0 Barbados Alternex - Blog da Ana - 1000 dias

Barbados Alternex - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Barbados Alternex

Barbados, Bridgetown, Bathsheba

Praia de Bathsheba, na costa leste de Barbados

Praia de Bathsheba, na costa leste de Barbados


Hoje fomos conhecer um lado mais “alternex” de Barbados, se é que é possível. Um país em que 90% da população é afro-descendente e nos outros 10% se misturam ingleses, irlandeses, indo-guianeses, sírios e libaneses, indianos muçulmanos e a principal religião é a Anglicana, já é bem diferente para nosotros. Lembrando que todo este caldeirão cultural está em um território de apenas 432 km2 e pouco mais de 281 mil habitantes, o equivalente à cidade paulista de Franca ou ao bairro da Lapa na cidade de São Paulo. Sim, uma ilha em que a diversidade e os contrastes são pulsantes, ainda consegue, dentro do seu universo, ter um lado ainda mais alternativo.

Pesca com rede e casa sobre o mar na bela Carlisle Bay, ao sul de Bridgetown, em Barbados

Pesca com rede e casa sobre o mar na bela Carlisle Bay, ao sul de Bridgetown, em Barbados


Começamos por uma das principais praias da ilha, Carlisle Bay Beach. Nada alternativa em um primeiro olhar, mas colocando uma máscara e um snorkel você vai logo descobrir. Ali, há apenas 100m da praia e 7m de profundidade está um naufrágio lindo e com um ecossistema todinho só dele. Tartarugas, anêmonas, todos os tipos e cores de peixes de corais e vida marinha ao seu alcance e o melhor, de graça!

Pronto para o snorkel em naufrágio em Carlisle Bay, ao sul de Bridgetown, em Barbados

Pronto para o snorkel em naufrágio em Carlisle Bay, ao sul de Bridgetown, em Barbados


Peixes nadam na proteção de naufrágio em Carlisle Bay, perto de Bridgetown, capital de Barbados

Peixes nadam na proteção de naufrágio em Carlisle Bay, perto de Bridgetown, capital de Barbados


Fazendo snorkel em naufrágio nas águas rasas de Carlisle Bay, perto de Bridgetown, capital de Barbados

Fazendo snorkel em naufrágio nas águas rasas de Carlisle Bay, perto de Bridgetown, capital de Barbados


Fazendo snorkel em naufrágio nas águas rasas de Carlisle Bay, perto de Bridgetown, capital de Barbados

Fazendo snorkel em naufrágio nas águas rasas de Carlisle Bay, perto de Bridgetown, capital de Barbados


O mais alternativo neste programa é exatamente isso, ir, estender a sua canga, pegar a sua máscara (ou uma que você alugar por ali) e ter a experiência de descobrir sozinho o que as operadoras de mergulho cobram 150 dólares! Já pensou no desespero? Pagar um mergulho caro desses e o cara te leva ali, na praia? É de chorar em alemão!

Ponto de mergulho em Carlisle Bay, ao sul de Bridgetown, em Barbados

Ponto de mergulho em Carlisle Bay, ao sul de Bridgetown, em Barbados


Após um mergulho e um torrão no sol escaldante da Carlisle Bay Beach, dirigimos rumo à costa leste de Barbados. Aqui no Caribe quase todas as ilhas têm um lado voltado ao famoso “Mar do Caribe”, de águas azuis turquesas, tranquilas e protegidas e o outro lado banhado pelo temido Oceano Atlântico, mar violento e furioso em geral evitado por seus habitantes.

Oceano Atlântico visto da St John's Parish, no caminho para Bathsheba, na costa leste de Barbados

Oceano Atlântico visto da St John's Parish, no caminho para Bathsheba, na costa leste de Barbados


“Don´t go there! This is the Atlantic Ocean, man!” É até engraçado, pois nós brasileiros só temos o Oceano Atlântico, ele é no nosso quintal! Em alguns lugares eles nos taxam de loucos, insanos por não ter medo de entrar nas águas agitadas, mesmo que seguras. Pois aqui em Barbados alguns loucos locais gostam desse lado da ilha. Além de terem construído suas casas, sítios e formado pequenas vilas, alguns deles enfrentam as praias de pedra para pegar ondas super radicais que quebram na Praia de Bathsheba. O melhor de tudo, você quase não vai encontrar turistas!

Chegando à Bathsheba, na costa leste de Barbados

Chegando à Bathsheba, na costa leste de Barbados


Cruzamos a ilha passando pela St. John´s Parish e paramos na idílica igreja de mesmo nome, sobre os paredões de pedra com uma vista maravilhosa para o respeitado oceano. A igreja foi o lugar de descanso escolhido por grandes nomes, governadores de Barbados e antigos devotos desde os idos de 1640.

A tri-centenária St John's Parish, no caminho para Bathsheba, na costa atlântica de Barbados

A tri-centenária St John's Parish, no caminho para Bathsheba, na costa atlântica de Barbados


Descemos o morro até a praia e conosco a chuva. Um casal alternex de bajans curtia a praia: ela em seu maiô anos 80 empinando sua pipa, enquanto ele com seus longos dreadlocks, surfava nas perigosas ondas atlânticas. Encontramos um restaurante localizado em um ponto estratégico no fim da praia de Bathsheba com uma vista linda, enquanto víamos a dança da chuva sobre o mar.

Pensativa, observando a praia e a chuva em Bathsheba, na costa leste de Barbados

Pensativa, observando a praia e a chuva em Bathsheba, na costa leste de Barbados


Praia rochosa e com muitas ondas em Bathsheba, na costa leste de Barbados

Praia rochosa e com muitas ondas em Bathsheba, na costa leste de Barbados


Fechando o dia alternex só faltava mesmo um jerk chicken bajan beeem apimentado ao lado do karaokê com sucessos mundiais nas vozes mais corajosas de Barbados. Fechamos a nossa passagem por este país, onde as praias são só um pretexto para você conhecer uma das ilhas mais originais das West Indies.

Bela escultura comemorando o fim da escravidão, na estrada próxima à Bridgetown, capital de Barbados

Bela escultura comemorando o fim da escravidão, na estrada próxima à Bridgetown, capital de Barbados

Barbados, Bridgetown, Bathsheba, Praia, Caribe

Veja todas as fotos do dia!

A nossa viagem fica melhor ainda se você participar. Comente!

Post anterior Arte na destilaria Mount Gay, a mais tradicional de Barbados, na capital Bridgetown

Praia, Rum e Novos Amigos

Post seguinte Visual inesquecível da praia de Half Moon Bay, na costa sudeste de Antígua, no Caribe

Antigua em 32 horas

Blog do Rodrigo Preparando-se para fazer snorkel ma maravilhosa Carlisle Bay, ao sul de Bridgetown, em Barbados

Mar do caribe e Oceano Atlântico

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet