0 Curtindo Little Cayman - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Curtindo Little Cayman - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Curtindo Little Cayman

Ilhas Caiman, Little Cayman

Chegando à ilhota de caiaque, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Chegando à ilhota de caiaque, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Como ontem, começamos o dia de hoje mergulhando. Ainda aproveitando a calmaria do vento, que faz a alegria dos mergulhadores e a tristeza dos kitesurfistas, tivemos nova oportunidade de mergulhar na Bloody Bay, do outro lado da ilha. Com vento, o mar fica quase intrafegável neste lugar e os mergulhos acabam sendo feitos na parte protegida da ilha, longe da parede que é o melhor lugar para se mergulhar. Mas sem vento, esse é o lugar! E para aí seguimos. Mas, foi cair na água e tentar ligar nossa nova máquina que descobrimos que eu não tinha carregado a bateria durante a noite. Resultado: mergulho maravilhoso, mas sem fotos...

Animada para uma sessão de caiaque na  baía em frente ao nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Animada para uma sessão de caiaque na baía em frente ao nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


A Ana aproveita o fim de tarde para remar na baía em frente ao nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

A Ana aproveita o fim de tarde para remar na baía em frente ao nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Hoje, resolvemos mergulhar apenas duas vezes, para poder aproveitar também o pedaço da ilha acima da água. Assim, logo que retornamos ao píer do resort, lá estavam a Isabelle e o Paul nos esperando, para nos levar de volta ao Sunset Cove. Os dois são ótimos e nos levam de carro para lá e para cá, quando precisamos. A isabelle voltou ontem para cá, depois de fazer um curso da Cruz Vermelha em Grand Cayman. Ela é voluntária dessa organização e, se passar um furacão por aqui, será a responsável da Cruz vermelha por toda Little Cayman. A Ana já pegou várias dicas com ela, já que quer se voluntariar por alguns dias quando passarmos pelo Haiti.

Voltando à terra firme depois de remar pelo entardecer na baía em frente ao nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Voltando à terra firme depois de remar pelo entardecer na baía em frente ao nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Enfim, voltamos para nosso hotel para aproveitar um pouco desse pedaço de paraíso que tanto nos lembra da nossa querida Ilha do Mel, onde nos casamos. Não contei no post anterior, mas ontem, no final de tarde, já deu para curtir bastante o local. A Ana saiu de caiaque pela baía à nossa frente e assistiu ao pôr-do-sol lá da água mesmo. Um verdadeiro espetáculo! Eu vi tudo do píer mesmo, cenário paradisíaco, o sol se pondo no fundo e garças cruzando a baía para se reunirem todas numa árvore aqui perto, onde passam a noite.

Preparando churrasco no início da noite no Sunset Cove, nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Preparando churrasco no início da noite no Sunset Cove, nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Em volta da fogueira no Sunset Cove, nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Em volta da fogueira no Sunset Cove, nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Meia hora mais tarde e o Paul já acendia a fogueira ao redor da qual confraternizamos com o casal de ingleses, o Johnny e a Gil, além do próprio Paul e a Isabelle. Uma delícia! Um pouco antes, a Isabelle ainda fez um churrasco de salsichas para comermos todos uns cachorros-quentes. Sob o céu estrelado, conversamos bastante sobre kite, mergulhos, viagens, pousadas em ilhas paradisíacas e sonhos. Muito joia.

A inglesa Gil entra no mar em frente ao nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

A inglesa Gil entra no mar em frente ao nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Voltando ao dia de hoje, dessa vez eu também me animei em sair de caiaque. Fomos eu e a Ana num barco duplo, remando cerca de uma milha para chegar até uma pequena ilhota no meio da baía. Aí, uma pequena praia nos deu as boas vindas, suas areias brancas mergulhando gentilmente nas águas azul-esverdeadas do mar caribenho que a rodeia. Cenário idílico de filme!

Chegando à praia idílica de caiaque, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Chegando à praia idílica de caiaque, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Passamos um tempo gostoso por aí e difícil foi tomar a decisão de ir embora sem saber se ou quando voltaríamos ali. O que nos animava era que outro pôr-do-sol maravilhoso nos esperava no píer, devidamente acompanhado da cerveja gelada que compramos quando chegamos à ilha.

Praia paradisíaca em pequena ilha na costa de Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Praia paradisíaca em pequena ilha na costa de Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Esses momentos incríveis, lá no píer, passamos outra vez na companhia agradável e interessante do Johnny e da Gil. Os dois tem mais de 50 anos mas tem, especialmente ela, aparência e corpo de 30. Segundo ela, fruto da dieta de brócolis, champagne (de boa qualidade!), muita salada, ausência de trigo e derivados, além de temporadas de kitesurf.

Admirando e explorando pequena praia em ilha na costa de Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Admirando e explorando pequena praia em ilha na costa de Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Mar caribenho em paraia de ilha na costa de Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Mar caribenho em paraia de ilha na costa de Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Ficamos tão interessados que ela até ofereceu o jantar de hoje, com vegetais trazidos diretamente da Inglaterra, ainda frescos! Só ficou meio triste por não ter trazido o champagne. Nosso quarto de hotel tem uma mini-cozinha e ela rapidamente providenciou uma salada com frango e brócolis. Ficou uma delícia! A Gil, em muitos aspectos, incluindo esse de ter feito rapidamente uma salada deliciosa, nos lembrou muito da minha querida cunhada Íris. Engraçado que o Johnny também lembrava um pouco o Pedro, meu irmão. Será a saudade que está me fazendo ver parentes a torto e a direito? Até a minha mãe nós “vimos” outro dia. Só foi meio estranho porque foi embaixo d’água, coisa que jamais imaginei minha mãe fazer, hehehe. Mas não foi só eu que vi, não! Logo que saímos da água, a Ana disse: “Nossa! Aquela senhora parecia a Dona Nilza!”.

Praia paradisíaca em pequena ilha na costa de Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Praia paradisíaca em pequena ilha na costa de Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Hora de remar de volta ao hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Hora de remar de volta ao hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Bom, assim terminou nosso segundo dia inteiro nesse lugar maravilhoso, uma boa conversa noite adentro acompanhado de comida bem sadia. Amanhã cedinho, começamos nova etapa da viagem. Voo rápido para Grand Cayman e de lá para Cuba, a ilha do Fidel. Vamos nos encontrar já no aeroporto com o Rafa e a Laura, que chegam do Brasil. Todos ansiosos para viajar por esse belo país que tenta combinar a utopia comunista com as necessidades do capitalismo. Vamos ver as quantas anda esse experimento...

Admirando o espetáculo diário do pôr-do-sol em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Admirando o espetáculo diário do pôr-do-sol em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Ilhas Caiman, Little Cayman, Praia

Veja todas as fotos do dia!

Não se acanhe, comente!

Post anterior Incrível mergulho no Marilyn's Cut, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Mergulho Top no Caribe

Post seguinte A charmosa Plaza Vieja, no centro de Havana, capital de Cuba

De Volta à Cuba

Blog da Ana Grandes esponjas nas pareds do Randy's Gazeboo, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Huuuge Wall

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 27/06/2013 | 09:40 por Paulo Pereira

    Show de bola:)

    Lugar paradisíaco.

    Resposta:
    Oi Paulo

    Pois é, nós ADORAMOS Little Cayman, um verdadeiro tesouro Escondido no cantinho do Caribe


    Um abs

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet