0 Alcântara - Blog da Ana - 1000 dias

Alcântara - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Alcântara

Brasil, Maranhão, Alcântara

Ruínas da igreja de São Matias, em Alcântara - MA

Ruínas da igreja de São Matias, em Alcântara - MA


Alcântara é aclamada pelos historiadores e pesquisadores por possuir o conjunto arquitetônico mais homogêneo de construções do século XVIII e XVX, ainda mais que sua vizinha São Luis, uma vez que as construções não foram modificadas. Sede da Secretaria de Cultura do Estado, possui suas construções bem preservadas ou em vias de restauração. A cidade hoje possui 7 mil habitantes, incluindo a zona rural.

Rua da nossa pousada em Alcântara - MA

Rua da nossa pousada em Alcântara - MA


Antigamente esta região era habitada pelos índios Tupinambás e recebeu as primeiras missões jesuítas a partir de 1614. Sua primeira igreja foi construída pelos índios e missionários em 1622, a Igreja de São Matias.

Ruínas da igreja de São Matias, em Alcântara - MA

Ruínas da igreja de São Matias, em Alcântara - MA


Sua fundação ocorreu no ano de 1648, quando os portugueses aproveitaram sua localização estratégica na baia de São Marcos para construir um forte para defesa do território contra os franceses. Na praça principal ficam as ruínas da Igreja de São Matias, atingida por um raio em 1875 e por isso teve grande parte de sua estrutura condenada. Temendo que desabasse sobre sua casa, o poeta que habitava na casa verde aos fundos da igreja, derrubou a parte danificada da estrutura, restando apenas as ruínas que podem hoje ser visitadas.

Vista para a baía, em Alcântara - MA

Vista para a baía, em Alcântara - MA


Diante da Igreja de São Matias fica o pelourinho original da fundação da cidade, ali colocado apenas como símbolo da Coroa Portuguesa, sem nunca ter sido usado para o açoitamento de escravos. Do outro lado, às margens da baia, fica a Câmara de Vereadores da cidade onde conseguimos acompanhar parte das deliberações mesmo do pátio à frente.

Na bela praça central de Alcântara - MA

Na bela praça central de Alcântara - MA


Cruzamos a praça e chegamos à Casa Histórica, residência e comércio de 3 famílias importantes no final do século XVIII e início do XIX. Pertencente à aristocracia rural, a família Viveiros foi a primeira a residir nesta morada, seguida pelos Ramalho. Com a decadência desta atividade, venderam a casa para a família Guimarães, comerciantes que mantinham o principal abastecimento da cidade com base no escambo com produtores rurais, que lotavam a frente da loja trazendo jussara, algodão e outras culturas em troca de tecidos e outros produtos manufaturados.

Casa Histórica de Alcântara, antigo sobrado da família Viveiro, transformado em museu. (em Alcântara - MA)

Casa Histórica de Alcântara, antigo sobrado da família Viveiro, transformado em museu. (em Alcântara - MA)


A casa também abrigou uma botica que produzia essências perfumadas e remédios à base de plantas medicinais. Os herdeiros desta família abandonaram o edifício, que ficou durante anos fechado e sem manutenção. No início da década de 80 foram desapropriados pelo governo, que entregou a casa ao IPHAN para o trabalho de restauro e recuperação da memória e cultura da época. Tudo isso pode ser visto na exposição permanente que hoje se encontra neste local, peças de mobiliários, louça, lampiões, máquinas de costura e objetos da antiga botica.

Varanda da nossa pousada em Alcântara - MA

Varanda da nossa pousada em Alcântara - MA


Caminhando durante o dia no centro histórico de Alcântara já não temos a mesma sensação de transporte no tempo de ontem à noite, pois os veículos motorizados nos recordam o século em que vivemos. Temos, porém, a vantagem de enxergar toda a paisagem em que está situado, a baia de São Marcos e a cidade de São Luis ao fundo, assim como as coloridas fachadas das casas bem conservadas.

Praça central e o Pelourinho, em Alcântara - MA

Praça central e o Pelourinho, em Alcântara - MA


Parte desta história nos foi contada pela ligeira e esperta Liz, moradora da cidade que trabalha como guia nas horas vagas da escola.

Com a pequena e esperta Lisandra, em Alcântara - MA

Com a pequena e esperta Lisandra, em Alcântara - MA


O título de Patrimônio Histórico da Humanidade nunca foi tão bem empregado, mesmo se comparado à outras cidades históricas de Minas Gerais, já muito tomadas pelo turismo e modificadas pela modernidade. Aqui temos a real sensação de estar adentrando a história, vivenciando a cidade como no século passado. Apenas um passeio a noite na praça central já faz valer toda a viagem à Alcântara.

Brasil, Maranhão, Alcântara, centro histórico, Patrimônio Histórico da Humanidade

Veja todas as fotos do dia!

Gostou? Comente! Não gostou? Critique!

Post anterior Um dos muitos becos estreitos no centro histórico de São Luís - MA

São Luis do Maranhão

Post seguinte Campo alagado na região de Pinheiro - MA

Siga o Piche!

Blog do Rodrigo Imagem de Alcântara - MA

Alcântara e as Reentrâncias

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 19/06/2014 | 07:50 por Uilson Ramalho

    Alcântara,cidade histórica e bela e eu bem que gosto de um lugar assim,viajo no no tempo e imagino o passado das pessoas que viveram aqui,os que vivem devem se orgulhar desse paraíso criado por Deus,um grande abraço.

  • 12/03/2014 | 09:12 por MANOEL LUIZ DA SILVA PORTO

    Minha familia é descendente da familia Viveiros de Alcto para elaboração da árvore genealógica da familia.antara.Gostaria da saber mais detalhes, e se ainda existem remanescentes ai,Estou com um projeto da arvore genealogica da familia.

    Resposta:
    Olá Manoel, nós estivemos em Alcântara de passagem, infelizmente não terei como ajudá-lo na sua pesquisa. Boa sorte! Abs!

  • 22/02/2014 | 21:38 por Uilson Ramalho

    Boa noite, logo eu quero visitar a cidade de Alcântara MA pra apreciar o seu conjunto arquitetônico e poder parar no tempo porque a minha correria aqui em Teresina está muito grande,em Alcântara descansarei por bastante tempo, comentou UILSON RAMALHO,fone; (86) 8866 2002.

    Resposta:
    Boa viagem e bom descanso Uilson, você vai adorar!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet