0 Islas de la Baía - Blog da Ana - 1000 dias

Islas de la Baía - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Islas de la Baía

Honduras, Utila

Uma das pequenas ilhotas que cercam Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Uma das pequenas ilhotas que cercam Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Finalmente chegamos a Honduras! O único país, além de Belize, da América Central que não havíamos conhecido no nosso roteiro de subida durante os 1000dias. Era um buraco no nosso roteiro a ser tapado. Cruzamos a fronteira com a Guatemala no leste do país, nas cercanias de San Pedro Sula, segundo as estatísticas, a cidade mais violenta do mundo.

Cruzando pequena cidade no norte de Honduras

Cruzando pequena cidade no norte de Honduras


É claro que chegamos preparados psicologicamente, esperando o pior, mas logo nos primeiros quilômetros já tivemos uma boa primeira impressão. A costa próxima da segunda maior cidade do país tem uma infraestrutura turística para os locais, restaurantes e pequenos hotéis à beira do mar bem convidativos. Após um almoço vendo um amistoso da seleção brasileira seguimos viagem, noite adentro, até a cidade litorânea de La Ceiba, no litoral norte do país.

varanda do nosso restaurante, com bela vista para praia na região de Puerto Cortés, no norte de Honduras

varanda do nosso restaurante, com bela vista para praia na região de Puerto Cortés, no norte de Honduras


La Ceiba é o ponto de partida para as ilhas de Roatán, Utila e Guanaja, que formam a região hondurenha conhecida como Islas de la Baía. As ilhas são o principal atrativo turístico de Honduras, com suas praias de areias brancas, águas mornas e claras do mar caribenho.

Observando área boa para snorkel, em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Observando área boa para snorkel, em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


As Bay Islands, como são conhecidas pelos nativos isleños, foram possessão britânica até 1859, sendo mais comum encontrar nativos falando inglês pelas ruas do que o espanhol. Foi apenas nas últimas décadas que o governo hondurenho decidiu tornar obrigatório o ensino de espanhol nas escolas da região.

Meio de transporte em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Meio de transporte em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Roatán é a maior, mais agitada e movimentada das Bay Islands. Bem urbanizada, possui hotéis e resorts em toda a orla e assim é também a menos natural de todas as ilhas. É procurada por turistas nacionais e estrangeiros por suas belas praias, ótimos mergulhos e intensa vida social. Guanaja é a mais tranquila das ilhas, conhecida por seus caros resorts ficou com a fama de ilha mais exclusiva, um lugar para momentos românticos e para quem quer relaxar e ficar longe de qualquer agito.

Cerveja popular no país, em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Cerveja popular no país, em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


A praia pública de Utila, ilha no litoral norte de Honduras

A praia pública de Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Buscando um destino barato, alternativo e mais natural, acabamos optando por Utila, já que não tínhamos tempo para visitar mais de uma ilha. Uma extensão da segunda maior barreira de corais do mundo, as ilhas possuem uma vocação natural para snorkel e mergulho e Utila soube aproveitar ao máximo disso para se consolidar como destino para iniciantes e backpackers que buscam bons preços para se introduzir no esporte.

saindo para mergulhar ao redor de Utila, ilha no litoral norte de Honduras

saindo para mergulhar ao redor de Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Embarcamos logo depois de pegar uma tempestade no estacionamento do porto. Eu me protegi dentro do porta-malas da Fiona, arrumando nossas malas e equipamentos de camping, enquanto o Rodrigo esperava a chuva passar na bilheteria. Chegamos a Utila bem no maior feriado do país, aqui a Semana Santa é maior que o Natal e as Bay Islands são o destino mais procurado não apenas por hondurenhos, como também pelos vizinhos guatemaltecos e salvadorenhos. Existia, portanto, uma grande chance de não encontrarmos lugar para ficar, por isso levamos a barraca, pelo menos para garantir um cantinho protegido para dormirmos.

'Garagem' em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

"Garagem" em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Mergulho em Bando Beach, praia privada em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Mergulho em Bando Beach, praia privada em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Não demoramos muito a encontrar um lugar para dormir, depois de 3 tentativas encontramos o Jade Seahorse, uma pousada decorada por um artista plástico californiano que reutiliza materiais como garrafas de vidro, azulejos, pratos, porcelanas e cerâmicas para montar um ambiente compulsivamente colorido e criativo. A pousada é uma atração turística da cidade e durante todo o dia recebe pessoas curiosas por seus labirintos e esculturas.

Nossa artística pousada em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Nossa artística pousada em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Nossa artística pousada em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Nossa artística pousada em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Detalhe da nossa pousada em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Detalhe da nossa pousada em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


O clima meio desleixado da ilha a princípio não me pareceu muito animador. Muitas motos, carros e moto-táxis correndo de lá para cá deixam as ruas barulhentas e pouco agradáveis nos dias mais agitados de um grande feriado como a Semana Santa. Mas aos poucos nos acostumamos e no final do feriado as ruas já estavam mais tranquilas, de volta ao normal.

Movimento na prindipal rua de Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Movimento na prindipal rua de Utila, ilha no litoral norte de Honduras


A ilha possui duas praias, a praia pública, cheia de bares e barracas de comida, com todos os tipos de música tocando ao mesmo tempo e onde se reúnem os locais e jovens mais animados. A praia privada está no canto esquerdo da vila e, ainda que a área de banho não seja tão atraente, os 3 dólares de entrada garantem a limpeza e tranquilidade. Pois é, praia não é o forte daqui, se quer praias bonitas Cayo Cochinillas ou Roatán parecem ser melhores opções.

A bela Bando Beach, praia privada em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

A bela Bando Beach, praia privada em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


A bela Bando Beach, praia privada em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

A bela Bando Beach, praia privada em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Foi nesta praia que tivemos uma das melhores noitadas dos últimos tempos, uma Full Moon Easter Party, com os melhores DJs hondurenhos de música eletrônica, malabares de fogo e gente animada. Durante a tarde eu conheci o Rafael e o Marlon, que trabalharam na organização da festa e a noite fomos conferir. Foi uma festa super alto astral, adorei!

Dia nascendo em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Dia nascendo em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Nosso restaurante favorito para café da manhã e almoços após o mergulho era o Che Pancho, um oásis no meio do deserto, com opções saudáveis e super saborosas de sanduíches, crepes, saladas e batidos. Dois argentinos são donos do lugar e tem um super bom gosto, tanto no cardápio quanto na seleção musical, super indico!

Nosso cafe preferido em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Nosso cafe preferido em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


A noite demoramos para encontrar, mas achamos um restaurantinho alternex com um clima delicioso. Ele se promove com a ótima frase: “O único que não está no Lonely Planet!”. Em um píer caindo aos pedaços e sem serviço de mesa, você pede a comida na janelinha da cozinha e a bebida no balcão do bar, escolhe uma mesa no deck e desfruta um dos ambientes mais descolados da cidade. No meio do píer há uma janela para o mar, que funciona como um aquário natural, enquanto esperávamos a comida vimos um polvo incrível saindo para sua caça noturna de dentro da toca, imenso e lindo! A comida é maravilhosa, a cerveja gelada e a música num misto de jazz, latina e cubana é sensacional!

Nosso cafe preferido em Utila também é um cinema! (no litoral norte de Honduras)

Nosso cafe preferido em Utila também é um cinema! (no litoral norte de Honduras)


No final, depois de cavarmos dali e de lá tivemos uma experiência bacana em Utila, um lugar mais autêntico, onde o encontro com a cultura local é muito mais intensa e verdadeira do que em Roatán. Agora se o seu clima é ter uma praia bonita e ótimos mergulhos, mesmo gastando um pouco mais acho que Roatán seria mais indicada. Enfim, a escolha vai depender de que tipo de experiência você está buscando.

Casa típica em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Casa típica em Utila, ilha no litoral norte de Honduras



Mergulhos


Mergulho com um grande grupo, em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Mergulho com um grande grupo, em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Afinal, viemos aqui para pegar praia ou para mergulhar? É claro que escolhemos Utila em busca do famoso mergulho e, confesso, estamos ficando mal acostumados com o que vemos por aí. Infelizmente a visibilidade não era das melhores, vimos pouca vida marinha e os corais pareciam fracos e sem vida. Mergulhamos com o UDC - Utila Dive Center, que já tem um esquemão pronto. Todos os Dive Centers aqui priorizam as certificações de open water ou avançado, que é aonde fazem mais dinheiro.

Início de mais um mergulho em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Início de mais um mergulho em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Geralmente “Fun Divers”, como chamam os mergulhadores já certificados, se encaixam nestes barcos e acabam pegando pontos menos interessantes, já que eles precisam de um lugar que se adeque aos exercícios dos alunos. No UDC eles normalmente fecham barcos apenas para fun divers, o que é bom, mas se não fecha o número de mergulhadores misturam todos e dá na mesma, vai da sorte. Nosso primeiro dia de mergulho foi na costa sul, já que os ventos não estavam permitindo sair para a costa norte. Fomos ao Jack Neil Point e ao Little Bight acompanhados do Albert, dive master.

Uma grande moréia verde nos observa durante mergulho em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Uma grande moréia verde nos observa durante mergulho em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Voltamos a mergulhar na sexta-feira, único dia em que as condições climáticas permitiram que o barco saísse para a costa norte. Havia uma chance de encontrarmos os gigantes do mar, os tubarões-baleia que estão na sua migração anual a caminho das águas de Belize e México onde tem a temporada de procriação, entre Maio e Julho.

Banco de corais durante mergulho em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Banco de corais durante mergulho em Utila, ilha no litoral norte de Honduras


Fomos ao Willy´s Hole, lugar com uma paisagem lindíssima, covas, túneis e grandes colunas de corais com boa visibilidade e de volta ao South Side, fizemos o segundo mergulho na Madeline´s Wall, com mar mexido e pouca visibilidade. No final tivemos a sorte de ver uma xita, que salvou o dia e os mergulhos!

Uma arraia passa apressada por nós durante mergulho em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Uma arraia passa apressada por nós durante mergulho em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Honduras, Utila, Mergulho, La Ceiba, Islas de la Baía, Bay Islands

Veja todas as fotos do dia!

Gostou? Comente! Não gostou? Critique!

Post anterior O pier da Round House, na região de Livingston, no litoral da Guatemala

La Dulce Casa Redonda

Post seguinte Uma das faces da réplica em tamaho natural do Templo Rosalila, no Museu de Esculturas, nas ruínas mayas de Copán, em Honduras

Ruínas de Copán

Blog do Rodrigo Banho de sol emBando Beach, praia privada em Utila, ilha no litoral norte de Honduras

Temporada em Utila

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 19/05/2015 | 23:01 por karina

    gostaria de saber sobre a internet nesses lugares ?? estou planejando uma viagem para organizar um projeto profissional importante e unir o util ao agradável de ficar num local agradável! por isso quero saber sobre conexão com internet la ! o que pode me dizer sobre isso ?
    grata !
    karina .

  • 30/11/2014 | 22:07 por nelson paixao

    Ola estou planejando para final de 2015 de Porto Alegre ate USA,, cruzando a as americas ,, no motor home,,,,,voce saberia me dizer se ja esta funcionando o ferryboat entre cartagena e porto solon no panama,, e se em Honduras continua com muita burocracia e perigosa ,, um grande abraco

    nelson e bia

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet