0 ... e Uma Tarde Memorável! - Blog do Rodrigo - 1000 dias

... e Uma Tarde Memorável! - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

... e Uma Tarde Memorável!

Bahamas, Long Island - Stella Maris

Se preparando para mergulhar no Dean's Blue Hole - Bahamas

Se preparando para mergulhar no Dean's Blue Hole - Bahamas


Está havendo um torneio com os melhores atletas do mundo em mergulho livre (só com o ar dos pulmões) no Dean's Blue Hole, no sul de Long Island. Todas as manhãs, por cerca de uma semana. Começou ontem. A nossa idéia era chegar lá para assistir ao finalzinho da sessão de hoje. Por isso a nossa saída tinha sido antecipada em uma hora, na noite anterior.

Foi cerca de uma hora de viagem, o Robert servindo de guia turístico. Estreita como é a ilha, às vezes enxergávamos o mar do lado esquerdo, às vezes do lado direito, às vezes dos dois lados. Passamos por pequenas e pacatas vilas, algumas com apenas uma dezena de casas. Todo mundo vendo a vida passar com aquele mar maravilhoso ali no quintal. E aí, finalmente, saímos da estrada principal em direção ao Blue Hole. Caminho todo sinalizado, pronto para receber o torneio internacional.

Lá chegando, a grande surpresa do dia. Eu vi uma moça bonita, biquini típico de brasileiras. E canga verde-amarela. Era muito parecida com a Carol, nossa professora de apnéia. Não, não podia ser! Ela era para estar em Cuba, guiando um grupo de mergulhadores. E, de lá, era para ir às Ilhas Cayman, para uma competição. Não podia ser ela. Mas... era!!! Que mundo pequeno!!! Quando chegamos, ela estava entrando num carro para voltar ao seu hotel. A Ana teve de sair correndo da nossa van e ir bater no vidro do carro onde ela estava. Um minutinho mais tarde que tivéssemos chegado e não a teríamos encontrado. Foi demais!!! Tanto para nós como para ela, que pode mostrar seus amigos e alunos brasileiros para os outros atletas, europeus e americanos. Tiramos fotos, fizemos mita festa e curtimos muito esse momento tão especial, não só do nosso dia mas de toda a viagem. Que legal que foi esse encontro!

Encontro com a Carol na competição de mergulho livre no Dean's Blue Hole - Bahamas

Encontro com a Carol na competição de mergulho livre no Dean's Blue Hole - Bahamas


Depois, fomos admirar essa verdadeira obra-prima da natureza que é o Blue Hole. Ele é uma pequena enseada dentro de outra enseada, que por si só já é uma praia linda, águas claras protegidas por um banco de corais e areias bem brancas. Pois bem, dentro dessa enseada, quase como um pequeno anexo, outra enseadinha, circular, com menos de 50 metros de diâmetro. Na borda, água bem clarinha, onde se vê o chão de areia. De repente, a água fica azul escura. É o abismo! Mais de 200 metros de profundidade. Nadar sobre ele dá até medo. Apesar da transparência da água, só vemos aquel azul bem escuro abaixo de nós. O que será que há lá embaixo?

Dean's Blue Hole - Long Island - Bahamas

Dean's Blue Hole - Long Island - Bahamas


E lá fomos nós explorar esse buraco. Primeiro, fazendo apnéia. Sem muito esforço, cheguei aos 20 metros. Só faltam 200 para o fundo!!! Não quis tentar ir mais fundo. Sem minha professora por perto, melhor me comportar. Falando em professora, ela já tinha chegado hoje aos 60 metros. E nos prometeu que, nos dias seguintes, iria a mais de 70! Com certeza vai! Está numa forma danada.

Em seguida, nos paramentamos para o mergulho com garrafas. Aí, acompanhados do Robert, do Doug (falo dele em outro post) e de outro americano, fomos até 35 metros de profundidade. Não é um mergulho onde vemos muita vida, mas achei fantástico. O Blue Hole é uma gigantesca caverna que vai ficando cada vez mais larga quanto mais fundo chegamos. E escura também. Mas tínhamos nossas lanternas. A nossa sensação de insignificância lá dentro é total. Total também é nossa admiração péla beleza peculiar do lugar, da água, da forma como a luz chega ali, filtrada, disfarçada e tênue. Lá de baixo, olhando para cima, ver a boca da caverna é uma visão quase mágica, a porta que nos leva de volta ao nosso mundo. Em poucas palavras, foi incrível e inesquecível.

Escalando para saltar no Blue Hole

Escalando para saltar no Blue Hole


Escalando para saltar no Blue Hole

Escalando para saltar no Blue Hole


De volta à superfície, ainda bricamos bastante nesse lugar cuja beleza é tão difícil de descrever. Até mesmo escalamos uma escada de cordas para, de 8 metros de altura, nos atirar no enorme buraco de mais de 200 metros de profundidade.

Saltando no Blue Hole - Bahamas

Saltando no Blue Hole - Bahamas


Saltando no Blue Hole - Bahamas

Saltando no Blue Hole - Bahamas


Saltando no Blue Hole - Bahamas

Saltando no Blue Hole - Bahamas


E a tarde ainda não estava completa. No caminho de volta, o nosso filósofo-motorista parou num barzinho super legal, na estrada. Um quiosque decorado com camisetas e placas de automóvel. Bem pitoresco. Ali, todos tomamos algumas long neck de Guiness, cerveja preferida do Robert, que é feita aqui mesmo nas Bahamas. A mesma Guiness famosa da Irlanda. Uma delícia!!! Eu e a Ana batendo o maior papo com os outros hóspedes que foram conosco, alguns para mergulhar, outros só para passear. Pessoas interessantes e sempre interessadas na nossa viagem de 1000 dias. São perguntas e mais perguntas, muita admiração e novos leitores do nosso site, que em breve terá aquela ferramenta de tradução do google. Vamos ficar internacionais!!! Falando nisso, o nosso inglês está cada vez menos enferrujado e mais fluente. Principalmente depois de algumas Guiness tão inspiradoras. Fechando com chave de ouro uma tarde tão memorável para nós!

Bahamas, Long Island - Stella Maris, Mergulho

Veja todas as fotos do dia!

Não se acanhe, comente!

Post anterior Praia de Cape Santa Maria, em Long Island - Bahamas

Uma Saudável Manhã...

Post seguinte Bar na estrada em Long Island - Bahamas. O Doug é o de camisa azul

Viajando com Estilo

Blog da Ana Praia de Cape Santa Maria, em Long Island - Bahamas

A long day in Long Island

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 20/04/2010 | 23:30 por Rodrigo

    Pois é Guto, foi muito legal encontrar a Sininho por lá. Ela fez a maior falta quando eu fui brincar de apnéia no Blue Hole e ela já não estava. Não quis descer abaixo dos 20 m sem ela não!
    A escadinha dava trabalho mas o resultado compensava!

    Abraços e continue comentando

  • 20/04/2010 | 17:09 por Guto Junqueira

    Legal encontrar a Carol assim, quase ao acaso. Ela havia enviado um convite duas semanas atrás convidando para o bota-fora, em Curitiba, de apoio a sua viagem e à competição. Espero que a nossa "Sininho", também minha professora de apnéia, rompa a barreira dos 70 metros de profundidade só no pulmão. A escadinha da foto, pelo jeito, dava trabalho para subir, heim!

  • 20/04/2010 | 11:20 por Paulinha Ribas

    Qtas coisas maravilhosas p/ 1 dia só!
    O q aconteceu mesmo com a máquina subaquática?

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet