0 10.000 a.C. - Blog da Ana - 1000 dias

10.000 a.C. - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

10.000 a.C.

Brasil, Minas Gerais, Januária (P.N Cavernas do Peruaçu)

Entrando no Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Entrando no Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG


Imaginem o mundo há 10.000 anos, como ele era? Quando estamos no escritório, em casa, nas cidades, shoppings, enfim, nas nossas vidas cotidianas, logo imaginamos o Discovery Channel, o NatGeo ou ainda lembramos daquele filme de mesmo nome lançado recentemente. Puxamos na nossa imaginação todas as referências que temos do mundo antes dele ser ocupado pelo homo sapiens sapiens. Será que ainda existiam os dinossauros? Eras glaciais? Homens das cavernas? Aí até os Flintstones aparecem na memória! Fazendo este exercício percebemos como estes míseros 10 mil anos estão distantes da nossa realidade.

Gigantesca clarabóia na Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Gigantesca clarabóia na Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG


Há 10 mil anos estava terminando a última era Glacial e o mundo já era habitado pela nossa espécie. Eles lutavam para sobreviver ao frio, utilizando as cavernas como abrigo. As cavernas por sua vez possuem outra perspectiva do tempo e do mundo. A terra existe há 4,5 bilhões de anos, desde então passou por diversas eras geológicas, se transformando e evoluindo com a passagem dos milhões de anos, até hoje. As cavernas presenciaram e fazem parte desta história, pois o processo de formação destas cavidades segue há alguns milhões de anos.

Rio Peruaçu, no interior da Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Rio Peruaçu, no interior da Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG


Rio Peruaçu, no interior da Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Rio Peruaçu, no interior da Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG


Todo este processo fica claro quando entramos em um monumento natural como a Caverna do Janelão no Vale do Peruaçu. É monumental, sensacional, fantástico! São paredes de mais de 100m de altura, formações espeleológicas gigantescas, como o cogumelo ou a perna da bailarina, que está no Guiness Book por ser a maior estalactite do mundo com 28m de comprimento.

Formação na Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Formação na Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG


O maior estalagtite do mundo, a 'Perna da Bailarina', na Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

O maior estalagtite do mundo, a "Perna da Bailarina", na Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG


A natureza vem trabalhando há 2 ou 3 milhões de anos esculpindo nesta rocha calcária as mais variadas formas, túneis e salões que hoje nos deixam boquiabertos por sua grandeza. Ali dentro devem ter passado dinossauros, preguiças gigantes e toda a grande fauna que um dia já habitou o nosso continente. Soubemos que em uma fazenda próxima ainda se encontra um fóssil de uma preguiça gigante! Que achado!

Formação na Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Formação na Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG


Interior da Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Interior da Caverna Janelão, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG


Não é a toa também que ali, a apenas 45 minutos de caminhada, encontramos também curiosos painéis de pinturas rupestres, que um dia tiveram um significado completamente diferente para os nossos antepassados e hoje contam parte da história recente do nosso país.

Pinturas rupestres no 'Painel', no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Pinturas rupestres no "Painel", no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG


Sabe-se que os nossos índios não chegaram a conhecer estes homens das cavernas. Como será que eles eram? O que será que se passava pela cabeça destes homens, mulheres e crianças que viviam em um mundo completamente diferente do nosso? Como eles se abrigavam o frio, o que eles comiam? Como se comunicavam? O que será que esses símbolos significavam para eles?

Pinturas rupestres no 'Painel', no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Pinturas rupestres no "Painel", no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG


Todas essas perguntas surgem quando nos deparamos com um lugar como este. O Parque Nacional Cavernas do Peruaçu possui potencial imenso para se tornar um dos principais parques de pesquisa geológica e antropológica no Brasil. E agora, depois de visitar um lugar como este, fica muito mais fácil responder a aquela pergunta. Imaginem o mundo há 10.000 anos, como ele era? Boa parte das respostas surgirá. Intuitivamente, pois em algum lugar dentro de você estas lembranças, seja em memória genética ou espiritual, existem.

Mirante do Buraco dos Macacos, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Mirante do Buraco dos Macacos, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Brasil, Minas Gerais, Januária (P.N Cavernas do Peruaçu), Cavernas, parque nacional, espeleologia, Peruaçú, Caverna do Janelão

Veja todas as fotos do dia!

Diz aí se você gostou, diz!

Post anterior Vaqueiro no Vale do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Peruaçu e seus arredores

Post seguinte Obsservando praia do Rio São Francisco em Januária - MG

Back to 80s

Blog do Rodrigo Pinturas rupestres no 'Painel', no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, próximo à Januária - MG

Outros Mundos

Comentários (11)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 07/05/2016 | 11:55 por paulo

    ola acompanho vcs , ficom muito emocionado de ver imagens como esta ,sou de januaria ,conheço um pouco este parque, mas que pena que ainda não foi aberto pra visitação , parece que vai abrir ate fim de 2016,,,,um abraço
    volte mais vezes a januaria e visite o pantano de pandeiros

  • 26/06/2014 | 21:06 por Flora

    Acompanho voces desde que visitaram os amigos Oscar e Mauricio na passagem de voces por Delaware. Desde que voltaram a escrever depois do termino da viagem resolvi ler a estoria toda. E já estou aqui no seu blog. Menina, que lugar incrivel, que nunca tinha ouvido falar... E que experiencia de vida...
    No do Rodrigo eu estou acompanhando o final da viagem, louca para chegar na Antártida.

    Resposta:
    Obrigada Flora! Realmente o Peruaçú é um lugar incrível, espero que abra logo ao público para podermos voltar e explorar as belezas das Minas Gerais! O Ro já está escrevendo sobre a viagem à Antartida e eu devo entrar nesses posts logo também! Experiência fantástica!

  • 08/03/2014 | 22:26 por João Batista da Cunha Martins

    Achei o máximo as fotos das cavernas e pinturas rupestre, gosto do assunto, parabéns

    Resposta:
    Obrigada João! =)

  • 19/10/2012 | 16:22 por Joice Magalhaes

    Ana, o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu ainda não está aberto para visitas, exceto para pesquisadores e estudantes. A infraestrutura ainda não está pronta, acredita-se que esteja preparada para receber os visitantes a partir de 2014 (ano da copa do mundo). Abraço.

    Resposta:
    Obrigada pela resposta Joice! Espero que abram logo, nos também queremos voltar ;-)

  • 01/10/2012 | 03:35 por Joice Magalhaes

    Sou de Januária/MG, tive a oportunidade de conhecer a Gruta do Janelão no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu e venho através deste parabenizá-los pelo trabalho maravilhoso que foi realizado. A cidade de Januária/MG possui muitas maravilhas naturais como o Pântano - localizado no Rio Pandeiros,Grutas, dentre outras.

    Resposta:
    Obrigada Joice! Conhecer o Peruaçú era um privilégio para poucos, será que o parque já foi aberto ao público como estava prometido em 2012? Que lugar maravilhoso! Depois da abertura do parque só vale ficar de olhos bem abertos para que o lugar continue a ser preservado! Beijos!

  • 15/08/2011 | 20:35 por Sergio Santos

    Olá! Primeiramente parabéns pelas fotos! Sou praticante de escalada, e estou encantado com as paredes ao entorno de Januaria, Sou do Rio de Janeiro, quero muito conhecer a cidades, pude conhecer um pouco aqui, por suas fotos! Hehe, viva a net! Rs, bom em fim, muito bacana o seu post aqui! Bjs

    Resposta:
    Olá Sergio! O entorno da cidade de Januária é maravilhoso! Não conhecemos ninguém que faça escalada, específicamente, mas pode entrar em contato com o pessoal da Terra Sertão lá que vão te dar todos os caminhos! twitter: @TerraSertao ou www.terrasertao.com.br. Beijos!

  • 15/08/2010 | 18:46 por Mario Sergio Silveira

    Que fotos lindas, principalmente a do interior da caverna do janelão. Maravilha. Parabéns, beijos com orgulho do Bibo.

  • 12/08/2010 | 09:21 por Flávia Rolim

    Que lugar bárbaro!
    Beijos!

    Resposta:
    Lindo mesmo Flávia! Se prepara que logo o parque abre e não é longe para vc não! Beijos!

  • 11/08/2010 | 19:23 por josé geraldo

    Bela viagem Ana, aproveite a estada em Januária e conheça o Rio Pandeiros (pântano e cachoeiras) e o Rio Catulé em Bonito de Minas.

    Resposta:
    Olá José Geraldo! Nós passamos pelo Rio Catulé, vimos o pessoal descendo de bóia, uma delícia!

    Queríamos muito conhecer o Pantanal do Pandeiro, mas infelizmente não teremos tempo dessa vez. De qquer forma não faltarão oportunidades, queremos voltar qdo o PNCP estiver aberto!

    Obrigada!
    Bjs

  • 11/08/2010 | 13:48 por antonio

    que fotos lindas!

    Resposta:
    Oi Antonio! Que bom vê-lo por aqui! Volte sempre, temos sempre várias fotos bacanas =)
    Beijos!

  • 11/08/2010 | 13:18 por Paulinha Ribas

    nossa, q lugar fantástico!
    justifica toda sua divagação, hehe

    sou uma candidata à visita quando o parque abrir!

    Mudando de assunto: vou incluir Pirenópolis-GO quando for a Brasilia. Ouvi muito sobre o centro histórico e cachoeiras. Vcs vão passar por lá?

    Resposta:
    Vamos passar lá sim, mas não agora. Dizem que Perinópolis é maravilhoso, inclua no roteiro sem dúvida alguma!

    A divagação ficou chata demais? rsrsrs!
    Beijos!
    Ana

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet