0 De Nova Petrópolis à São Joaquim - Blog do Rodrigo - 1000 dias

De Nova Petrópolis à São Joaquim - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

De Nova Petrópolis à São Joaquim

Brasil, Rio Grande Do Sul, Nova Petrópolis, Gramado, Santa Catarina, São Joaquim

Maravilhado com a gigantesca e milenar araucária na região de Nova Petrópolis - RS

Maravilhado com a gigantesca e milenar araucária na região de Nova Petrópolis - RS


Tiramos a manhã de hoje para passear na tranquila e simpática Nova Petrópolis, cidade na serra gaúcha a 30 km de Gramado. Cidade bem gostosa de ficar e eu não acharia nada mal passar uma semana por lá, curtindo o hotel Pousada das Neves, passeando pela praça florida da cidade, comendo em seus restaurantes saborosos.

Repolhos Ornamentais no jardim da praça central de Nova Petrópolis - RS

Repolhos Ornamentais no jardim da praça central de Nova Petrópolis - RS


Mas nós não temos uma semana pois temos de chegar em Curitiba na sexta de noite ou sábado cedo. Assim, fomos só conhecer a praça central cuja decoração é feita com repolhos! Isso mesmo, uma espécie de repolho decorativo, roxo ou branco, que fica tão bonito como flores. Muito interessante! Outra coisa que aprendi por ali foi sobre o padre alemão Theodor Amstel, que veio junto com outros imigrantes alemães no início do século passado e foi o fundador do cooperativismo no Brasil. Ele viveu na região de Nova Petrópolis e a cidade lhe fez uma justa homenagem na praça, com uma bela estátua.

Estátua em homenagem ao fundador do cooperativismo no Brasil, o padre alemão Theodor Amstel, em Nova Petrópolis - RS

Estátua em homenagem ao fundador do cooperativismo no Brasil, o padre alemão Theodor Amstel, em Nova Petrópolis - RS


De lá seguimos para um dos distritos do município, já em direção à Gramado, em busca de outra das grandes atrações de Nova Petrópolis: uma araucária multisecular, talvez até milenar, com um daqueles troncos em que é necessário muitos e muitos homens para abraçar. Foi, sem dúvida, o maior pinheiro que já vimos, uma árvore linda e imponente, que já estava por aqui muito antes dos portugueses e espanhóis chegarem ao Rio Grande. É emocionante estar perto de um ser vivo tão antigo e sábio, que tanto já viu. E pensar que deveriam haver dezenas e dezenas desses por aí, que foram derrubados sem dó nem piedade para se transformarem em casas, cercas, móveis e lenha de fogueira... Bom, pelo menos esse ficou, preservado pela família que tinha a propriedade onde ele está por muitas décadas. Hoje, ele é protegido por lei municipal e se transformou em ponto de visitação. Vale à pena, sem dúvida!

Placa informativa sobre a araucária multissecular, em Nova Petrópolis - RS

Placa informativa sobre a araucária multissecular, em Nova Petrópolis - RS


Continuamos nosso caminho para Gramado, onde fizemos algumas compras e pudemos passear pelo seu centro agora de dia, já que ontem já era noite quando ali chegamos vindos do Lago Negro. Os turistas passeiam para lá e para cá, entre as lojas de chocolate, restaurantes e atrações turísticas, como a igreja, museus, o Palácio dos Festivais (em reforma) entre outros. Aquela arquitetura típica da cidade nos faz pensar que estamos na Europa. Ou, quem sabe mais pertinho, em Campos do Jordão. Acho as duas cidades muito parecidas!

Como diria Napoleão, 'Do alto dessa árvore, dez séculos te contemplam!' (em Nova Petrópolis - RS)

Como diria Napoleão, "Do alto dessa árvore, dez séculos te contemplam!" (em Nova Petrópolis - RS)


Aí já era hora de fazer a longa viagem para São Joaquim, de volta à Santa e bela Catarina. Para evitar uma longa volta por estradas de asfalto, optamos por um atalho em estradas de terra. Já era noite quando cruzamos o rio que marca a fronteira entre os dois estados. Nesse caminho de chão, entre Bom Jesus, no Rio Grande, e São Joaquim, em Santa Catarina, a fronteira é marcada por duas longas pontes sobre uma confluência de rios. Muito legal, a noite estava clara e fria e parecia que éramos as únicas pessoas no mundo. Naquela hora, impossível fotografar o que víamos, pois já estava escuro. Lembranças que ficarão apenas na memória...

Todo mundo fica de olho no termômetro no inverno de Gramado - RS

Todo mundo fica de olho no termômetro no inverno de Gramado - RS


Interior de igreja em Gramado - RS

Interior de igreja em Gramado - RS


Enfim, quase nove da noite, chegamos à São Joaquim. Para quem estava fazendo um tour pelas cidades mais frias do Brasil, seria uma falha imperdoável não passar na mais fria de todas. Urubici tem temperaturas mais frias, mas apenas em sua área rural e, principalmente, no Morro da Igreja. Considerando apenas os centros urbanos, São Joaquim é 200 metros mais alta, a 1.350 metros de altitude. Isso se reflete em temperaturas mais baixas. Tanto que, quando chegamos, mesmo neste fim de frente fria, a temperatura já era de 1 grau e a madrugada prometia números negativos. Assim, foi só o tempo de comermos uma pizza na Taverna e corrermos para nosso quarto quentinho, no alto do Park Hotel. Amanhã, voltamos ao ponto de partida, nossa querida Curitiba.

Arquitetura típica em Gramado - RS

Arquitetura típica em Gramado - RS

Brasil, Rio Grande Do Sul, Nova Petrópolis, Gramado, Santa Catarina, São Joaquim,

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior O Lago Negro, em Gramado - RS

Gramado e Canela

Post seguinte Igreja de São Joaquim - SC

Saiu o Visto, Viva!!!

Blog da Ana Maravilhada com a gigantesca araucária na região de Nova Petrópolis - RS

O Jardim da Serra Gaúcha

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet