0 Momentos Perdidos - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Momentos Perdidos - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Momentos Perdidos

Ilhas Virgens Britânicas, Tortola - Road Town

Devil's Bay, ao lado de The Baths, em Virgin Gorda - BVI

Devil's Bay, ao lado de The Baths, em Virgin Gorda - BVI


Nessa viagem eu e a Ana estamos sempre fotografando e filmando. Depois, quando conseguimos sentar e respirar, escrevemos, caprichamos nos posts. Mas podem ter certeza: são dezenas e dezenas de momentos, de paisagens, de situações, de pessoas que nós não conseguimos registrar. Situações que, por si só, mereceriam um post, um filme, muitas fotos. É incrível e, ao mesmo tempo bem triste, a nossa impossibilidade de registrar tudo que mereceria ser registrado. Às vezes, queria ter o Woody Allen e o James Cameron, cada um com uma equipe, nos acompanhando e registrando tudo, com suas visões privilegiadas e faro aguçado. Não tenho, claro.

Ao longo do dia, sempre que não consigo tirar a foto que queria (nossos olhos são tão infinitamente superiores às nossas câmeras...), faço apontamentos mentais, imagino como descrever aquilo num post. Mas, essas situações se sucedem e, ao final do dia, preguiçoso, literariamente incapaz, quando muito posso escolher duas ou três situações e tentar, mal e porcamente, descrevê-las. Sempre durmo com uma espécie de culpa, de dever não cumprido. Não basta dizer que eu tentei (e eu tento!). Queria conseguir.

Enfim, já me acostumei com esse sentimento e posso conviver com ele. Melhor ter as poucas fotos e posts que temos do que não ter nada (o que já me aconteceu em outras viagens e, isso sim, é imperdoável). Como alternativa, quando passo por esses momentos marcantes, tomo consciência disso naquele mesmo instante. Tento aproveitá-los ao máximo, curti-los intensamente e fazer um esforço mental para guardá-los, solidamente, em minha memória. Quando faço isso, tenho sempre a impressão que será para sempre. Doce ilusão. Numa viagem como essa, por tantos lugares especiais e com dias tão intensos, esses momentos especiais se sucedem, vários ao dia. O que era algo "inesquecível" num dia, passa a ser uma vaga lembrança na semana seguinte. E depois, acaba se perdendo. Não tudo, claro! Mas, podem ter certeza, vários momentos, várias situações se perderam e vão se perder. Triste. Mas foram eternos durante algum tempo, pelo menos. Como já dizia o poeta: a eternidade é fugaz.

Ilhas Virgens Britânicas, Tortola - Road Town,

Veja todas as fotos do dia!

Diz aí se você gostou, diz!

Post anterior Nosso carro alugado em Tortola - Ilhas Virgens Britânicas

Direção Correta, Mão Errada

Post seguinte Casal americano, Rick e Marcia, novos amigos em Charlotte Amalie

A Surpresa em St. Thomas

Blog da Ana Táxi em Virgin Gorda - BVI

Ai ai aiaiaiái está chegando a hora...

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 22/06/2013 | 13:46 por Paulo Pereira

    Sinto o mesmo, Rodrigo. Sempre que vou a qualquer lado, vivo num estado de ansiedade. Aquela sensação de querer capturar todos os momentos, conseguir aquele instântaneo que retrate o que vemos/sentimos. Muitas vezes sim, sinto essa angústia, típica de quem quer imortalizar o pedaço de paraíso, ou o rosto de alguém. Mas, no fundo, o que importa mesmo é que estivemos lá. Vimos. Sentimos. Vivemos.

    Resposta:
    Oi Paulo

    Quem sabe, com o google glass, não resolvemos esse problema? Não vejo a hora de ter um!

    Um abraço

  • 03/04/2011 | 22:34 por Zoe Braga


    Rodrigo,

    Lendo este seu post me senti em seu lugar! Comecei um blog narrando minhas viagens e de repente, ficou desatualizado. Tenho feito anotações das últimas viagens, na expectativa de um dia passá-las para o blog...e o tempo vai se passando e com outras viagens, mais e mais diários e fotos vão se acumulando e não consigo cumprir meu trato. Acho que retomarei meu blog, depois de ler seu post! abs

    Resposta:
    Oi Zoe
    Pois é, quando a gente deixa o tempo passar, já não conseguimos relatar com a mesma emoção. Esse é sempre um problema que temos por aqui. Ir fazer algum passeio, ou atualizar o blog? Dúvida cruel. Muitas vezes, ficamos 2-3 dias sm atualizar, e já faz a maior diferença.
    Enfim, vamos tentando levar as duas coisas: conhecer e passear e, ao mesmo tempo, relatar. Trabalhão!!!
    Abs

  • 09/05/2010 | 08:30 por Ricardo Acras

    Rodrigo, você já pensou em ter um gravador digital de voz sempre com você? Acho que ele iria te ajudar com este problema.

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet