0 Contos Cubanos - Blog da Ana - 1000 dias

Contos Cubanos - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Contos Cubanos

Cuba, Havana

Nossa guia na Fortaleza de San Carlos, em Havana - Cuba

Nossa guia na Fortaleza de San Carlos, em Havana - Cuba


Dona Margarita completará esta semana 84 anos, portanto viveu a Cuba de antes e depois da revolução e tem uma memória muito vívida do que passou. Casou-se em plena revolução, no ano de 1959, e passou a fazer parte de uma família de adeptos do novo regime.

Propagandas do socialismo, muito comum nas ruas de Havana - Cuba

Propagandas do socialismo, muito comum nas ruas de Havana - Cuba


Na mesma época sua irmã, casada com o dono de uma grande revista, foi-se de Cuba para o México e depois Estados Unidos. Meses depois, sabendo que sua revista seria tomada pelo estado, seu marido mandou pagar 3 meses de salário a todos os funcionários e fechou a empresa, recomeçando nova vida fora do país. Tempos difíceis em que uma das primeiras medidas do novo governo foi estatizar tudo o que existia na ilha. Aos que se foram não foi dado direito de retirar nada, nem um pertence, nem mesmo um quadro da parede, muito menos o dinheiro que possuíam no banco. Saíram de casa e do país com a roupa do corpo. Suas casas foram tomadas pelo estado e redistribuídas para a população. Grandes casas passaram a ser compartilhadas por duas, três ou mais famílias. O proprietário de um edifício ficou apenas com um apartamento e os outros foram distribuídos.

Moradias no centro de Havana - Cuba

Moradias no centro de Havana - Cuba


Dona Margarita possuía um salão de beleza, ganhou vários prêmios internacionais, tinha muito talento. Mesmo com bons contatos dentro do novo governo, seu salão foi tomado e um cargo de fiscal dos salões lhe foi oferecido. Sua família era muito saudável financeiramente e junto ao seu esposo decidiu não aceitá-lo, não seria preciso. Seu sogro foi médico e um dos conselheiros de Fidel, trabalhando como chefe de medicina em um dos órgãos do governo. Ajudou muita gente, não apenas nos tratamentos médicos, mas também aos que tinham interesse de sair do país, já que acreditava na liberdade acima de tudo. Estiveram aqui nesta casa os cabeças da revolução, como Ernesto Che Guevara e Fidel Castro, sentados nas mesmas cadeiras e na mesma mesa que hoje nos sentamos para o café da manhã. “Fidel é um homem muito amável, bem apessoado e muito inteligente.”, nos conta ela. Pergunto sobre Che, se era mesmo “guapo” como dizem, ela ri e concorda.

Despedindo-se da simpática e octagenária Margarita, dona da casa onde ficamos em Havana - Cuba

Despedindo-se da simpática e octagenária Margarita, dona da casa onde ficamos em Havana - Cuba


Enquanto conversamos com ela, Margarita, sua ajudante homônima, aproveita um momento em que ela está longe e nos conta que a revolução foi ótima para os pobres. “Eu sou pobre, meu pai era entregador de jornal, e hoje eu tenho uma filha formada em enfermagem e outra filha na universidade. Eu nunca poderia pagar o estudo delas se não fosse por Fidel.”, nos conta Margarita. Ao final fica claro que ambas defendem a revolução, ainda que com memórias, passados e futuros completamente diferentes.

Os simpáticos e divertidos cubanos da capital  Havana

Os simpáticos e divertidos cubanos da capital Havana


As casas particulares foram uma das poucas coisas não desapropriadas, a não serem mansões desproporcionais às necessidades da família ou propriedades daqueles que deixaram o país. Algumas coisas são um pouco cinzentas, até dentro de uma revolução tão radical, privilégios foram dados e são dados àqueles mais próximos do partido. Ninguém consegue ser 100% imparcial, nem mesmo Fidel.

Propagandas do socialismo, muito comum nas ruas de Havana - Cuba

Propagandas do socialismo, muito comum nas ruas de Havana - Cuba


Não é por acaso que quando perguntamos para as pessoas quem é o herói preferido da revolução, muitas nos dizem “Che Guevara, ele sim era o verdadeiro comunista.” Durante sua luta com a coluna revolucionária Che dava exemplos que faziam dele o mais amado e mais temido líder. Uma história contada por seu Rubens, na Playa Girón conta que ele chegava e pedia abrigo e comida para agricultores que recebiam a ele e sua tropa e lhe ofereciam tratamento especial, como um frango na comida e uma cama com colchão. Che perguntava: “Há frango para todos? Há colchão para todos os meus homens? Não. Então eu comerei o mesmo que eles e dormirei em redes ou no chão como todos eles.” Ao mesmo tempo Che era impiedoso e não titubeava em metralhar aqueles que cometiam injustiças e traições. Certa vez Che cruzou um grupo de campesinos da luta clandestina que em nome da revolução estavam roubando comida e bens dos pequenos agricultores e das famílias no seu caminho. Não teve dúvida, matou a todos, sem titubear.

A figura de Che, sempre presente! (em Cienfuegos, em Cuba)

A figura de Che, sempre presente! (em Cienfuegos, em Cuba)


É curioso pensar que dois dos grandes líderes da revolução, Che e Camilo Cienfuegos tenham morrido em situações suspeitas. Che, pego pelo serviço secreto americano na Bolívia, há quem diga que teria sido delatado por seus companheiros comunistas. Camilo em um acidente aéreo em Cuba, voltando de um compromisso como Ministro das Forças Militares. O avião caiu em uma área rasa e de mar azul, transparente, porém ainda assim, o avião nunca foi encontrado. Dizem que Camilo e Raúl disputavam a mesma mulher... Mulheres sempre as culpadas.

Arte com a figura de Che Guevara em galeria de Trinidad, em Cuba

Arte com a figura de Che Guevara em galeria de Trinidad, em Cuba


Fato é que simpatizantes da revolução ou não, todos concordam que Fidel é um homem especial, muito inteligente e que se não fosse a sua liderança, a força revolucionária nunca teria vencido. Correm pelas ruas de Havana e por todos os cantos de Cuba algumas lendas sobre o seu líder (ou ditador?). Dizem que Fidel já possui 2 clones, um mais jovem que não teria dado muito certo, e outro mais velho. Cada um deles é utilizado na televisão, mostrando suas fraquezas ou suas forças, para manipular a opinião pública nacional e internacional. Fidel mesmo, o original, deve viver por muito tempo. Por fora parece velho, mas por dentro está completamente jovem, pois já renovou todas as suas células com tratamento de células tronco e suas veias são tubos plásticos! “Não, não, não! Não são as veias!” Alguém corrige, é o seu intestino! Ele nunca teve câncer, só uma infecção terrível no intestino que já foi substituído por tubos plásticos.

Famosa foto de Fidel, em exposição na Fortaleza de San Carlos, em Havana - Cuba

Famosa foto de Fidel, em exposição na Fortaleza de San Carlos, em Havana - Cuba


Sabe Deus! “Nada neste país irá mudar enquanto Los Hermanos Castro estiverem no poder.” Tampouco querem que mude, havendo fortalecimento econômico, mais dinheiro, alimento, e liberdade, o regime poderia ser mantido. “Cuba é o melhor lugar do mundo, mesmo se abrissem, eu não trocaria o meu país por nada.”

Cuba, Havana, cultura, La Havana, Pessoas, Revolução Cubana

Veja todas as fotos do dia!

Não nos deixe falando sozinhos, comente!

Post anterior Artista de rua em Havana, capital de Cuba

Aperitivo Havano

Post seguinte Inspirando-se no Malecón para fazer música (em Havana - Cuba)

Caminando en La Havana

Blog do Rodrigo Chegando à Plaza de la Revolución, em Havana - Cuba

Caminhando por Havana e Pela História

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 22/01/2016 | 00:42 por Marcelo Barbosa

    tão mistificando Fidel, como fazem c/ o lmapião aqui!

  • 05/09/2014 | 16:31 por Sheila Moralles

    Ana estou lendo seu blog desde o início e já cheguei aqui eeeeee......tenho feito alguns comentários no blog do Rodrigo.

    Parabéns pelas postagens, são ótimas já aprendi muito!!! Mas essa história de Cuba vc está de muito Parabéns, foi como se eu estivesse sentada com essas senhoras e ouvindo elas falarem....muito legal! E Realmente uma história vinda de pessoas que vivem isso aí é o melhor para criarmos o nosso julgamento, que as vezes fica tão destorcido com a manipulação da imprensa!!

    Obrigada por compartilhar a experiência de vocês de modo tão singelo e que provavelmente deu um senhor trabalhão para vcs nessa expedição!

    A propósito vcs publicaram algum livro sobre a expedição? Adoraria comprar hahaha

    Resposta:
    Oi Sheila! Nós estamos justamente trabalhando no lançamento do livro da viagem com contos, histórias e fotos de toda essa aventura.
    Obrigada pelo apoio, sem dúvida o trabalho todo vale a pena quando recebemos comentários como este! =)
    Beijo grande e seguimos escrevendo, viajando e compartilhando!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet