0 Sol e Lua no Atacama - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Sol e Lua no Atacama - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Sol e Lua no Atacama

Chile, San Pedro de Atacama

Magnífica lua cheia no Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile

Magnífica lua cheia no Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile


Chegamos em San Pedro em pleno feriadão chileno. Assim, a cidade estava cheia de turistas chilenos e encontrar hotel não foi tarefa fácil. Nem para nós nem para os outros turistas desavisados, vários deles brasileiros, que chegaram sem alguma reserva. Achamos um hotel, o La Ruca, que tinha quarto para hoje apenas. Depois, só na segunda-feira, final do feriado. No sábado e domingo, mudaremos para outro que a própria menina do La Ruca nos ajudou a achar.

A bela igreja de San Pedro de Atacama - Chile

A bela igreja de San Pedro de Atacama - Chile


Resolvido a moradia, passamos ao estômago. A cidade é cheia de restaurantes, principalmente na rua Caracoles. O centro, com sua praça e sua rua peatonal é facilmente percorrido à pé. Ruas de terra, casas de adobe e todos os restaurantes com grandes áreas sem teto, já que por aqui raramente chove. Achamos um lugar jóia para comer e, bem alimentados, caminhamos pela cidade atrás de caixas automáticos e atrações turísticas, como a simpática igreja pintada de branco e com a parte interna feita de cardon (cactus).

Caminhando na praça de San Pedro de Atacama - Chile

Caminhando na praça de San Pedro de Atacama - Chile


Enfim, já com o final de tarde se aproximando, começamos nossas explorações do entorno da cidade e do deserto, que é justamente o que atrai turistas do mundo inteiro para cá. O local escolhido foi o Valle de La Luna, a poucos quilômetros do centro de San Pedro e para onde alguns corajosos vão de bicicleta. São várias as atrações dentro desse parque, inclusive o mais tradicional programa turístico do Atacama: assistir ao pôr-do-sol de cima das enormes dunas do deserto.

Uma das dezenas de agências de turismo em San Pedro de Atacama - Chile

Uma das dezenas de agências de turismo em San Pedro de Atacama - Chile


Nós fomos de carro mesmo e assim ainda tivemos tempo de percorrer outras atrações do vale. A estrada faz um circuito que passa pelas atrações cênicas, formações rochosas distintas e mirantes que nos dão magníficas visões do deserto. Nosso único trabalho é tentar driblar as hordas de turistas.

Paisagem desértica do Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile

Paisagem desértica do Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile


A absoluta maioria deles chega no Atacama sem condução própria e quase todos passam a conhecer as atrações através das agências que oferecem dezenas de tours. A exceção são algumas atrações mais próximas em que alguns turistas mais "aventureiros" chegam de bicicleta. Mais sorte tem aqueles que estão de Fiona e podem fugir das vans e ônibus carregados de turistas, quase todos chegando ao mesmo lugar ao mesmo tempo, sem precisar pedalar por quilômetros à fio sob o forte sol do deserto.

Filmando o pôr-do-sol no Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile

Filmando o pôr-do-sol no Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile


A gente chegou meio tarde ao parque e demos uma volta pelo vale até as "Três Marias" enquanto os ônibus e vans já levavam seus clientes para as dunas. Mas nossa paz não durou muito já que não queríamos perder o pôr-do-sol também. Aí, não teve jeito, lá fomos nós para o meio da multidão assistir a esse duplo espetaculo da natureza: o sol se pondo de um lado e a lua cheia nascendo do outro. O primeiro nos lembrou muito nossa querida Jericoacoara, pela duna, pelo astro e pela multidão. Muito lindo por aqui mas em Jeri é ainda mais bonito. O segundo, para esse não há palavras... Que coisa mais maravilhosa é a lua sobre o deserto!

Assistindo o pôr-do-sol no Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile. A lua cheia, atrás, é testemunha!

Assistindo o pôr-do-sol no Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile. A lua cheia, atrás, é testemunha!


Fim de festa para quase todos os turistas, já que suas vans e ônibus tem seus horários a cumprir. Mas não para nós, pois a Fiona é bem mais relaxada com as horas. Seguimos para outra das grandes atrações do vale, um canyon com várias cavernas cavadas pela água em meio ao solo rico em sal. Naquela hora, éramos apenas nós e mais dois ciclistas que também não dependiam das agências. Aproveitamos as últimas luzes no céu para entrar nas cavernas, já que tínhamos deixado nossas lanternas no carro (ufff!). São verdadeiros túneis se esgueirando por entre barrancos, a claridade entrando aqui e ali através de pequenas aberturas. Mas, fim do dia, fim da luz, as cavernas já estavam escuras como breu em algumas partes. Tivemos que sair no meio do caminho, por uma rota alternativa, enquanto os ciclistas, com suas lanternas, puderam seguir até o fim.

Início da noite no Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile

Início da noite no Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile


Agora, já no lado de fora das cavernas, mas ainda dentro do canyon, decidimos continuar nosso passeio. A lua cheia seria nosso guia. Nossa... que caminhada mais incrível nós tivemos! A largura do canyon varia de poucos metros a uns vinte, enquanto suas paredes tem outros vinte de altura. Àquela hora, talvez devido à diferença de temperatura entre o dia e a noite, as rochas e paredes estalavam a todo momento, preenchendo o silêncio da noite com barulhos e ecos. A noite, como já disse, era iluminda pelo mais puro luar prateado de uma lua cheia que fazia sombras tão fortes como se fosse dia. Percorremos quase um quilômetro de canyon, sempre imaginando o que nos esperava depois da próxima curva de canyon, sentidos aguçados ao máximo. Finalmente, depois de mais uma curva, lá estava uma enorme duna de areia. Enquanto na duna do pôr-do-sol só podíamos pisar dentro de uma trilha demarcada e, mesmo assim, dividir aquele exíguo espaço com outras centenas de pessoas, agora essa duna era nossa, toda nossa. Quer dizer, nossa, da lua maravilhosa acima de nós e das dezenas de espíritos e entidades que nos acompanharam naquela nossa caminhada pelo canyon. Foi realmente muito especial! A melhor boas vindas que esse deserto poderia nos oferecer.

Noite de lua cheia no Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile

Noite de lua cheia no Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile


Depois de algum tempo admirando a lua e a chuva de meteoros no céu estrelado do deserto (estrelado mesmo com lua cheia!), era hora de voltar. Que mais de bom poderia nos acontecer? Pois é, depois dessa experiência, difícil imaginar alguma coisa. E não é que, jantando num gostoso restaurante conhecemos uma importante repórter de uma grande rede de TV brasileira? Quem sabe não sai alguma coisa desse encontro? Bom, mesmo que não saia, foi uma gostosa conversa. E para amanhã, mais deserto, que nós só estamos começando nossas explorações desse lugar mágico chamado Atacama...

A lua cheia ilumina o canyon no Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile

A lua cheia ilumina o canyon no Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile

Chile, San Pedro de Atacama,

Veja todas as fotos do dia!

Participe da nossa viagem, comente!

Post anterior No Paso de Jama, fronteira entre Argentina e Chile, a 4.400 metros de altitude

Chegando ao Chile

Post seguinte Maravilhoso pôr-do-sol na Laguna Chaxa, no deserto do Atacama - Chile

Fim de Tarde Cinematográfico

Blog da Ana Magnífica lua cheia no Valle de la Luna, em San Pedro de Atacama - Chile

Valle de La Luna

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 07/09/2016 | 13:02 por Karine

    É realmente tão lindo como nas fotos! amei conhecer, e quero muito voltar um dia!

  • 20/08/2015 | 17:51 por dilza

    Nossa,estou amando essa sua viagem pela Argentina e agora entrando no Chile! Que paisagens magníficas!
    Parabéns!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet