0 Dive In! - Blog da Ana - 1000 dias

Dive In! - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Dive In!

Trinidad e Tobago, Speyside

Tartaruga descansando em mergulho em Speyside - Tobago

Tartaruga descansando em mergulho em Speyside - Tobago


O mergulho é um dos principais atrativos de Tobago e mesmo de Crown Point pode-se agendar saídas. Entretanto quem vem a Tobago para mergulhar, sem dúvida alguma deve vir à Speyside. Os melhores pontos de mergulho ficam há apenas 10 minutos do trapiche, dos 41 pontos de mergulho contidos em toda a ilha, mais de 15 deles estão nesta região.

Pontos de mergulho em Speyside - Tobago

Pontos de mergulho em Speyside - Tobago


Enorme esponja em mergulho em Speyside - Tobago

Enorme esponja em mergulho em Speyside - Tobago


Sabendo disso os hotéis e operadoras de mergulho já dominaram o pedaço, cada hotel possui a sua operadora, seja própria ou parceira. Aqui no Speyside Inn a operadora é a Extra Divers, english and germain spoken! Robert já estava nos esperando hoje para o mergulho. Desta vez, nós não trouxemos todo o equipamento, pois além do trampo de carregá-lo para lá e para cá de avião, tem um custo alto do peso extra em cada vôo. Nossas roupas curtas e máscaras Fun Dive não poderiam faltar, além dos reguladores e computadores de mergulho, precisamos alugar apenas do BCD, nadadeiras e lastro, além do cilindro, é claro. Revistos os últimos detalhes, seguimos para o trapiche, montamos o equipamento e boa!

Pausa entre mergulhos, em Speyside - Tobago

Pausa entre mergulhos, em Speyside - Tobago


Nosso primeiro ponto de mergulho foi o Goat Island Dream, um mergulho com temperaturas e visibilidades caribenhas! 28,1°C e visibilidade variando de 15 a 20m. O começo do mergulho foi mais trabalhoso, nadando contra a corrente, com belos corais e uma promessa de ver cavalos marinhos.

'Árvore de Natal', em mergulho em Speyside - Tobago

"Árvore de Natal", em mergulho em Speyside - Tobago


Atravessamos de um grupo de corais para outro por um areal e aos poucos a velocidade foi aumentando e a sensação de estar voando foi tomando conta! A profundidade variava de 14 a 18m e quanto mais corrente, mais limpa a água! Fui brincando o tempo todo, me sentindo na corrente leste australiana do Nemo, junto com as tartarugas surfistas, hahaha! Foi engraçado demais, até que vi o nosso dive master começar a se posicionar, quando olhei para frente, dois grandes corais com um vão no centro, era bem ali no meio que eu queria passar! Wohoooo! Imaginem uma corredeira de um rio que de repente encontra uma queda de uns 3m, foi exatamente isso, assim que passamos o vão, a corrente nos jogou para baixo e nos colocou em uma máquina de lavar roupas, em redemoinhos invisíveis! Animal! Dali dois minutos o nosso guia pegou a continuação da corrente e se lançou para cima, com o triste sinal de “positivo”, que no mergulho significa subir, ou seja, acabou o mergulho. Foi sensacional, principalmente por este grand finale!

Fim de mergulho em Speyside - Tobago

Fim de mergulho em Speyside - Tobago


Nem todos gostam e estão acostumados com toda essa emoção, outra dupla que estava conosco pelo jeito ficou mais assustada e pediu um segundo mergulho mais fácil e tranquilo. Então fomos ao Round Table, um ponto bem abrigado de correntes, em uma ilha onde fica a casa de Ian Flemming, o criador de James Bond. A casa foi abandonada, não sei exatamente o motivo, e está caindo aos pedaços.

Antiga casa de Ian Fleming, em ilhota na costa de Speyside - Tobago

Antiga casa de Ian Fleming, em ilhota na costa de Speyside - Tobago


Realmente o mergulho foi beeem mais tranquilo, um ponto super gracinha, cheio de corais de todos os tipos, peixes e seres marinhos. Justo por não termos correntes acabamos ficando com a água mais turva e um pouco mais fria, com uma visibilidade de uns 6m. O que salvou definitivamente o mergulho foram as 4 tartarugas e a imensa barracuda que passou por nós, lindas!

Tartaruga em meio a algas em mergulho em Speyside - Tobago

Tartaruga em meio a algas em mergulho em Speyside - Tobago


Voltamos àquela velha máxima do divefreak, “Mergulho mesmo quando é ruim é bom, então quando é bom é melhor ainda!” Reservamos a tarde para relaxar, trabalhar e curtir o som das ondas da nossa sacada, nada mal. Amanhã tem mais!

Formações de coral em mergulho em Speyside - Tobago

Formações de coral em mergulho em Speyside - Tobago

Trinidad e Tobago, Speyside, Mergulho, Praia, Tobago, beach, Speyside Inn, dive, extra divers

Veja todas as fotos do dia!

Quer saber mais? Clique aqui e pergunte!

Post anterior A bela praia do Blue Waters Inn, em Speyside - Tobago

Speyside Inn

Post seguinte Enorme coral-cérebro em Speyside - Tobago

Dive and Hike

Blog do Rodrigo Fim de mergulho em Speyside - Tobago

Voando embaixo D'Água

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 21/09/2013 | 15:12 por John

    Tá muuuuito show seu blog! Amando.

    Resposta:
    Obrigada João! =) Voltando a todo vapor! Bjs!

  • 27/03/2011 | 22:50 por mario sergio silveira

    Maravilha minha filha. Saudades. De fato, como vai ser o 1001? O mais provável seria vcs se tornarem guias de eco-aventura. Abraço saudoso.

    Resposta:
    Oi Pai! Nas nossas contas o 1001 ainda será em algum cantinho da América bem mais próximo do Brasil, sim, pode ser que a gente atrase! hahaha! Saudades!!! Bjs

  • 27/03/2011 | 17:30 por Rafael

    Uma pergunta meio filosofica: após 1000 dias pela américa, vc vão conseguir enfrentar 1 dia no escritório? rs

    Resposta:
    Oi Rafael! É difícil responder, até abordei esse assunto no meu post sobre os 365 dias e citei a sua pergunta! rsrsrs! Eu acho que consigo sim enfrentar o escritório, o Rodrigo tb, mas com mais dificuldade! rsrsrs! Depois de tanto tempo na estrada tb vamos aprendendo a dar valor aos pequenos momentos e aprendizados que antes pareciam uma rotina chata de trabalho. Mas que vai doer, vai! hahaha! Beijos

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet