0 Susto na Fronteira - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Susto na Fronteira - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Susto na Fronteira

Guiana Francesa, Saint Laurent

Deixando para trás Saint Laurent e a Guiana Francesa

Deixando para trás Saint Laurent e a Guiana Francesa


Vamos ter de passar por muitas fronteiras nesses 1000 dias. A maioria delas, com a Fiona, mas algumas sem, especialmente nas ilhas do Caribe. Para passar por todas elas, a documentação básica é um passaporte válido por 6 meses, vacina de febre amarela, dinheiro e/ou cartão de crédito. Para os países que formos sem a Fiona, passagens aéreas saindo do país ou da região. Para os países continentais, aonde passaremos com a Fiona, um seguro internacional e a carteira de motorista internacional. E para alguns poucos países, um visto de entrada.

A Ana, que tem dupla nacionalidade, brasileira e italiana, consegue entrar em todos os países, ora usando um, ora usando outro. Eu, brasileiro puríssimo, preciso de visto para México, Estados Unidos, Canadá e Guiana Francesa. Os dois primeiros, consegui antes do início da viagem. O da Guiana, consegui em Macapá, em situação especial. O do Canadá, ainda falta resolver. A Ana, que descobriu que seu passaporte brasileiro está vencido, precisou fazer um visto para o Suriname, como italiana. Conseguimos fazer isso em Cayenne.

Bom... agora a nossa querida Fiona. Seguro internacional não é das coisas mais baratas. Paga-se por um período específico. Como só ficamos sabendo com certeza a data de entrar na Guiana com duas semanas de antecipação, foi aí que compramos o seguro. A nossa companhia, apesar de internacional, não está muito acostumada com seguros para as Guianas. Imagino que eu tenha sido o primeiro... Junte-se a isso o período de carnaval e o resultado é que o carro está segurado, mas eu só tenho um vago email escrito em português que diz que o carro está segurado no exterior ("extensão de perímetro").

Barco Gabrielle, que faz a travessia entre a Guiana Francesa e o Suriname

Barco Gabrielle, que faz a travessia entre a Guiana Francesa e o Suriname


Foi com isso que chegamos à Guiana Francesa, e era o que me deixava mais preocupado na época. Bom, por alguma grande sorte, ou por falta de costume mesmo, o cara na fronteira simplesmente confiou em mim e nós passamos.

Agora, hoje, já não foi bem assim. Para sair da Guiana, a policial fronteiriça já nos atazanou bastante. Depois de consultar seus superiores por teleone, disse que só nos deixaria passar porque estávamos saindo. Se estivéssemos entrando, ela não deixaria de jeito nenhum. Queria, no mínimo, algo escrito em inglês, com os países especificados. Ao final, já nossa amiga, alertou: "Vão ter problemas do lado de lá..."

Apesar da reza durante a travessia, ela acertou na mosca. O simpático policial surinamês disse que a Fiona não poderia entrar. As alternativas eram voltar para a Guiana ou comprar um seguro ali mesmo. A primeira opção foi logo descartada, afinal, meu visto tinha vencido hoje. A segunda opção, bem, hoje era sábado e tudo estava fechado. Quem sabe na segunda-feira...

Chegando à Albina, no Suriname

Chegando à Albina, no Suriname


Ou seja, teríamos de passar algumas noites na "simpática" Albina. Para quem não se lembra ou não quer "googar" essa cidade, Albina é o local onde, no natal de 2009, houve tumultos em que a comunidade local atacou a comunidade brasileira matando alguns e estuprando algumas. Um belo local para eu passar o fim de semana com minha linda esposa...

O guarda até nos emprestou seu celular para eu falar na linha internacional da companhia de seguros. Eles ficaram de mandar um fax com algum documento. Não sei se chegaram a mandar, mas o fato é que um anjo na forma de chefe do guarda apareceu por lá. O tal anjo entendia um pouco de português. Mostrei para ele o histórico de emails trocados com a companhia e, por milagre, ele resolveu nos deixar passar.

Assim, quase duas horas depois de chegarmos ao Suriname, conseguimos passar e deixar Albina para trás, rumo à Paramaribo, a capital do país. Não sei se sentia mais alegria por ter deixado aquele pesadelo para trás ou raiva da companhia por ter passado esse susto. Bom, o fato é que passamos e agora a briga continua para termos o tal documento em inglês antes de chegarmos à fronteira da Guiana. Como uma amiga disse que sempre gosto de fazer o "jogo do contente", vou ser positivo: o documento vai chegar!

Guiana Francesa, Saint Laurent,

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Ruínas da antiga prisão em St. Laurent, na Guiana Francesa

Prisões e Reencontro

Post seguinte Primeira visão de Paramaribo, no Suriname

Já Estamos no Suriname!

Blog da Ana Barco Gabrielle, que faz a travessia entre a Guiana Francesa e o Suriname

Suriname, de Albina a Paramaribo

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 06/02/2016 | 16:29 por Herlane

    Boa Tarde Ana e Rodrigo,

    Em primeiro lugar, adorei muito o relato e fotos desta viagem para a Guiana Francesa. Estou querendo passar a semana santa deste ano com minhas duas filhas (9 anos e 7 anos) em Caiena, na verdade eu, meu esposo e minhas filhas adoramos praia e como estamos a 2 meses morando no Amapá (eu em Macapá e ele em Oiapoque) por questão de trabalho, queríamos aproveitar para conhecer as praias de Caiena. Primeiramente:
    1) vcs me indicariam alguma praia, que seja linda, tranquila e perfeita para quem está com crianças?
    2)como é a estrada de St Georges para Caiena?
    3) Como estamos indo de carro próprio vcs teriam alguma conselho, será que vou precisar de seguro internacional para meu carro?
    4) Vcs teria como me indicar um hotel ou pousada boa e que não seja muito caro?
    5) Não falamos Francês, será que teremos muita dificuldade?
    Agradeço muito se me ajudassem com estas dúvidas.

    Atc,

    Herlane Borges

  • 06/02/2016 | 16:27 por Herlane

    Boa Tarde Ana e Rodrigo,

    Em primeiro lugar, adorei muito o relato e fotos desta viagem para a Guiana Francesa. Estou querendo passar a semana santa deste ano com minhas duas filhas (9 anos e 7 anos) em Caiena, na verdade eu, meu esposo e minhas filhas adoramos praia e como estamos a 2 meses morando no Amapá (eu em Macapá e ele em Oiapoque) por questão de trabalho, queríamos aproveitar para conhecer as praias de Caiena. Primeiramente:
    1) vcs me indicariam alguma praia, que seja linda, tranquila e perfeita para quem está com crianças?
    2)como é a estrada de St Georges para Caiena?
    3) Como estamos indo de carro próprio vcs teriam alguma conselho, será que vou precisar de seguro internacional para meu carro?
    4) Vcs teria como me indicar um hotel ou pousada boa e que não seja muito caro?
    5) Não falamos Francês, será que teremos muita dificuldade?
    Agradeço muito se me ajudassem com estas dúvidas.

    Atc,

    Herlane Borges

  • 14/03/2011 | 23:10 por Tatiana de Queiroz

    Que susto,hein, Rodrigo. Ainda bem que tudo deu certo. Abs

    Resposta:
    Nem me fale...
    Nem me fale,,,
    Abs

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet