0 Na Serra do Cipó - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Na Serra do Cipó - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Na Serra do Cipó

Brasil, Minas Gerais, Serra do Cipó (P.N da Serra do Cipó), Lapinha

Vale no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG

Vale no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG


Após uma noite curta demais numa cama deliciosa e um café da manhã com muitos tipos de pães e geléias (e até requeijão), estávamos quase prontos para enfrentar os 20 km do terceiro dia da "maratona do Cipó". Só faltava agilizar os transportes de ida e de volta.

Na parte alta do Parque Nacional da Serra do Cipó - MG

Na parte alta do Parque Nacional da Serra do Cipó - MG


Para resolver a volta, eu fui com a Fiona até a portaria secundária do parque, deixar ela lá. É o ponto final da caminhada e a Fiona nos esperaria por lá. O Felipe, funcionário da pousada em que estávamos, a deliciosa Rio das Pedras, foi de moto me mostrando o caminho e me trouxe de volta, de carona. Resolvido a "volta", partimos para a "ida". Eu, a Ana e o Daniel, mais conhecido como Pretinho, fomos para a estrada pegar um busão. Qualquer um vindo de BH em direção ao norte. PorR$ 3,70 o busão nos levou 12 km morro acima, para um lugar chamado Palácio. Lá saltamos e iniciamos a caminhada.

Observando aviões cruzando os céus do Parque Nacional da Serra do Cipó - MG

Observando aviões cruzando os céus do Parque Nacional da Serra do Cipó - MG


Há mais de dez anos atrás, junto com o irmão e primos, eu conheci a parte baixa do parque. Numa longa caminhada de 25 quilômetros, entramos pela portaria principal e fomos até o Canyon, a Cachoeira da Farofa e outras pelo caminho ou em pequenos desvios. Foi um dia puxado e memorável. Lembro-me da vontade de explorar o canyon, mas não havia tempo hábil para isso. Agora, com apenas um dia programado por aqui, optamos pela parte alta do parque, que eu ainda não conhecia. Para a Ana, que não conhecia nenhuma das duas, qualquer coisa seria lucro. De qualquer maneira, quando apertei o Gustavo da Estrada Real para que ele escolhesse entre as partes alta ou baixa do parque, ele não titubeou. Assim, juntando o conselho dele com a minha vontade, optamos pelo passeio na parte alta mesmo.

Entrando na Cachoeira do Guedes, no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG

Entrando na Cachoeira do Guedes, no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG


E assim, a partir do Palácio por cinco quilômetros caminhamos cortando os campos de altitude, na parte alta do Parque Nacional da Serra do Cipó. Céu azul, cenário inesquecível de tão bonito. Uma vastidão para todos os lados, colinas, montanhas, nascentes de rios, ar puríssimo, tudo lindo. O Pretinho tem um ótimo papo e os cinco quilômetros passaram voando.

Entrando na Cachoeira do Gavião, no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG

Entrando na Cachoeira do Gavião, no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG


Aí, começamos a descer junto com um rio em direção ao vale lá embaixo. O rio vai formando cachoeiras desde lá de cima. As mais imponentes são a Cachoeira do Guedes (ou Congonhas de Cima), a Congonhas e a maravilhosa Cachoeira do Gavião. Em cada uma delas, uma parada para fotos e banho. Águas geladas não mais nos asssustam e o dia ensolarado ajudou muito. A água desse rio era bem diferente da água lá do Intendente. Ao invés da coloração amarelada, um tom esverdeado, bem transparente. Uma pintura! Também ao contrário dos dois dias anteriores, as cachoeiras são menores, de um tamanho mais civilizado. Nada de megacachoeiras de cem metros ou mais.

Rio encachoeirado no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG

Rio encachoeirado no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG


Descendo pelo próprio leito do rio ou pela encosta da montanha, já avistávamos todo o vale à frente e também a montanha do outro lado. Por ela descia um outro rio, também cheio de cachoeiras. A mais baixa delas, a Cachoeira da Andorinha seria o nosso destino, após a Cachoeira do Gavião. O engraçado foi perceber que, dois rios tão vizinhos, tão próximos, tem águas tão distintas. As duas são geladas, por supuesto, mas um é esverdeado e o outro é amarelado.

Escalando os paredões da Cachoeira da Andorinha, no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG

Escalando os paredões da Cachoeira da Andorinha, no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG


Depois de muito banho de cachoeira, seguimos pelo vale abaixo em direção à Fiona, já com o finalzinho de tarde. Sensação de saúde total!. Mais oito quilômetros que passarm rapidinho, só se divertindo em conversas com o Pretinho, um figuraça!

Saltando no poço da Cachoeira da Andorinha, no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG

Saltando no poço da Cachoeira da Andorinha, no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG


Sempre-Vivas, no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG

Sempre-Vivas, no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG


A Fiona nos esperava pacientemente e nos levou de volta para a pousada num rápido pitstop e de lá para cá, na Lapinha da Serra ou simplesmente Lapinha. Cinquenta quilômetros de estradas, pouco mais da metade delas de terra. Chegamos aqui no escuro, sem poder admirar o famoso visual da região. Estamos curiosos de olhar pela janela amanhã cedo. Dizem ser maravilhoso. Estamos numa pousada super charmosa chamada Travessia. Muito felizes de ter terminado o terceiro dia da maratona e já com o quarto engatilhado, guias e roteiros já agendados... Que venha o quarto dia!

Maravilhado com a paisagem do Parque Nacional da Serra do Cipó - MG

Maravilhado com a paisagem do Parque Nacional da Serra do Cipó - MG

Brasil, Minas Gerais, Serra do Cipó (P.N da Serra do Cipó), Lapinha, trilha, cachoeira, Parque, Trekking, Serra do Cipó

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior Admirando a Cachoeira do Tabuleiro, no Parque Estadual da Serra do Intendente, em Tabuleiro - MG

A Mãe de Todas as Cachoeiras

Post seguinte Observando a represa na Lapinha, região da Serra do Cipó - MG

Lapinha e Bicame

Blog da Ana Vale no Parque Nacional da Serra do Cipó - MG

Maratona Serra do Cipó III

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 13/11/2017 | 10:01 por Antonio Carlos

    Eu inclusive recomendo a Pousada Village da Serra. Pois ela fica em uma ótima localização, o que para mim, facilitou muito nos meus passeios

  • 01/11/2015 | 21:37 por stan

    parabéns pelo documentário, adoro aquele lugar, pousadas, comidas e bons vinhos e claro uma ótima companhia que goste deste ambiente.

  • 23/02/2014 | 07:24 por gerson rosa

    uau istoeminas shou de bola ....

    Resposta:
    É isto aí, Gerson!

    Viva Minas!!!

    Um abraço

  • 19/08/2013 | 22:01 por GIOVANE

    Parabéns pelo tour, lindo gosto muito de cachoeiras e estou começando minha jornada de viajens pelas cachoeiras de minas, e vcs são uma de minhas inspirações, pois curtem o que há de melhor neste lindo estado...

    Resposta:
    Oi Giovane

    Nós também adoramos cachoeira! E nesse quesito, não há melhor lugar no mundo que a nossa Minas Gerais

    Um abraço

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet