0 Pessoas, Mirantes, Terremotos e Anjos - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Pessoas, Mirantes, Terremotos e Anjos - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Pessoas, Mirantes, Terremotos e Anjos

Brasil, Minas Gerais, Januária (P.N Cavernas do Peruaçu)

Mirante do Brejo do Amparo, próximo à Januária - MG

Mirante do Brejo do Amparo, próximo à Januária - MG


Com a visita ao Parque do Peruaçu assegurada para amanhã, tratamos de aproveitar ao máximo o dia de hoje, dirigindo pela estrada de terra que cruza o parque e seus diferentes ecossistemas e as regiões e comunidades em seu entorno.

Estrada no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Estrada no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG


Algumas comunidades ainda vivem dentro da APA que circunda o parque. Desde vaqueiros até crianças em escolas. A proximidade e contato com essas pessoas nos faz lembrar de um Brasil que julgamos só existir em livros e novelas, principalmente quando vivemos na cidade grande, "no esquema escola-cinema-clube-televisão" (como dizia um dos grandes poetas da minha geração).

Vaqueiro no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Vaqueiro no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG


Crianças no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Crianças no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG


Escola no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Escola no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG


Uma coisa chocante de ver, também muito próximo da área do parque, foram as diversas ruínas de casas destruídas por terremotos que assolaram a região há cerca de dois anos. Terremotos? Isso mesmo! Inclusive, a única vítima fatal de terremoto em território brasileiro que se tem notícia foi aqui. Uma pobre criança, morta nos escombros da casa desabada de sua família. O governo estadual agiu rápido e assentou as famílias que perderam suas casas em Itacarambi, um município próximo. Hoje em dia, essas famílias mantêm as casas novas mas, aos poucos, voltam às antigas propriedades, onde também têm espaço para uma pequena roça. Mas a visão dos escombros ainda hoje são uma lembrança de que o Brasil, apesar da propaganda, não é à prova de terremotos...

Ruínas do terremoto brasileiro, no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Ruínas do terremoto brasileiro, no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG


Depois dessa visão inesperada, seguimos para uma muito mais agradável: um mirande de onde se pode admirar toda a região. A vegetação varia da caatinga ao cerrado, passando pela floresta seca. Ao longe, pode-se ver o São Francisco, cortando a planície.

Mirante no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Mirante no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG


E foi para lá que seguimos, em plena Itacarambi, observar o Velho Chico mais de perto. Ao contrário de Januária, aqui o rio não tem ilhas e tem um visual muito mais clean e bonito. Diversos barcos navegavam por ali e pessoas se refrescavam em suas águas. Nós também ficamos com vontade, inclusive de pousar na cidade mesmo. Havia uma pousada super charmosa em frente ao rio e o ar mais interiorano das ruas e praças era bem tentador.

Barco solitário sobe o Rio São Francisco, na cidade de Itacarambi - MG

Barco solitário sobe o Rio São Francisco, na cidade de Itacarambi - MG


Mas ainda tínhamos um último programa para o dia: visitar a Gruta dos Anjos, localizada no alto do morro de Brejo do Amparo, um distrito histórico de Januária, também muito charmoso e cheio de botecos e casario antigo. O carro fica estacionado ao lado do campo de futebol e a gente sobe por uma trilha uns 20 min, até o alto do morro. De lá, podemos admirar o próprio distrito, a cidade de Januária a poucos quilômetros dali e o sempre presente São Francisco.

Mirante do Brejo do Amparo, próximo à Januária - MG

Mirante do Brejo do Amparo, próximo à Januária - MG


Depois, entramos na caverna que, para a minha surpresa, é quente! Normalmente, as cavernas são frescas, mantém temperatura constante ao longo do dia e do ano. mas essa, no alto do morro, mais perto do sol, é quente mesmo. Além disso, por ser de fácil acesso, tem a entrada toda pichada. Uma tristeza... Mas, uma vez vencido o primeiro salão, que é até onde a grande maioria das pessoas sem equipamentos consegue chegar, chegamos à uma párte da caverna razoavelmente intacta. Ali, ficamos admirando as formações, matando a saudade de cavernas, passando um pouco de calor e treinando técnicas de fotografias.

Com nosso guia Rosivaldo em um salão da Gruta dos Anjos, em Brejo do Amparo - Januária (MG)

Com nosso guia Rosivaldo em um salão da Gruta dos Anjos, em Brejo do Amparo - Januária (MG)


Foi um belo, variado e instrutivo dia. Tudo em preparação para o grande amanhã quando, com quinze anos de atraso, vou (vamos) conhecer a caverna do Janelão, uma das mais belas e imponentes do mundo! Mal posso esperar...

Uma Ana é pouco, duas é bom e três é melhor ainda, Gruta dos Anjos, em Brejo do Amparo - Januária (MG)

Uma Ana é pouco, duas é bom e três é melhor ainda, Gruta dos Anjos, em Brejo do Amparo - Januária (MG)

Brasil, Minas Gerais, Januária (P.N Cavernas do Peruaçu), Parque, Caverna, Rio São Francisco

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior Parque do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Autorização Para Entrar no Peruaçu

Post seguinte Rio Peruaçu, no interior da Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Espetacular!!!

Blog da Ana Vaqueiro no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Peruaçu e seus arredores

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 08/02/2011 | 00:03 por rafa

    nossa essa gruta e linda mesmo eu tive o previlegio de estar nela por varias vezes!!!!!!!

    Resposta:
    Oi Rafa
    É bonita mesmo! Pena que haja pichações na entrada e próximo a ela. Mas, mais no fundo, felizmente, ainda está intacta. Esperemos que continue assim, pois a gruta é um patrimônio de todos, mas principalmente do município e do povo de lá.
    Um abraço

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet