0 Rumo à Oeste - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Rumo à Oeste - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Rumo à Oeste

Suriname, Paramaribo, Nickerie

Observando a Guiana do outro lado do mar, no final de tarde em Nickerie - Suriname

Observando a Guiana do outro lado do mar, no final de tarde em Nickerie - Suriname


Primeiro compromisso do dia: café da manhã! Esqueceram de nos acordar às oito, mas uma hora mais tarde, sabe-se lá porque, a moça da limpeza esmurrava nossa porta perguntando se queríamos room service??? Bem, não queríamos, mas serviu para despertarmos e conseguirmos nosso bendito café da manhã!

Templo indiano, muito comum no Suriname

Templo indiano, muito comum no Suriname


Segundo compromisso: seguro da Fiona! A Ellen e o Donavan, que tanto nos ajudaram que estávamos até sem graça, passaram no hotel e me levaram até uma seguradora. Demorou um pouco para explicar o que eu queria e eles descobrirem se poderiam segurar um carro brasileiro indo para a Guiana, mas no fim deu tudo certo e já temos seguro para o país vizinho, além de um seguro para esses últimos dois dias de Suriname. Beleza! Espero que nossa próxima passagem por fronteira com a Fiona seja mais tranquila que a última!

Atravessando rio no Suriname em direção à fronteira com a Guiana

Atravessando rio no Suriname em direção à fronteira com a Guiana


Seguro feito, bagagem no carro, despedidas feitas, partimos para a segunda maior cidade do país, Nickerie, já na fronteira com a Guiana, a pouco mais de 200 km de Paramaribo. Estrada bem razoável e vazia, passando por uma vasta planície, rios caudalosos e pequenas vilas. Muitos templos indianos também. Afinal, um terço da população daqui vem de lá, entre hinduístas e budistas. Outro bom pedaço é chines. Ou, pelo menos o comércio é. Todos os supermercados e boa parte das pequenas vendas tem nome de chinês. Chegando perto de Nickerie, descobrimos que essa região é o celeiro do país, com grandes fazendas produtivas. Fazia tempo que não víamos uma grande plantação!

Grandes fazendas no oeste do Suriname

Grandes fazendas no oeste do Suriname


Aqui chegando, nos instalamos no Residence Inn. Já bem final de tarde, fomos admirar o rio quase mar, ou mar quase rio que separa a cidade do país vizinho. De tão largo, é até difícil avistar a Guiana. Amanhã, sairemos às sete daqui, seguindo uma hora por uma estrada rumo ao sul, onde o rio é bem mais estreito e está o porto de onde opera o ferry diário para a Guiana.

Avenida principal de Nickerie, com palmeiras e muitas flores de Lotus (Suriname)

Avenida principal de Nickerie, com palmeiras e muitas flores de Lotus (Suriname)


No hotel temos conexão de internet de ótima qualidade. Isso nos possibilitou falar por uma hora com minha irmã, na Inglaterra. Não é incrível? Nós aqui, numa pequena cidade entre o Suriname e a Guiana, podermos falar com vídeo de boa qualidade com alguém na Inglaterra? Há doze anos atrás, quando fiz uma grande viagem pelo mundo, achava incrível poder mandar um e-mail para família e amigos espalhados pelo mundo, com um simples toque de botão. Há vinte anos, quando fui à Bolívia e Peru na minha primeira mochilada internacional, a comunicação ainda era com cartões postais. E olha que, em 1990, a gente já se achava em plena era tecnológica! Era a idade da pedra!!! Fico pensando como será daqui a dez anos... Nossa, dá até medo!

Observando a Guiana do outro lado do mar, no final de tarde em Nickerie - Suriname

Observando a Guiana do outro lado do mar, no final de tarde em Nickerie - Suriname


Bom, é isso aí, amanhã, país novo! Na verdade, vai servir para me tirar uma dúvida: quando conto quantos países eu conheço, nunca sei se posso contar a Guiana. Isso porque, há quatros anos, com a Ana, subimos o Monte Roraima. Lá encima está a fronteita tríplice, Brasil, Venezuela e Guiana. Passamos bem uns 5 minutos no país, adentramos uns 30 metros Guiana adentro. Tecnicamente, eu posso contar a guiana na minha lista? Bem, amanhã, não vou mais precisar ter essa dúvida, hehehe!

'Drempel' = lombada. A gente logo aprende, andando nas estradas do Suriname

"Drempel" = lombada. A gente logo aprende, andando nas estradas do Suriname

Suriname, Paramaribo, Nickerie,

Veja todas as fotos do dia!

Gostou? Comente! Não gostou? Critique!

Post anterior Com o Scott, a Ellen e Donovan (casal que conhecemos em Belém!), em Paramaribo - Suriname

Dia de Folga, Noite nem Tanto

Post seguinte Balsa entre Suriname e Guiana, cruzando o rio Correntyne

Chegando à Guiana

Blog da Ana Templo indiano, muito comum no Suriname

Little India

Comentários (4)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 06/05/2011 | 17:22 por samuel baker mororo aragao

    MARAVILHOSA... a emoção de acompanhar vocês,pelos 1000 dias... as fotos,os lugares..a natureza!! enfim.. Obrigado por tornar mais fácil o nosso: "estress" diário!, afinal é como se estivéssemos viajando também!

    Resposta:
    Olá Samuel
    Legal que você goste do site e das fotos!
    Obrigado mesmo pelo comentário. É um estímulo para que continuemos a escrever e tentar compartilhar nossa viagem com vcs!
    Abs

  • 20/04/2011 | 15:00 por BETO JUNQUEIRA

    obrigado pelo retorno, farei de tudo para recebÊ-los pessoalmente, prometo até avisar todos meus amigos para dar boas vindas.
    Quando for passar por aqui avise antes, estaremos la nem que for para acenar as mãos.
    eu e minha esposa somos seus fãs..
    Abrçao

    Resposta:
    Opa!
    Então, temos um encontro marcado, hein!
    Um grande abraço

  • 19/04/2011 | 11:10 por BETO JUNQUEIRA

    Ri muito com a lembrança do cartão postal e como sera,mesmo, daqui a dez anos. Rodrigo vou ter que concordar com vc, tecnicamente vc ja esteve na guiana...rrrsss.
    Mas pra garantir é melhor andar uns 300 metros ou mais..hehehehe
    abração
    Para não perder o costume poderia mandar um cartão postal pra mim. Autografado pelos dois, é claro.
    Rua sebastião taveira 62 apt 303
    Condominio monterrey
    monte castelo
    Campo Grande - MS
    cep 79010480
    Em homenagem ao bons tempos do correio aereo, rs
    Sucesso pessoal.

    Resposta:
    Olá primo
    Desta vez, entramos mesmo na Guiana! Agora não tem mais discussão, hehehe!
    Vamos tentar enviar o cartão. Estamos meio sem prática com isso. Onde fica o correio? O que é "correio" ???
    Podemos também é entregar o cartão pessoalmente, aí em Campo Grande. Mas vc vai ter que ter um pouco de paciência... Vamos passar pelo Mato Grosso do Sul na nossa segunda descida pelo Brasil (vamos iniciar a primeira agora!), quando estivermos voltando da América do Norte. Deve ser lá pelo meio de 2012. Até lá, muito chão!
    Abraços e continue comentando. Não sabe o bem que faz para nós!

  • 19/04/2011 | 11:02 por BETO JUNQUEIRA

    Rodrigão só pra lembrar.
    Hoje faz um ano que voces estavam no "See you, Bahamas "
    Eu fico a imaginar. como esta cabeça de vcs com tanta informaçao..
    Sucesso na jornada. lembranças à Ana.

    Resposta:
    Olá primo!
    Bela lembrança! Eu também adoro ficar vendo os posts de 1 ano atrás, para ver aonde estávamos e tudo o que já andamos neste período! Como vc mesmo disse, é MUUUUITA informação. Ainda bem que tem os posts para lembrar, né?

    Um grande abraço

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet