0 Praia Haitiana e Churrasco Brasileiro - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Praia Haitiana e Churrasco Brasileiro - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Praia Haitiana e Churrasco Brasileiro

Haiti, Port-au-Prince, Cabaret

A linda praia de Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

A linda praia de Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti


Nosso plano original, quando viemos ao Haiti, era passar dois dias na capital e depois seguir para a cidade de Jacmel, na costa sul. Duas décadas atrás, quando o Haiti ainda fazia parte das rotas dos viajantes, ela era um grande polo turístico, por sua história e arquitetura. Seria uma viagem rápida para nós, pois já estávamos com a passagem aérea comprada para o norte do país, para a manhã do dia 24. Mas Jacmel não é tão longe de Port-au-Prince e imaginamos que daria tempo.

O trânsito sempre complicado de Port-au_Prince, capital do Haiti

O trânsito sempre complicado de Port-au_Prince, capital do Haiti


Nas ruas de Port-au-Prince, no Haiti, muito equilíbrio na cabeça

Nas ruas de Port-au-Prince, no Haiti, muito equilíbrio na cabeça


Bom, acho que tempo, daria mesmo. Aliás, foi para lá que seguiu o nosso amigo viajante italiano, na manhã de hoje. Mas algumas horas de conversas e interações com o Eric e a Lana, os donos do hotel Le Perroquet, onde estamos hospedados, nos fizeram mudar de ideia. Eles nos convenceram a fazer um caminho alternativo e seguir com eles para passar o dia de hoje numa praia aqui perto, ao norte da cidade de Cabaret, a antiga Duvalierville. Pois é, domingão combina mais com praia do que com rodoviária e ônibus lotados. Além do mais, eles até nos ofereceram uma carona para lá. Com isso, a bela Jacmel ficou para nossa próxima viagem ao Haiti e lá fomos nós, junto com o casal amigo, todos no carro de uma outra amiga, rumo á praia. Atravessamos a bagunça do centro da cidade pela primeira vez, suas ruas de trânsito caótico, nossos olhos ávidos em captar cada detalhe, e seguimos em boa estrada para a praia.

A deliciosa e pacata praia de Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

A deliciosa e pacata praia de Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti


A deliciosa e pacata praia de Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

A deliciosa e pacata praia de Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti


Atravessamos a pequena e movimentada Cabaret e um pouco mais para frente chegamos ao Hotel Obama, uma homenagem de seu proprietário ao presidente americano, que ele tanto admira. O hotel está de frente à praia e aí fomos passar o dia. Na verdade, o dia e a noite, se quiséssemos. O Eric e a Lana planejavam ficar por lá e voltar no dia seguinte. A Elise, a dona do carro, voltaria hoje mesmo, e nós éramos benvindos a voltar com quem quiséssemos. Com nossas coisas lá no Le Perroquet, o Eric apressou-se em dizer que, caso ficássemos na praia, ele não cobraria a diária de hoje no seu hotel.

Jangada singra os mares perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

Jangada singra os mares perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti


Ao chegar na beira da praia, deparamo-nos com uma beleza digna de cartão postal. O mar com aquela cor indefinível entre o verde e o azul e a praia de pequenas pdedras branas, ao invés de areia. Águas tranquilas e quentes. Em qualquer outo lugar do mundo, esperaríamos encontrar a praia cheia, mas aqui, a lana e o eric haviam nos dito que era sempre vazio. Pois é, eles erraram. Nunca tinham estado no Obama Hotel num domingão. Bom, a praia não estava cheia mesmo, mas o pátio do hotel, em frente ao mar, estava bem movimentado. E o cheiro de churrasco logo denunciou de onde eram todas aquelas pessoas...

Encontro com brasileiros (e com um legítimo churrasco!) na praia Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

Encontro com brasileiros (e com um legítimo churrasco!) na praia Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti


Um verdadeiro churrasco brasileiro na praia Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

Um verdadeiro churrasco brasileiro na praia Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti


Pois é, um grande grupo de brasileiros preparava um saboroso e cheiroso churrasco enquanto se lubrificavam com cerveja gelada, a deliciosa Prestige. A surpresa deles foi ainda maior que a nossa de encontra-los, quando nos identificamos como compatriotas. Conforme já havíamos imaginado, eram todos militares, membros das forças de paz da ONU. São do batalhão de engenharia, responsável por várias obras de infraestrutura no país.

Confraternização com militares brasileiros da força de paz da ONU, na praia Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

Confraternização com militares brasileiros da força de paz da ONU, na praia Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti


Brasão do batalhão de engenharia brasileira no MINUSTAH, as forças de paz da ONU no país (perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti)

Brasão do batalhão de engenharia brasileira no MINUSTAH, as forças de paz da ONU no país (perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti)


A partir do momento que souberam que éramos brasileiros, passaram a nos mimar sem parar. Além da cerveja, fomos alimentados com um legítimo churrasco brasileiro, pois até os cortes eram nacionais. Carne trazida diretamente do Brasil! Carne brasileira, churrasqueira brasileira, churrasqueiros brasileiros, farinha brasileira, não queríamos mais nada!

Confraternização com militares brasileiros da força de paz da ONU, na praia Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

Confraternização com militares brasileiros da força de paz da ONU, na praia Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti


Eles nos contaram de sua rotina por aqui e nos convidaram para visitar a base brasileira. Vamos tentar fazer isso na terça, depois de amanhã. Foram horas de diversão com eles, gente vinda dos quatro cantos do Brasil, uma salada total de sotaques, piauienses, gaúchos e cariocas na mesma roda de conversa, música para nossos ouvidos. Entre uma cerveja e outra, entre uma carne e outra, entre uma história e outra, deliciosos e refrescantes mergulhos naquele mar paradisíaco.

Confraternização com militares brasileiros da força de paz da ONU, na praia Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

Confraternização com militares brasileiros da força de paz da ONU, na praia Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti


Além dos brasileiros, o maior grupo, também haviam paraguaios, argentinos e uruguaios por ali. Cada um em seu grupo, todos aproveitando o dia de folga na difícil rotina que têm por aqui. Conversamos com vários deles, mas o dia era mesmo dos brasileiros. Dos brasileiros e dos nossos simpáticos e interessantes amigos haitianos, além da Lana, claro! Tão gostoso estava tudo por lá que não titubeamos em decidir dormir por ali mesmo, agora na tranquilidade total do hotel depois que todos se foram, para suas casas ou bases.

Tarde gostosa com amigos no hotel Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

Tarde gostosa com amigos no hotel Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti


Com o Eric, numa tarde gostosa com os amigos no hotel Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

Com o Eric, numa tarde gostosa com os amigos no hotel Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti


O jantar foi delicioso, apenas os dois casais no hotel, além de uma energética americana que trabalha para uma ONG no país. No dia seguinte, o café da manhã seguiu o mesmo padrão de qualidade e tranquilidade e nós tivemos tempo o suficiente para ficarmos amigos também dos funcionários e do simpático proprietário, aquele que é fã do Obama.

Nadando pela primeira vez nas águas quentes e caribenhas do litoral do Haiti, perto de Cabaret, antiga Duvalierville

Nadando pela primeira vez nas águas quentes e caribenhas do litoral do Haiti, perto de Cabaret, antiga Duvalierville


A Ana tem todo o mar para si na praia Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

A Ana tem todo o mar para si na praia Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti


Fim de tarde na praia de Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

Fim de tarde na praia de Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti


Eram onze da manhã quando chegou no hotel o carro chamado pelo Eric para nos levar de volta à Port-au-Prince. Depois de tanta vida mansa e mordomia, estava mais do que na hora de vermos o outro Haiti, aquele que estamos acostumados a ver na TV. Chega de mares paradisíacos, rumo aos mercados lotados e ruas barulhentas, enfim, o Haiti que viemos conhecer....

Com um dos simpáticos funcionários do Hotel Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

Com um dos simpáticos funcionários do Hotel Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

Haiti, Port-au-Prince, Cabaret, Praia

Veja todas as fotos do dia!

Diz aí se você gostou, diz!

Post anterior Dirigindo pelas ruas de Cap-Haitien, a segunda maior cidade do Haiti

Haiti: Passado, Presente e...

Post seguinte O movimentado mercado de Cabaret, antiga Duvalierville, ao norte de Port-au-Prince, no Haiti

Choque de Realidade

Blog da Ana A linda praia de Obama, perto de Cabaret, antiga Duvalierville, no litoral central do Haiti

Obama Beach

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet