0 Pelas Montanhas e Ares do Rio de Janeiro - 1a parte - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Pelas Montanhas e Ares do Rio de Janeiro - 1a parte - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Pelas Montanhas e Ares do Rio de Janeiro - 1a parte

Brasil, Rio De Janeiro, Rio de Janeiro

Tradicional foto com o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro - RJ

Tradicional foto com o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro - RJ


A previsão dizia que hoje seria o último dia de sol por muito tempo aqui no Rio, mas não foi assim que amanheceu não. Estava acizentado, com cara de cama até tarde. Mas não era o caso. Tinha compromisso às 07:30 na Lagoa, encontro com o Pfeifer, um grande amigo do primo Haroldo que acabou se tornando amigo meu também , principalmente depois de viajarmos os três para Argentina e Chile, há mais de 18 anos. No meio da viagem o Haroldo teve de voltar e continuamos, eu e o Pfeifer, até Punta Arenas, lá no fim da América e do mundo. Depois disso ele se formou, mudou de país, voltou para o Brasil, casou-se e tem dois filhos. Já é carioca há um bom tempo e não nos víamos há uns 15 anos, pelo menos...

Encontro com o Pfeifer na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro - RJ

Encontro com o Pfeifer na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro - RJ


A Ana venceu seu sono também (para ela, o esforço é sempre maior!) e fomos para a Lagoa, eu correndo e ela de bicicleta. Com algum trabalho, finalmente encontramos o Pfeifer. Ela mora no Corte de Cantagalo e a Lagoa é seu quintal. Que chato... Foi jóia revê-lo e ver também a sua esposa e os flhos, esses por fotos.

Correndo na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro - RJ

Correndo na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro - RJ


Feito a social, terminamos a volta na Lagoa. Adoro dar essa volta e faço sempre que posso. Muito bem marcada, a pista, e a vista, nem se fala. Nesse meio tempo, o céu azul apareceu, voltamos para casa, pegamos a Fiona e partimos para ver o Rio das alturas.

O Pão de Açúcar, visto do alto do Corcovado, no Rio de Janeiro - RJ

O Pão de Açúcar, visto do alto do Corcovado, no Rio de Janeiro - RJ


Primeira parada, nada mais nada menos que o Corcovado e o Cristo Redentor. Foi-se o tempo que podíamos seguir de carro até lá em cima. Agora, paramos antes e o último trecho é feito de van. A entrada, um verdadeiro assalto, é 16 reais em dias de semana e quase 25 nos finais de semana e feriados. Imagina o quanto que não estão faturando... Deste modo, infelizmente, a pobre Fiona não pode conhecer o Cristo Redentor. Só por fotos...

Ipanema, Leblon e Gávea vistos do alto do Corcovado, no Rio de Janeiro - RJ

Ipanema, Leblon e Gávea vistos do alto do Corcovado, no Rio de Janeiro - RJ


Lá em cima, vista absolutamente espetacular para todos os lados. Realmente, é a cidade mais bonita do mundo, pelo menos das que eu conheço. A Lagoa, a Floresta da Tijuca, a Pedra da Gávea, os Dois Irmãos, o Pão de Açúcar, a Baía da Guanabara, todos juntos formando uma verdadeira pintura. É de cair o queixo. O meu e das centenas de turistas, brasileiros e gringos, que visitam o monumento todos os dias. Para nós, que temos andado pela cidade nesses últimos dias, é uma delícia vê-la de cima, tentar reconhecer prédios, bairros, morros e praias que temos estado e visitado. Melhor aula de geografia não há.

Fiona atravessando a Floresta da Tijuca pela Estrada das Paineras, no Rio de Janeiro - RJ

Fiona atravessando a Floresta da Tijuca pela Estrada das Paineras, no Rio de Janeiro - RJ


De lá seguimos para a Estrada das Paineras, que corta o Parque Nacional da Floresta da Tijuca, maior parque urbano do mundo. Nos fins de semana, essa estrada é fechada para pedestres, que fazem a festa lá em cima, ar mais puro e fresco que ao nível do mar, várias bicas de água doce para se refrescar e banhar-se. Numa sexta os carros podem passar. Ela é bem vazia e é difícil imaginar que estamos no coração (ou nos pulmões?) da segunda maior metrópole brasileira.

Pedra da Gávea vista do alto do Corcovado, no Rio de Janeiro - RJ

Pedra da Gávea vista do alto do Corcovado, no Rio de Janeiro - RJ


A Floresta da Tijuca na verdade é um reflorestamento. Toda a área já foi uma gigantesca plantação de café. Mas quando as fontes de água da capital imperial começaram a secar, D. Pedro II teve o discernimento de ordenar o reflorestamento. Isso há mais de 140 anos atrás! Para quem acha que o movimento ecológico é coisa recente... O imperador teve o cuidado de usar botânicos e estudiosos para fazer o reflorestamento. O resultado é essa maravilha que vemos hoje, talvez o maior ativo da cidade do Rio de Janeiro.

Vista Chinesa, no P.N da Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro - RJ

Vista Chinesa, no P.N da Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro - RJ


Seguimos até a Vista Chinesa e a Mesa do Imperador, dois pontos na floresta que possibilitam vistas maravilhosas da cidade. Da Vista Chinesa e do seu pagode típico da Ásia é possível observar, num mesmo "quadro", o Corcovado e o Pão de Açúcar, com a Baía da Guanabara ao fundo. Que colírio para os olhos!

Corcovado e Pão de Açúcar vistos da Vista Chinesa, no Rio de Janeiro - RJ

Corcovado e Pão de Açúcar vistos da Vista Chinesa, no Rio de Janeiro - RJ


Por fim, seguimos para São Conrado, encontrar o instrutor que levaria a Ana para mais alto ainda, para um salto de asa delta. Mas isso fica para depois...

Belo visual da Vista Chinesa, no Rio de Janeiro - RJ

Belo visual da Vista Chinesa, no Rio de Janeiro - RJ

Brasil, Rio De Janeiro, Rio de Janeiro, Corcovado, Lagoa, Floresta da Tijuca

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Confeitaria Colombo, no Rio de Janeiro - RJ

Pelo Centro do Rio

Post seguinte Voando de asa delta no Rio de Janeiro - RJ

Pelas Montanhas e Ares do Rio de Janeiro - 2a parte

Blog da Ana O Cristo Redentor, no Rio de Janeiro - RJ

Braços Abertos!

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet