0 Temos Visto! - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Temos Visto! - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Temos Visto!

Guiana Francesa, Cayenne

O visto do Suriname, obtido em Cayenne - Guiana Francesa

O visto do Suriname, obtido em Cayenne - Guiana Francesa


Um pouco depois das sete da manhã a Ana já estava na porta do consulado do Suriname, que fica bem perto do nosso hotel, o Best Western Amazonia. Ela foi a terceira à chegar e logo ficou bem amiga do segundo, um alemão que viaja seis meses por ano com um budget de 15 dólares por dia.

Colhereiros e garças aproveitam a maré baixa em Cayenne para se alimentar na lama deixada para trás pelo mar, na Guiana Francesa

Colhereiros e garças aproveitam a maré baixa em Cayenne para se alimentar na lama deixada para trás pelo mar, na Guiana Francesa


Eu cheguei um pouco depois e logo fui procurar um lugar para a foto. Abria às oito, enquanto o consulado abria às nove. Então, fiquei guardando o lugar da Ana enquanto ela foi tirar a foto. Finalmente, tínhamos toda a documentação necessária. O problema agora era o visto demorar dois dias úteis para ficar pronto (sexta) e o fato de não termos passagem de avião para sair do Suriname, já que estamos de carro. Aliás, nem documentação do carro temos, só a brasileira, já que para entrar na Guiana Francesa não nos deram nada de documento pelo carro.

Garça se alimenta durante a maré baixa em Cayenne - Guiana Francesa

Garça se alimenta durante a maré baixa em Cayenne - Guiana Francesa


Tiramos aí o último ás da manga. Eu fui conversar com uma pessoa bem relacionada que havia nos sido indicada ontem. Ele foi super atencioso e conseguiu me colocar em contato com alguém do consulado, enquanto a Ana ainda estava na fila. Enfim, tudo se deu às mil maravilhas, documentos, formulários e foto entregues, taxa paga e conseguimos um visto de múltiplas entradas e em tempo hábil!

Baía em Cayenne, na maré baixa (Guiana Francesa)

Baía em Cayenne, na maré baixa (Guiana Francesa)


Ou seja, manhâ "ganha" no consulado, pudemos relaxar e passear por Cayenne. Fomos ao antigo porto da cidade onde, hora da maré baixa, garças e colhereiros faziam a festa na nutritiva lama deixada para trás pelo mar.

Passeando no porto velho de Cayenne - Guiana Francesa

Passeando no porto velho de Cayenne - Guiana Francesa


Na volta, sempre caminhando, passamos por um lado que ainda não tínhams andado, a Place du Coq. Pelas ruas, se ouve muito português. Acho que brasileiros e chineses disputam o título de maior comunidade estrangeira. Mas o comércio, sem dúvida, é dominado pelos orientais.

Place du Coq, em Cayenne - Guiana Francesa

Place du Coq, em Cayenne - Guiana Francesa


De noite, tiramos a Fiona da garagem pela primeira vez. Fomos até o subúrbio de Montjoly encontrar a Elza, uma das francesas que conhecemos em Algodoal. Jantamos numa pizzaria gostosa por ali mesmo, conversando e aprendendo sobre o país e seus costumes, principalmente o carnaval. A Elza é uma entusiasta da capoeira e se mudou para a Guiana há pouco tempo. Ela nos contou de uma festa que tem aqui todos os anos, no carnaval, onde as mulheres se fantasiam até ficarem irreconhecíveis, enquanto os homens não se fantasiam. Elas também disfarçam a sua voz de modo que mesmo seus amigos e namorados não às reconhecem. Deste modo, elas sabem sempre quem são os homes, mas estes não sabem com quem estão falando, dançando, bebendo, etc... Ela disse que muita gente desconfia que essa festa foi feita para que as mulheres possam ficar com outros homens, sem serem reconhecidas. Hmmm... espertinhas!

Com a Elza e sua super vespa, depois do jantar em Montjoly, região de Cayenne - Guiana Francesa

Com a Elza e sua super vespa, depois do jantar em Montjoly, região de Cayenne - Guiana Francesa


Amanhã, vamos a Korou, ao centro espacial. Mas voltamos para dormir em Cayenne, já que todos os hoteis por lá estavam lotados. Depois de amanhã, Île de Salut, perto de Korou também. Mas nesse dia poderemos dormir por lá. Rumo ao oeste!

Guiana Francesa, Cayenne,

Veja todas as fotos do dia!

Gostou? Comente! Não gostou? Critique!

Post anterior Fantasia de carnaval em Cayenne, na Guiana Francesa

Carnaval

Post seguinte Réplica do foguete Ariane V, no Centro Espacial em Kourou - Guiana  Francesa

Passado e Futuro

Blog da Ana O antigo porto de Cayenne, na Guiana Francesa

Pé no Suriname!

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 10/03/2011 | 21:37 por Lucia

    Oh Aleluia!!!
    Vim aqui correndo dar uma olhadinha só pra ver se já tinham conseguido o visto.
    Fico feliz que deu certo então.
    Que tudo corra bem, estou sempre torcendo por vcs.
    Beijinhos aos dois.
    Fiquem com Deus.

    Resposta:
    Oi Lucia
    Continue torcendo!
    Para driblar essa burocracia toda, só com muita torcida mesmo, hehehe!
    Por enquanto, vamos indo.
    Bjs

  • 08/03/2011 | 21:36 por Sergio Paiva Sampaio

    Bon soir,.......td bem ai,...sou o irmao da Mariangela de delfinopolis,..da pousada rosa dos ventos,...a melhor da regiao,....rrsrrsrsrrsrsrsrsrr,......to aqui na casa do Guto junto com a sonia e luis paulo,...soube de suas aventuras geograficas,......sociais,.......etc e tal,.......fui 2 vezes ao Haiti recentemente,...vou novamente depois do segundo turno dia 20/03,...quem sabe a gente se ve la,..........abracao e boa sorte na viagem,....fotografe td,........ligado ao saneamento,..........rsrsrrsrsrsrrsrs,.....

    Resposta:
    Olá Sergio.
    Lembro-me perfeitamente de você!
    Pois é, as aventuras são geográficas e sociais mesmo! Principalmente a partir de agora...
    Nós estávamos mesmo planejando ir para o Haiti por agora, mas acabamos deixando para um pouco mais tarde, Mas qualquer dica sobre o país será muito bem vinda, pois nós vamos passar por lá com certeza!
    Abs para vc, Sônia, Luís Paulo, Mariangela, Delfinópolis, Ribeirão e Paris!

  • 08/03/2011 | 14:50 por Dona Helen

    Mes filles
    Je suis trés hrureuse avec tes efforts avoir eté
    coronnés de succés!
    Il serait pas necessaire disloquer la pauvre Anna vers
    Curitiba.
    Pas de mauvaise humeur?
    Prometez-moi d'être prudents pendant l'autres
    voyages!
    Baises pour les deux et au revoir. Mm


    Resposta:
    Olá Mama!
    Pois é, deu tudo certo com os vistos! Vamos ver agora como funciona a entrada no Suriname, nossa e da Fiona...
    A "pobre" Ana perdeu a chance de dar um pulo em Curitiba e matar a saudade da família e da sobrinha...
    Mal humor, não. Só um pouquinho de preocupação saudável, hehehe
    Prudentes sempre! Afinal, juízo e canja de galinha não fazem mal a ninguém, né?
    Beijos e muitas saudades

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet