0 Queulat - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Queulat - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Queulat

Chile, Coyhaique, La Junta

A incrível visão do Vetisquero Colgante e das cachoeiras que nascem nessa geleira, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

A incrível visão do Vetisquero Colgante e das cachoeiras que nascem nessa geleira, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile


Nossa viagem pela Carretera Austral até Coyhaique, além de todas as belezas descritas nos posts, foi também de muita poeira. Na verdade, poeira para quem fica para trás, o que raramente era o caso da Fiona, uma das grandes vantagens de se estar em um carro alto. Entre os que ficavam para trás, poucos carros, pois esses eram mercadoria rara nesse trecho sul da Carretera. Muito mais comuns eram os valentes ciclistas. É claro que ao cruzar com eles, no mesmo sentido ou vindo na direção oposta, nós diminuíamos a marcha para levantar o mínimo possível de pó. Mas os outros carros não pareciam se importar muito...

Uma grande obra de engenharia liga Puerto Aysen, o principal porto nessa região do sul do Chile, com as cidades da Carretera Austral

Uma grande obra de engenharia liga Puerto Aysen, o principal porto nessa região do sul do Chile, com as cidades da Carretera Austral


Uma grande obra de engenharia liga Puerto Aysen, o principal porto nessa região do sul do Chile, com as cidades da Carretera Austral

Uma grande obra de engenharia liga Puerto Aysen, o principal porto nessa região do sul do Chile, com as cidades da Carretera Austral


São muitas as diferenças, vantagens e desvantagens entre viajar por aqui de bicicleta ou de Fiona. Entre as grandes vantagens do carro, além do conforto, está o maior raio de ação e exploração, principalmente quando o tempo é uma variável importante. Por exemplo, quando encontramos uma estrada lateral e ficamos curiosos para ver o que há no fim dela, podemos nos dar ao luxo de perder uma hora indo até lá e voltando. Se estivéssemos de bicicleta, poderia ser um dia para ir e outro para voltar... Com o tempo apertado, nem pensar!

Pequenos barcos em marina de Puerto Aysen, o principal porto nessa região do sul do Chile

Pequenos barcos em marina de Puerto Aysen, o principal porto nessa região do sul do Chile


Navio da Navimaq, a empresa que faz a ligação entre as cidades costeiras do sul do Chile (em Puerto Aysen, o principal porto nessa região do sul do Chile)

Navio da Navimaq, a empresa que faz a ligação entre as cidades costeiras do sul do Chile (em Puerto Aysen, o principal porto nessa região do sul do Chile)


Foi o que aconteceu no início da nossa jornada de hoje. Daqui para o norte, o asfalto já é bem mais comum, mais de um terço de todo o percurso até Puerto Montt. Isso quer dizer que, a bordo da Fiona, ficamos ainda mais ágeis. Então, apesar das centenas de quilômetros e passeios que tínhamos planejado para o dia, ainda resolvemos fazer um detour e dirigir até Puerto Aysen, já bem fora da Carretera Austral e principal porto da região. A estrada que liga a cidade a Coyhaique é bem mais antiga que a própria Carretera Austral e já é toda asfaltada. Ela até inclui uma das maiores pontes de todo o país e que atravessa o rio que dá nome a toda essa região: o rio Aysén.

Cada vez mais pertos do início da Carretera Austral, em Puerto Montt, no sul do Chile

Cada vez mais pertos do início da Carretera Austral, em Puerto Montt, no sul do Chile


Na Carretera Austral, no sul do Chile, a primeira placa a mostrar a distância para Santiago e as cidades do norte. Nós já estivemos nas três últimas da lista!

Na Carretera Austral, no sul do Chile, a primeira placa a mostrar a distância para Santiago e as cidades do norte. Nós já estivemos nas três últimas da lista!


Puerto Aysén foi a principal cidade aqui da patagônia norte chilena por mais de meio século, mas acabou superada por Coyhaique e até perdeu o título de capital para ela na década de 70. O assoreamento do porto, que teve de ser deslocado para a boca do fiorde, também não ajudou. Hoje, é o turismo, principalmente ligado à Laguna de San Rafael, uma das principais forças econômicas da cidade. A outra é a indústria salmoneira que se instalou recentemente na cidade. Para nós, foi um rápido e interessante passeio, possibilitado pelo asfalto e pelas rodas ágeis da Fiona.

Carretera Austral ao norte de Coyhaique. Asfalto e cada vez mais verde e umidade

Carretera Austral ao norte de Coyhaique. Asfalto e cada vez mais verde e umidade




Nossa próxima “escala”, agora já de volta à Carretera Austral, foi o Lago Las Torres, uma Reserva Nacional. Aí, encontramos uma área ao lado da estrada que nos serviu de mirante para o lago e também para “lancharmos” o nosso almoço, numa espécie de piquenique. Estávamos apenas nos preparando para a principal atração do dia: o Parque Nacional Queulat.

Um dos muitos rios ao longo da Carretera Austral ao norte de Coyhaique, no sul do Chile

Um dos muitos rios ao longo da Carretera Austral ao norte de Coyhaique, no sul do Chile


O belo lago Las Torres, na Carretera Austral, ao norte de Coyhaique. Foi em um mirante com vista para esse lago que lanchamos durante a viagem de hoje pelo sul do Chile

O belo lago Las Torres, na Carretera Austral, ao norte de Coyhaique. Foi em um mirante com vista para esse lago que lanchamos durante a viagem de hoje pelo sul do Chile


O asfalto da estrada termina justamente antes de chegarmos a este belo parque. Não por dificuldades técnicas da estrada, mas para ajudar na conservação dessa linda área de florestas, lagos e geleiras. A vegetação é simplesmente exuberante, resultado de uma das maiores precipitações pluviométricas do país. Para quem já viajou pelas areias do Deserto de Atacama, realmente é difícil acreditar que estamos no mesmo país.

Nossa primeira visão do Vetisquero Colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

Nossa primeira visão do Vetisquero Colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile


Um dos muitos riachos no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

Um dos muitos riachos no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile


Apesar da grande área, o parque tem poucas trilhas para facilitar o seu acesso. A ideia é mesmo a preservação e não o turismo. Nossa ideia original era fazer pelo menos duas das trilhas, mas desanimamos um pouco quando chegamos à cabeceira de uma delas, ao lado da estrada. Uma trilha através da mata úmida segue o Rio de Las Cascadas e 30 minutos de caminhada nos levam a um local cheio de cachoeiras. Mas quando chegamos à trilha, várias vans lotadas de turistas disputavam espaço para estacionar. Mal acostumados que estamos em ver muita natureza e pouca gente, aquilo foi um choque para nós e resolvemos seguir adiante. A principal atração do parque era a trilha seguinte e para lá nos dirigimos.

Enorme ponte pênsil em trilha no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

Enorme ponte pênsil em trilha no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile


Enorme ponte pênsil em trilha no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

Enorme ponte pênsil em trilha no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile


O rio que nasce no Vetisquero colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

O rio que nasce no Vetisquero colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile


O estranho é que, nessa segunda trilha, justamente a mais popular do parque, quase não havia ninguém. Ou tivemos sorte aqui ou azar na anterior. Enfim, deixamos a Fiona no estacionamento e saímos a esticar as pernas e respirar ar puro. Entro rios e florestas.

Tempo para descanso em trilha do Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

Tempo para descanso em trilha do Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile


Flores na densa vegetação do Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

Flores na densa vegetação do Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile


A trilha leva a um mirante para o chamado “Ventisquero Colgante”, ou “geleira pendurada”. Não muito tempo atrás, essa geleira descia um enorme paredão, mas ela vem retrocedendo a olhos vistos e hoje boa parte da parede de rocha já está exposta. O gelo pode estar lá encima, mas a água derretida continua descendo, formando duas belíssimas cachoeiras. No meio daquela mata toda, o cenário é típico de filmes como “O Senhor dos Anéis”, uma grandiosidade de tirar o fôlego.

A enorme cachoeira que nasce no Vetisquero Colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

A enorme cachoeira que nasce no Vetisquero Colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile


Mirante do Vetisquero Colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

Mirante do Vetisquero Colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile


Do ponto onde estacionamos o carro, uma trilha de 200 metros leva a um mirante para se observar esse espetáculo. Até aí segue boa parte dos turistas. Mas há uma trilha mais longa, pouco mais de 3 km de extensão, que cruza o rio numa enorme ponte pênsil e sobe a encosta do outro lado, dá uma volta em um morro e nos leva até um mirante muito mais próximo do espetáculo. Até lá fomos e ficamos uma boa meia hora nos extasiando com aquele cenário maravilhoso, quase inacreditável, diante dos nossos olhos. Foi mais do que o suficiente para esquecermos por completo a tal trilha das cachoeiras que havíamos deixado para trás...

Três quilômetros de trilhas nos levam a esse belo mirante para o Vetisquero Colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

Três quilômetros de trilhas nos levam a esse belo mirante para o Vetisquero Colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile


A geleira conhecida como Vetisquero Colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

A geleira conhecida como Vetisquero Colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile


Dia quase completo, seguimos viagem até a pequena La Junta, que apesar de não aparecer no GoogleMaps, existe e nem é tão pequena assim. Tem esse nome porque fica numa encruzilhada de estradas e é famosa aqui no país por ainda manter um belo monumento em homenagem ao antigo ditador Augusto Pinochet, principal responsável pela construção da Carretera Austral. Amanhã, teremos mais um longo dia. Mas ao invés de rios, florestas e geleiras, o que nos espera são termas de água quente e um dos vulcões mais ativos do país.

Três quilômetros de trilhas nos levam a esse belo mirante para o Vetisquero Colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

Três quilômetros de trilhas nos levam a esse belo mirante para o Vetisquero Colgante, no Parque Nacional Queulat, na Carretera Austral, no sul do Chile

Chile, Coyhaique, La Junta, trilha, Parque, Patagônia, Carretera Austral, Puerto Aysén, lago Las Torres, Ventisquero Colgante, Parque Nacional Queulat

Veja todas as fotos do dia!

Não nos deixe falando sozinhos, comente!

Post anterior Delicioso jantar feito pela Ana acompanhado de bom vinho em nosso chalé em Coyhaique, a maior cidade ao longo da Carretera Austral, no sul do Chile

Um Tempo em Coyhaique

Post seguinte Florestas verdejantes e rios formam o cenário da Carretera Austral na região de La Junta, no sul do Chile

Termas e Vulcões

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet