante. Uma floresta frequentada por peixes, e não por pássaros e mamíferos. Os mergulhadores ficam diminutos perto daquelas colunas que chegam a vinte metros de profundidade e se erguem outros dez metros acima d'água, para sustentar construções e pequenas cabinas lá encima.

A visão do pier acima d'água visto de 20 metros de profundidade, no South Pier, no sul de Bonaire

A visão do pier acima d'água visto de 20 metros de profundidade, no South Pier, no sul de Bonaire


A visão do pier acima d'água visto de 20 metros de profundidade, no South Pier, no sul de Bonaire

A visão do pier acima d'água visto de 20 metros de profundidade, no South Pier, no sul de Bonaire


Aliás, essa foi a mais bela visão do mergulho. Conseguir observar essas pequenas casas acima da linha d'água, mesmo estando a 20 metros de profundidade. Parece que estamos em outro mundo, uma mistura de Avatar e de Waterwold. Impressionante! Um dos mais belos e interessantes mergulhos dessa viagem!

Peixe-anjo em mergulho no South Pier, no sul de Bonaire

Peixe-anjo em mergulho no South Pier, no sul de Bonaire


Cardume em mergulho em South Pier, no sul de Bonaire

Cardume em mergulho em South Pier, no sul de Bonaire


Amanhã é dia de seguirmos para a parte norte da ilha, onde o recife é mais inclinado e as profundidades são maiores. É lá também que está o Parque Nacional que protege boa parte da flora e fauna da ilha. Vamos conferir!

Saino da água após mergulho em South Pier, no sul de Bonaire

Saino da água após mergulho em South Pier, no sul de Bonaire

Bonaire, Kralendijk, Mergulho

Veja todas as fotos do dia!

Quer saber mais? Clique aqui e pergunte!

Post anterior Admirado com o lincrível pôr-do-sol em Kralendijk, em Bonaire

Bonaire

Post seguinte Lago próximo à cidade de Rincon, na parte norte de Bonaire

O Norte da Ilha

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet