0 San José - Blog do Rodrigo - 1000 dias

San José - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

San José

Costa Rica, San José

O Teatro Nacional, de inspiração francesa, o mais belo da América Central, em San José, capital da Costa Rica

O Teatro Nacional, de inspiração francesa, o mais belo da América Central, em San José, capital da Costa Rica


Ontem, dia 08, conforme imaginávamos, acordamos os dois com muitas dores musculares. "Uma dor saudável!", gosto de pensar e dizer. A Ana, além dessa dor "saudável", continua com as outras, nada saudáveis: bolhas, unhas e joelhos. Pelo menos, já estavam melhor que naquele sofrido quilômetro final do trekking no Chirripó.

A Av. Central no seu techo peatonal, em San José, capital da Costa Rica

A Av. Central no seu techo peatonal, em San José, capital da Costa Rica


Caminhando cuidadosamente, arrumamos a Fiona e deixamos a pequena e simpática San Gerardo. O destino era a capital do país, San José. SEguindo a nossa tática da variação de destinos, depois de uns dias na praia e outros na montanha, nada melhor que uma temporada na cidade grande. Ainda mais quando ela está justo no nosso caminho para o norte do país.

A preocupação com a reciclagem é muito comum na Costa Rica (foto na Av. Central de San José)

A preocupação com a reciclagem é muito comum na Costa Rica (foto na Av. Central de San José)


San José, que teimamos em confundir com "San Juan", capital de Porto Rico (isso expliaca a confusão?), é a segunda mais nova capital das américas, só perdendo para a nossa Brasília. Conhecida como Chepe pelos habitantes locais, é uma cidade de trânsito e ruas organizadas, o que contrasta bastante com as usualmente caóticas metrópoles latinas. Essa "vantagem" contrabalança um pouco a falta de um centro histórico ou de uma arquitetura mais interessante.

O Teatro Nacional, de inspiração francesa, o mais belo da América Central, em San José, capital da Costa Rica

O Teatro Nacional, de inspiração francesa, o mais belo da América Central, em San José, capital da Costa Rica


Uma exceção é o já centenário Teatro Nacional, de inspiração francesa. Considerado o mais belo teatro da América Central, está apresentando esses dias o "Quebra Nozes", com um grupo do Amertcan Ballet. Bom demais para ser verdade, né? Mas, claro, todos os ingressos estãop vendidos para suas quatro apresentações. Assim, tivemos que nos satisfazer em ver o belo prédio por fora e uma rápida visita em seu interior.

Visitando o Teatro Nacional em San José, capital da Costa Rica

Visitando o Teatro Nacional em San José, capital da Costa Rica


Nós chegamos na cidade ontem de tarde e nos instalamos no Kap's Place. Ainda cansados da caminhada dos dias anteriores, o máximo que fizemos foi ir a um restaurante ali do lado onde um cantor (muito bom!) tinha exatamente a mesma voz do Zé Ramalho. Incrível! Hoje, já mais descansados, fomos andando até o centro, passeamos pela Avenida Central, fechada só para pedestres, e fomos ver o Teatro Nacional. Bem em frente, o Café Paris, sob as arcadas do mais tradicional hotel do país, o Grand Hotel, é um ótimo lugar para se tomar uma taça de vinho e comer boa comida.

Teatro Nacional visto do Café Paris, em San José, capital da Costa Rica

Teatro Nacional visto do Café Paris, em San José, capital da Costa Rica


Aproveitamos também para consertar minha mochila e meu óculos enquanto a Ana fazia sua visita mensal ao salão de beleza. Acabamos por não visitar o Museu do Jade, muito recomendado. Quem sabe na volta, se passarmos por aqui...

Momento de reflexão no Café Paris, sob as arcadas do Gran Hotel, em San José, capital da Costa Rica

Momento de reflexão no Café Paris, sob as arcadas do Gran Hotel, em San José, capital da Costa Rica


Amanhã, rumamos para o norte. Vamos para a península de Nicósia, cheia de praias famosas. De lá, ainda queremos passar por um parque nacional com um lendário rio celeste e, finalmente, seguir para nosso próximo país, a Nicarágua. Cada vez mais na América Central!

Costa Rica, San José,

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior Junto com os outros madrugadores no cume do Chirripó, na Costa Rica

No Teto da Costa Rica

Post seguinte Magnífico pôr-do-sol sobre o Pacífico na praia de Santa Tereza, ponta sul da península de Nicoya, na Costa Rica

De Volta à Praia

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet