0 La Paloma ou La Pedrera? - Blog do Rodrigo - 1000 dias

La Paloma ou La Pedrera? - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

La Paloma ou La Pedrera?

Uruguai, La Pedrera

A vasta praia de La Pedrera, no litoral do Uruguai

A vasta praia de La Pedrera, no litoral do Uruguai


Ontem de tarde, depois do nosso almoço tardio na praia que tinha o sugestivo nome de Bikini, em Punta del Este, retomamos nossa viagem rumo ao litoral leste do Uruguai. Já estamos com hotel reservado para as próximas duas noites, em Cabo Polonio, mas faltava decidir onde dormiríamos ontem e passaríamos o dia de hoje. Só sabíamos que queríamos chegar à costa leste e a dúvida era entre La Paloma e La Pedrera, as melhores opções ao sul do nosso destino de amanhã, Cabo Polonio.



Nosso GPS teimava em nos mandar de volta à rodovia principal, que segue um pouco mais afastada do mar e liga Montevideo a Rocha, mas a gente queria mesmo era ficar perto do oceano. Seguimos pela estrada mais simples, mas admirando de perto o belo litoral do país. A estrada perdeu o asfalto e finalmente chegou à laguna Garzon. Aí, é preciso uma pequena balsa para atravessar o canal que liga o mar à lagoa.

Chegando à bela Laguna Garzon, a meio caminho entre Punta del Este e La Pedrera, no litoral do Uruguai

Chegando à bela Laguna Garzon, a meio caminho entre Punta del Este e La Pedrera, no litoral do Uruguai


Laguna Garzon, a meio caminho entre Punta del Este e La Pedrera, no litoral do Uruguai, ideal para a prática de kitesurf

Laguna Garzon, a meio caminho entre Punta del Este e La Pedrera, no litoral do Uruguai, ideal para a prática de kitesurf


Essa lagoa é muito popular para quem gosta de praticar esportes que dependem do vento a da água ao mesmo tempo. Estou falando dos windsurfistas e, principalmente, dos kitesurfistas. O vento praticamente não para nessa área, principalmente do meio da tarde em diante, e o calor do verão torna o cenário quase perfeito.

Windsurfistas e kitesurfistas disputam espaço na Laguna Garzon, a meio caminho entre Punta del Este e La Pedrera, no litoral do Uruguai

Windsurfistas e kitesurfistas disputam espaço na Laguna Garzon, a meio caminho entre Punta del Este e La Pedrera, no litoral do Uruguai


Kitesurfista aproveita o vento na Laguna Garzon, a meio caminho entre Punta del Este e La Pedrera, no litoral do Uruguai

Kitesurfista aproveita o vento na Laguna Garzon, a meio caminho entre Punta del Este e La Pedrera, no litoral do Uruguai


Por isso, tanta concorrência na água. Se fosse há duas décadas, acho que só veríamos os windsurfs. Mas o kitesurf, hoje, é o dono do pedaço. Com tanta procura, alguém teve a ideia de construir dezenas de pequenos chalés de madeira ao lado do lago, quase um pombal. É tudo o que os kitesurfistas querem. Para quê espaço dentro do quarto se tem todo o espaço do mundo fora dele? Então, trazem o pouco que necessitam e passam dias por ali, surfando e dançando com o vento, um verdadeiro espetáculo para quem, como nós, observa de uma distância segura.

Um verdadeiro paraíso de kitesurfistas na Laguna Garzon, a meio caminho entre Punta del Este e La Pedrera, no litoral do Uruguai

Um verdadeiro paraíso de kitesurfistas na Laguna Garzon, a meio caminho entre Punta del Este e La Pedrera, no litoral do Uruguai


Balsa para atravessar a Laguna Garzon, a meio caminho entre Punta del Este e La Pedrera, no litoral do Uruguai

Balsa para atravessar a Laguna Garzon, a meio caminho entre Punta del Este e La Pedrera, no litoral do Uruguai


Depois da simpática balsa, retomamos nosso caminho ao lado do mar, mas tivemos de nos render um pouco mais à frente, chegando na Laguna de Rocha. Essa é uma Reserva Natural e temos mesmo de contorná-la pelo interior, voltando à rodovia principal. Passamos rapidamente pela cidade, a principal da região, e pagamos a estrada em direção ao litoral. Até aí, era o mesmo caminho para nossas duas opções, La Paloma e La Pedrera. Mas chegamos á bifurcação e nesse ponto precisávamos decidir: qual das duas?

Trecho movimentado da praia de La Pedrera, no litoral do Uruguai

Trecho movimentado da praia de La Pedrera, no litoral do Uruguai


Eu já havia estado aqui há oito anos tinha uma vaga lembrança das duas cidades. La Paloma, apesar de pequena, é bem maior que La Pedrera. É também mais antiga e tradicional, atraindo mais famílias. La Pedrera, por outro lado, atrai uma população mais jovem e, de uma década para cá, acabou virando uma meca de surfistas.

A Ana caminha com a Ixa na praia de La Pedrera, no litoral do Uruguai

A Ana caminha com a Ixa na praia de La Pedrera, no litoral do Uruguai


O Rodrigo caminha com sua mãe na praia de La Pedrera, no litoral do Uruguai

O Rodrigo caminha com sua mãe na praia de La Pedrera, no litoral do Uruguai


As duas cidades transformam-se completamente no verão, multiplicando sua população permanente por dez. La Paloma passa de seus 3 mil para 30 mil. Lá Pedrera está uma ordem de grandeza par trás. Passa de 300 para 3 mil. Quando chegamos à bifurcação, já deu para ver o movimento enorme em La Paloma. Estava decidido: seguimos na direção contrária.

O Joca e a Ixa admiram o mar de La Pedrera, no litoral do Uruguai

O Joca e a Ixa admiram o mar de La Pedrera, no litoral do Uruguai


O nome de La Pedrera vem de um trecho bem rochoso do litoral que acaba separando a praia em duas. Não são rochas quaisquer, mas de um tipo bem especial, velhíssimas. Tem 500 milhões de anos, muito mais antigas que os dinossauros, do tempo da supercontinente de Pangeia. Entre elas, ou incrustados em suas formações, muitos fósseis. É a praia preferida dos geólogos e paleontólogos uruguaios!

Trecho rochoso do mar de La Pedrera, no litoral do Uruguai

Trecho rochoso do mar de La Pedrera, no litoral do Uruguai


O tempo não esteve firme na cidade enquanto estivemos aqui, desde o fim da tarde de ontem até a noite de hoje. Nuvens, vento e um pouco de chuva. Mas isso não impediu que a gente aproveitasse e saboreasse a praia e a maresia. Hoje pela manhã, por exemplo, demos uma bela caminhada na praia até esse trecho de pedras. O mar, conforme esperado, estava cheio de ondas, para alegria dos surfistas. Não só deles, mas também dos banhistas mais metidos e corajosos. No caso, nós! Foi uma delícia enfrentar as ondas e correntes do mar, algo que já não fazíamos há muito tempo. Se desconsiderarmos o mergulho em Montevideo, pois ali, na verdade, estamos ainda no Rio da Prata, o último mergulho havia sido no Chile, nas águas geladas da praia de Pichilemu ([< href="http://www.1000dias.com/rodrigo/despedida-do-oceano-pacifico/">post aqui), lá no Oceano Pacífico. Bem, não estou considerando a escapadinha que demos há duas semanas para o Ceará, pois ali foram férias dos 1000dias! De qualquer maneira, a temperatura da água, aqui, estava muito mais agradável do que no Chile (mas ainda bem distante das águas tépidas do Ceará!).

Enfrentando as ondas do mar agitado de La Pedrera, no litoral do Uruguai

Enfrentando as ondas do mar agitado de La Pedrera, no litoral do Uruguai


Um delicioso mergulho no mar de La Pedrera, no litoral do Uruguai

Um delicioso mergulho no mar de La Pedrera, no litoral do Uruguai


O ponto alto de nossa caminhada na praia foi quando encontramos um bom lugar para tomarmos caipirinha. Cada vez mais pertos do Brasil, esse bebida, nosso drinque nacional, já ficou bem mais fácil de ser encontrado. Nós encontramos e aproveitamos! Nada como o calor de uma caipirinha para contrabalanças o friozinho do vento incessante! Acompanhando tudo, merluza fresca e empanada. Como diriam os uruguaios: “muy rica!”.

Nossa 'base de apoio' na praia de La Pedrera, no litoral do Uruguai

Nossa "base de apoio" na praia de La Pedrera, no litoral do Uruguai


Com os pais, tomando deliciosas caipirinhas na praia de La Pedrera, no litoral do Uruguai

Com os pais, tomando deliciosas caipirinhas na praia de La Pedrera, no litoral do Uruguai


Por fim, aproveitamos bastante também o nosso hotel. Ele é deliciosamente decadente, quase charmoso por causa disso. Tem duas grandes piscinas, uma bem bonita, do lado de fora, e outra interna e aquecida. Praticamente vizinhas, apenas uma porta de vidro as separando. Então, a gente se aquecia na piscina interna, tomava coragem e corria para a piscina externa. Depois, quando voltávamos, a água da piscina aquecida parecia ainda mais quente. Uma delícia!

Em dia nublado, o Joca e a Ixa, pais do Rodrigo, em nosso hotel em La Pedrera, no litoral do Uruguai

Em dia nublado, o Joca e a Ixa, pais do Rodrigo, em nosso hotel em La Pedrera, no litoral do Uruguai


Em dia nublado, o Joca e a Ixa, pais do Rodrigo, em nosso hotel em La Pedrera, no litoral do Uruguai

Em dia nublado, o Joca e a Ixa, pais do Rodrigo, em nosso hotel em La Pedrera, no litoral do Uruguai


Enfim, foi um dia delicioso e relaxante. A Ana até teve uma sessão de osteopatia no hotel. Sairemos descansado daqui amanhã cedo, rumo ao ponto alto da nossa passagem pelo litoral uruguaio: o paraíso perdido de Cabo Polonio, onde não chegam nem carros nem luz elétrica. Mal podemos esperar! Só estamos cruzando os dedos para ver se o tempo melhora. Há de melhorar!

A bela piscina do nosso hotel em La Pedrera, no litoral do Uruguai

A bela piscina do nosso hotel em La Pedrera, no litoral do Uruguai

Uruguai, La Pedrera, Praia, Laguna Garzon, La Paloma

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior A Ana e seus sogros, o Joca e a Ixa, chegando a Punta del Este, no litoral do Uruguai

A Famosa Punta del Este

Post seguinte A cada meia hora, novo caminhão com turistas chega a Cabo Polonio, no litoral do Uruguai

Chegando e Saindo de Cabo Polonio

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 05/11/2018 | 22:32 por Helison Oliveira

    Olá, que deliciosa aventura contada nesse post! Estou buscando um hotel em lá pedrera para passar o ano novo, vocês teriam indicações?

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet