0 Praia, Rum e Novos Amigos - Blog da Ana - 1000 dias

Praia, Rum e Novos Amigos - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Praia, Rum e Novos Amigos

Barbados, Bridgetown

Arte na destilaria Mount Gay, a mais tradicional de Barbados, na capital Bridgetown

Arte na destilaria Mount Gay, a mais tradicional de Barbados, na capital Bridgetown


Depois de um dia inteiro de chuva o sol finalmente deu o ar da graça. Uma manhã ensolarada e tão quente que não demorou muito para formar um temporal tropical. Conseguimos ficar na praia uns 15 minutos e a ventania logo expulsou todos os turistas de volta para os seus hotéis. Voltamos para a pousada e aproveitamos “a deixa”, leia-se chuva, para trabalhar um pouco no blog e antes da programação de “dia chuvoso” ser colocada em prática.

Dia de sol e mar turquesa na praia de Dover, em Barbados

Dia de sol e mar turquesa na praia de Dover, em Barbados


Dia de sol e mar turquesa na praia de Dover, em Barbados

Dia de sol e mar turquesa na praia de Dover, em Barbados


Eu ainda aproveitei para dar um delicioso TCHIBUM na prainha em frente ao hotel com chuva e tudo! Junto comigo só alguns pescadores e o instrutor de stand paddle! Acho o máximo e sempre quis aprender, “é hoje!”, pensei, mas a chuva e o vento não estavam facilitando muito, então marquei uma aula para amanhã na Carlisle´s Bay.

Aula de Stand-up Paddle na praia de Dover, em Barbados

Aula de Stand-up Paddle na praia de Dover, em Barbados


Assim que colocamos os pés para fora do quarto o sol apareceu, mas a nossa programação era um dos itens obrigatórios em Barbados: uma visita a mais antiga destilaria de rum do mundo!

O mais famoso e antigo rum de Barbados e do mundo, na destilaria Mount Gay, na capital Bridgetown

O mais famoso e antigo rum de Barbados e do mundo, na destilaria Mount Gay, na capital Bridgetown


Mount Gay Rum é a marca de rum mais antiga do mundo ainda em produção. Os registros que comprovam sua antiguidade datam de 1703, embora o rum sem marca já fosse produzido na mesma fazenda desde 1637. São mais de 300 anos de experiência e dedicação à arte da destilação e blending na produção do rum.

Degustação de rum na destilaria Mount Gay, a mais tradicional de Barbados, na capital Bridgetown

Degustação de rum na destilaria Mount Gay, a mais tradicional de Barbados, na capital Bridgetown


A família que curiosamente pertencia à família Sober´s. O nome Mount Gay foi uma homenagem prestada pela família Sober ao seu amigo e grande executivo que liderou a companhia e a tornou internacionalmente conhecida, Sir John Gay Alleyne.

Nossa guia nos leva em tour pela destilaria Mount Gay, a mais tradicional de Barbados, na capital Bridgetown

Nossa guia nos leva em tour pela destilaria Mount Gay, a mais tradicional de Barbados, na capital Bridgetown


O tour começa pela brand room, uma sala com explicações sobre a origem da destilaria, passa por um anfiteatro onde assistimos um vídeo sobre a história e o processo produtivo, chegando à planta onde o rum é engarrafado e depois distribuído para mais de 55 países em todo o mundo. A visita dura em torno de 45 minutos, mas são os últimos 10 minutos que fazem todo o tour valer à pena.

A degustação passa pelos quatro principais blendings da marca: Eclipse Silver, Eclipse, Black e Extra-Old. O que as diferencia é o tempo de envelhecimento nos barris de carvalho, sendo a Silver filtrada após o envelhecimento, perdendo a coloração amarelada peculiar do rum. O que faz um rum muito especial, além da qualidade da planta e do melaço de cana utilizado no processo, são os blendings feitos pelo “master blend” da marca. Os segredos que fazem o Mount Gay Rum ser considerado um dos melhores runs do mundo não são revelados, mas umas dicas como ser dos poucos com dupla destilação no mundo. Outro ingrediente especial é a água da ilha de Barbados, filtrada naturalmente nos lençóis freáticos e nas rochas calcárias da ilha de formação coralínea.

Deliciosa degustação de rum na destilaria Mount Gay, a mais tradicional de Barbados, na capital Bridgetown

Deliciosa degustação de rum na destilaria Mount Gay, a mais tradicional de Barbados, na capital Bridgetown


Uma dica importante é não fazer como nós e escolher o último horário de visita (15h30), pois a guia pode estar apressada para ir embora. Como chegamos mais cedo acabei acompanhando um tour especial feito para um grupo de turistas de um cruzeiro. A apresentação e a experiência de degustação foram completamente diferentes! Além de mais detalhes sobre como apreciar e diferenciar os tipos de rum, o bom humor e as informações dadas pelo embaixador da marca fizeram a experiência especial.

Deliciosa degustação de rum na destilaria Mount Gay, a mais tradicional de Barbados, na capital Bridgetown

Deliciosa degustação de rum na destilaria Mount Gay, a mais tradicional de Barbados, na capital Bridgetown


Após alguns shots demoradamente saboreados, não poderíamos sair dali sem uma garrafinha de Mount Gay, e o Extra Old foi o preferido pelo casal aqui.

Relaxando no fim de tarde na varanda do nosso quarto em Dover, na costa sul de barbados

Relaxando no fim de tarde na varanda do nosso quarto em Dover, na costa sul de barbados


Ainda que não tenha muitos atrativos, o centro histórico da capital Bridgetown merece uma visita rápida. Caminhamos entre os prédios históricos, suas ruas movimentadas de final de expediente, senhores reunidos para um efusivo jogo de dominó e taxistas insistentes.

Prédio do Parlameno em Bridgetown, a capital de Barbados

Prédio do Parlameno em Bridgetown, a capital de Barbados


Ponte de pedestres sobre o canal em Bridgetown, a capital de Barbados

Ponte de pedestres sobre o canal em Bridgetown, a capital de Barbados


Movimentado jogo de dominó nas ruas de Bridgetown, a capital de Barbados

Movimentado jogo de dominó nas ruas de Bridgetown, a capital de Barbados


O final de tarde foi em um happy hour na Accra Beach, com os nossos novos amigos viajantes que encontramos em um ótimo acaso Rosa e Roberto, que vieram do Rio para passar 15 dias entre Barbados e Santa Lúcia! Rosa é super conectada e sabia todas as dicas do Viaje na Viagem e dos nossos amigos blogueiros que acabamos de encontrar em Washington DC e no Dellaware, o Aprendiz de Viajante e o MauOscar, super bacana! A parada que seria rápida acabou se estendendo de tão bom que estava o papo, trocando dicas de viagem com a Rosa e fotografia sub, uma das paixões do Roberto. Praia, chuva, sol, rum e novos amigos, um bom resumo de um típico dia de férias caribenhas.

Encontro com o casal brasileiro Rosa e Rogério, em Carlisle Bay, sul de Bridgtown, capital de Barbados

Encontro com o casal brasileiro Rosa e Rogério, em Carlisle Bay, sul de Bridgtown, capital de Barbados

Barbados, Bridgetown, Praia, rum, Mount Gay

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior Placa informativa em estrada no norte de Barbados

Barbados de Norte a Sul!

Post seguinte Praia de Bathsheba, na costa leste de Barbados

Barbados Alternex

Blog do Rodrigo Degustação de rum na destilaria Mount Gay, a mais tradicional de Barbados, na capital Bridgetown

O Rum, a Capital e os Brasileiros

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 06/06/2012 | 21:53 por Rosa

    Ana querida, vocês deram um colorido todo especial aquele fim de tarde em Barbados. Foi hiper legal comece-los, presente super especial.
    Beijocas
    Rosa e Roberto

    Resposta:
    Rosa e Roberto, podemos dizer o mesmo! Vocês coloriram a tarde e os próximos dias de viagem!
    Nos vemos pela estrada ou aí mesmo no Rio!
    Obrigada,
    Beijos!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet