0 Vulcão, Neve, Banho Quente e Cachoeira - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Vulcão, Neve, Banho Quente e Cachoeira - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Vulcão, Neve, Banho Quente e Cachoeira

Islândia, Myvatn, Akureyri

Relaxando nas águas quentes do lago natural no Myvatn Nature Bath, no norte da Islãndia

Relaxando nas águas quentes do lago natural no Myvatn Nature Bath, no norte da Islãndia


A região de Myvatn, onde chegamos ontem, é conhecida por suas fontes termais, por seu lago e por crateras de antigos vulcões. Ligando todos eles, uma extensa rede de trilhas e caminhos para serem percorridos a pé ou de bicicleta.

Observando a antiga cratera de vulcão Hverfjall, em Myvatn, no norte da Islândia

Observando a antiga cratera de vulcão Hverfjall, em Myvatn, no norte da Islândia


Em meio à neblina, caminhando até o alto de Hverfjall, uma antiga cratera vulcânica em Myvatn, no norte da Islândia

Em meio à neblina, caminhando até o alto de Hverfjall, uma antiga cratera vulcânica em Myvatn, no norte da Islândia


Os gêiseres, já havíamos visto ontem, antes de chegarmos à cidade. Assim como o lago, do lado do qual havíamos almoçado. Muita gente gosta de dar uma volta de bicicleta ao seu redor, mas nós planejávamos outro tipo de exercício para hoje: uma caminhada até o alto da cratera Hverfjall, a mais conhecida da região.

Em meio à neblina, caminhando até o alto de Hverfjall, uma antiga cratera vulcânica em Myvatn, no norte da Islândia

Em meio à neblina, caminhando até o alto de Hverfjall, uma antiga cratera vulcânica em Myvatn, no norte da Islândia


Na borda da cratera Hverfjall, em Myvatn, no norte da Islândia

Na borda da cratera Hverfjall, em Myvatn, no norte da Islândia


Quinze minutos de carro nos levam até um ponto de estacionamento, de onde começamos a caminhar. A paisagem é desértica, resultado de um solo pobre e clima rigoroso. Logo estamos na encosta da cratera e começamos a lenta subida. São quase 200 metros de desnível, mas com paciência chegamos lá encima, recompensados por uma vista cada vez mais ampla.

Embaixo de neve na cratera Hverfjall, em Myvatn, no norte da Islândia

Embaixo de neve na cratera Hverfjall, em Myvatn, no norte da Islândia


Embaixo de neve na cratera Hverfjall, em Myvatn, no norte da Islândia

Embaixo de neve na cratera Hverfjall, em Myvatn, no norte da Islândia


A cratera tem cerca de um quilômetro de diâmetro e é o resultado de uma erupção rápida, porém explosiva, há 2.500 anos. A grande falha tectônica sob a Islândia passa bem por aqui, o que explica toda essa atividade geológica. Mas agora, o que nos preocupava mais não era o que vinha de baixo, mas o que vinha de cima! Começou a nevar assim que chegamos ao topo de Hverfjall. Mas, pensando bem, que preocupação que nada! Foi é uma diversão! Nós, como bons brasileiros, adoramos neve. E fazia muito tempo que não víamos nevar. Só fez aquele momento ficar mais especial, mais inesquecível para nós!

A paisagem lunar ao redor da cratera Hverfjall, em Myvatn, no norte da Islândia

A paisagem lunar ao redor da cratera Hverfjall, em Myvatn, no norte da Islândia


Depois das fotos e da pequena nevasca passar, hora de descer. A neve até aumentou psicologicamente o nosso frio, o que nos fez ficar ainda mais animados com o próximo programa: um banho no Myvatn Nature Bath, uma lagoa natural de água quente ao ar livre.

Uma lagoa natural de águas quentes próprias para o banho, em Myvatn, no norte da Islândia

Uma lagoa natural de águas quentes próprias para o banho, em Myvatn, no norte da Islândia


Preparando-se para um mergulho nas águas quentes do Myvatn Nature Bath, no norte da Islãndia

Preparando-se para um mergulho nas águas quentes do Myvatn Nature Bath, no norte da Islãndia


Fomos de carro até lá, uma espécie de Blue Lagoon muito menos concorrida que a original, mais barata, rústica e natural. Enfím, um oásis de águas quentes naquelas terras geladas. Nossos músculos e espírito agradeceram as quase duas horas que por lá ficamos, quase sem concorrência, entre o calor da água e o frio do ar. Uma delícia!!!

Relaxando nas águas quentes do lago natural no Myvatn Nature Bath, no norte da Islãndia

Relaxando nas águas quentes do lago natural no Myvatn Nature Bath, no norte da Islãndia


Relaxando nas águas quentes do lago natural no Myvatn Nature Bath, no norte da Islãndia

Relaxando nas águas quentes do lago natural no Myvatn Nature Bath, no norte da Islãndia


Depois, pé na estrada novamente que nosso ritmo não pode diminuir. A ideia era dormir em Akureyri, a maior cidade do país fora da região de Reykjavik, com incríveis 25 mil habitantes. Mas ainda tínhamos uma outra parada antes de chegarmos lá...



Godafoss é uma das maiores cachoeiras do país. Não em altura, mas em volume de água. São 12 metros de altura por mais de 30 de largura e um mundo de água caindo. Por isso, talvez, tenha esse nome: Cachoeira dos Deuses.

Visitando a monumental Godafoss, cachoeira na região de Akureyri, maior cidade do norte da Islândia

Visitando a monumental Godafoss, cachoeira na região de Akureyri, maior cidade do norte da Islândia


Visitando a monumental Godafoss, cachoeira na região de Akureyri, maior cidade do norte da Islândia

Visitando a monumental Godafoss, cachoeira na região de Akureyri, maior cidade do norte da Islândia


Mas não, a origem do nome é outra. No ano 1000, quando um líder viking voltava do encontro anual do parlamento perto de Reykjavik para suas terras, no leste, ele parou por aqui. Esse líder era um antigo adorador dos deuses nórdicos, como Thor e Odin, mas havia se convertido ao cristianismo durante a reunião do parlamento. Então, em uma atitude altamente simbólica, jogou nesta cachoeira as estátuas dos antigos deuses que carregava. Assim, Godafoss não é simplesmente a “Cachoeira dos Deuses”, ela é a cachoeira de Thor e Odin, o que a faz ainda mais importante!

Admirando a força da cachoeira Godafoss, região de Akureyri, maior cidade do norte da Islândia

Admirando a força da cachoeira Godafoss, região de Akureyri, maior cidade do norte da Islândia


Admirando a força da cachoeira Godafoss, região de Akureyri, maior cidade do norte da Islândia

Admirando a força da cachoeira Godafoss, região de Akureyri, maior cidade do norte da Islândia


Ficamos ali, admirando, tirando nossas fotos e procurando as antigas estátuas. Infelizmente, não achamos. Também pudera! Com tanta água por ali e depois de 1000 anos, haja milagre! Mas não tem importância, o lugar é magnífico e o tivemos só para nós, observados lá de cima (ou lá de baixo?) por esses antigos e valentes deuses.

Visitando uma das mais famosas e belas cachoeiras do país, a Godafoss, região de Akureyri, maior cidade do norte da Islândia

Visitando uma das mais famosas e belas cachoeiras do país, a Godafoss, região de Akureyri, maior cidade do norte da Islândia


Depois da cachoeira, rumo a Akureyri, que fica bem na ponta de um longo fiorde que entra terra adentro pelo norte da ilha. Fosse em outras épocas do ano, aqui seria a nossa base para buscarmos as baleias que sempre visitam essa ilha gelada. Mas não em maio. Vamos, então, é aproveitar um pouquinho de vida urbana, já esquentando para chegar na “metrópole” Reykjavik.

A ring road, principal estrada no norte da Islândia

A ring road, principal estrada no norte da Islândia

Islândia, Myvatn, Akureyri, trilha, cachoeira, Lago, vulcão, Godafoss, Hverfjall

Veja todas as fotos do dia!

Quer saber mais? Clique aqui e pergunte!

Post anterior Visitando as fontes termais de Hverir, região de Myvatn, no nordeste da Islândia

O Leste do País e a História Moderna da Islândia

Post seguinte Os telhados coloridos de Reykjavik, a capital da Islândia

As Cidades Islandesas

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet