0 Caminhada Solo - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Caminhada Solo - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Caminhada Solo

Venezuela, Mérida VEN

A bela paisagem do Parque Nacional Laguna Negra, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos

A bela paisagem do Parque Nacional Laguna Negra, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos


Desde que subimos, em apenas um dia, do Caribe para as altitudes andinas, que a Ana não vinha se sentindo bem. Vir tão rápido de zero para quatro mil metros, aparentemente, não foi bem assimilado pelo corpo dela. Cansada, dor de cabeça, sem muito ânimo para esforços maiores.

A belíssima Laguna Macubaji, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos

A belíssima Laguna Macubaji, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos


Por isso, e também pelo nosso calendário eternamente apertado, acabamos desistindo de fazer o trekking até o alto do Pico Humboldt ou do Bolívar. Muita energia e dias que não tínhamos. Então, decidimos seguir viagem, agora rumo aos llanos venezuelanos, a confortáveis 150 metros de altitude.


Saindo de Mérida (A), subindo até os 3.700 metros do Parque da Laguna Negra (B) e descendo para Barinas (C), já no nosso caminho para Los Llanos, versão venezuelana do nosso Pantanal

Mas, para isso, antes de descer, teríamos de subir novamente. Mérida, no fundo de um vale nos Andes, está a 1.600 metros de altitude. As planícies alagadas dos llanos estão do outro lado da cordilheira e, para chegarmos até lá, teríamos de cruzar as montanhas novamente.

A belíssima Laguna Macubaji, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos

A belíssima Laguna Macubaji, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos


Então, pé na tábua, a Fiona nos levou com toda a paciência do mundo até Apartaderos, aquela pequena cidade da nossa amiga galega dona da fábrica de embutidos, pouco acima dos 3 mil metros. Uma pouco mais alto que isso sai uma estrada que desce para o outro lado dos Andes, para Barinas, e de lá para os llanos.

Trilha no Parque Nacional Laguna Negra, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos

Trilha no Parque Nacional Laguna Negra, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos


Logo no início dessa estrada está um pequeno Parque Nacional, criado para proteger a magnífica paisagem ao redor da Laguna Negra. É quase uma continuação do muito mais famoso Parque da Sierra Nevada, onde estão os picos Bolívar e Humboldt. Aí, não resistimos e entramos, pelo menos para um rápido passeio.

Aproximando-se das montanahs e cachoeiras do Parque Nacional Laguna Negra, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos

Aproximando-se das montanahs e cachoeiras do Parque Nacional Laguna Negra, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos


A combalida Ana ficou no carro mesmo, descansando. Eu, representando a expedição 1000dias, fui fazer uma trilha rápida de poucos quilômetros até um rio encachoeirado que descia das montanhas do parque. Uma paisagem magnífica para onde quer que se olhe: lagos, montanhas, cachoeiras e rios gelados e uma vastidão sem fim. Tudo coberto por aquela vegetação típica de altitude, exceto por pequenos bolsos de floresta, os bosques mais altos do mundo! Apesar da altitude de quatro mil metros, a proximidade do equador favorece o clima e permitem que as árvores cresçam mais altas que em qualquer outro lugar.

Vegetação típica de altitude no Parque Nacional Laguna Negra, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos

Vegetação típica de altitude no Parque Nacional Laguna Negra, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos


Outra coisa especial do parque é que logo abaixo dele passa uma importante falha geológica. Do ponto mais alto até onde caminhei, pode-se ver bem a falha no terreno que marca essa fissura. De um lado, a placa do Caribe, do outo, a da América do Sul. Aqui, na junção das duas, uma entrando abaixo da outra, o solo se ergue a 4 mil metros! Muito estranho pensar que o Caribe começa ali, naquela altitude...

Uma das cachoeiras de águas geladas do Parque Nacional Laguna Negra, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos

Uma das cachoeiras de águas geladas do Parque Nacional Laguna Negra, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos


Enfim, depois da rápida caminhada, sem coragem para banho na cachoeira e morrendo de vontade de percorrer as outras poucas dezenas de quilômetros de trilhas dentro do parque, voltei para o carro onde a Ana ainda descansava. Despedimo-nos das belezas dos Andes e rumamos para baixo. Na verdade, a despedida foi só um “até logo!”, pois ainda vamos nos encontrar mais para baixo no continente. Mas, por hora, chega de montanhas e vamos às planícies! Dormimos em Barinas e amanhã, mais um ecossistema desse verdadeiro caleidoscópio de mundos diversos que é a Venezuela. Fascinante!

A bela paisagem do Parque Nacional Laguna Negra, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos

A bela paisagem do Parque Nacional Laguna Negra, perto de Apartaderos, na região de Mérida, nos Andes venezuelanos

Venezuela, Mérida VEN, trilha, Parque, Andes

Veja todas as fotos do dia!

Participe da nossa viagem, comente!

Post anterior Um belo visual de Mérida, na Venezuela, e das montanhas que a cercam, as mais altas do país

Mérida, Venezuela

Post seguinte Capivaras vivem às milhares no Hato El Cedral, na região dos llanos, na Venezuela

Chegando aos Llanos

Blog da Ana Estranhas plantas crescem a mais de 4 mil metros de altitude, na região dos Andes venezuelanos, perto de Mérida

Andes Venezuelanos

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet