0 Em Busca do Rio Celeste - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Em Busca do Rio Celeste - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Em Busca do Rio Celeste

Costa Rica, Santa Teresa, Tenorio

Banho de mar matinal em Santa Teresa, no litoral do Pacífico na Costa Rica

Banho de mar matinal em Santa Teresa, no litoral do Pacífico na Costa Rica


Chegou o dia de partir do nosso delicioso refúgio na praia de Santa Tereza, o hotel Ranchos Itauna. Como sempre acontece no dia que deixamos à praia, o dia amanheceu lindo, sol radiante. Assim, apesar da longa viagem pela frente, quando a Ana falou que queria dar um último mergulho, nem deu para argumentar. De manhã cedo a maré está vazia e uma grande piscina se forma bem em frente aonde estamos. Impossível resistir...

Preparando-se para entrar no mar pela manhã, em Santa Teresa, no litoral do Pacífico na Costa Rica

Preparando-se para entrar no mar pela manhã, em Santa Teresa, no litoral do Pacífico na Costa Rica


Depois, hora das despedidas. Primeiro da nossa simpática companheira de quarto, a alemã Catherine. Depois, do senhorio, o astríaco Peter a a carioca Fátima. E da filhinha Sofia, claro!

Com a alemã Catherine, nossa companheira de quarto em Santa Teresa, no litoral do Pacífico na Costa Rica

Com a alemã Catherine, nossa companheira de quarto em Santa Teresa, no litoral do Pacífico na Costa Rica


O tempo foi passando e já desistimos de chegar na Nicarágua ainda hoje. Sem esse objetivo, achamos que ainda daria tempo para um típico programa de surf town: café da manhã bem sadio na padoca. Muito bom!

Com o Peter e a Fátima, donos do Ranchos Itaúna em Santa Teresa, no litoral do Pacífico na Costa Rica

Com o Peter e a Fátima, donos do Ranchos Itaúna em Santa Teresa, no litoral do Pacífico na Costa Rica


Bom, finalmente colocamos o pé na estrada. O primeiro trecho até que foi rapidinho, a mesma estrada que nos trouxe até aqui do ferry. Mas depois, para a minha infeliz surpresa, descobrimos que a estrada que segue para o norte da península de Nicoys é quase toda de terra. O ritmo imaginado para a viagem foi impossível de ser seguido e tudo o que podíamos fazer era admirar a bela paisagem do golfo ao nosso lado.

A rua principal de Santa Teresa, surf town da costa pacífica da Costa Rica

A rua principal de Santa Teresa, surf town da costa pacífica da Costa Rica


Enfim chegamos à ponte que atravessa o finalzinho do golfo, presente de Taiwan para a Costa Rica. Na sua inglória luta com a China continental nas relações públicas internacionais, Taiwan adora esses tipos de presentes... Dali seguimos para nossa velha conhecida rodovia Panamericana. Felizmente, segúíamos para o norte, livre, e não para San José, engarrafado!


Exibir mapa ampliado

Na bifurcação quarenta quilômetros ao norte, pegamos a Rodovia 4. Mais ou menos por aí, finalmente, batemos o recorde de latitude norte da Fiona. Foi só agora que deixamos Cartagena (Colômbia!) para trás! Mais meia hora e chegamos ao Parque Nacional Tenorio, bem próximo à cidade de Bijagua. Fomos até a entrada do parque já sem esperanças de entrar, pois já era tarde para um passeio. Mas amanhã, às oito da manhã, faça chuva ou faça sol, voltamos! Finalmente, vamos conhecer o Rio Celeste, a principal atração do lugar, já que o tal vulcão Tenório, faz tempo, está com o acesso fechado. A pouco mais de um quilômetro do parque encontramos uma simpática pousada, com direito até à jacuzzi. Um bom lugar para passar a noite. Nesse lugar, só chegam turistas de carros. E na nossa pousada, lá estavam o alemão Lutz e o casal suiço Marcel e Alice, com seus carros alugados. Depois de um jantar em conjunto, o bom e velho arroz com feijão que também é muito tradicional por aqui, combinamos: amanhã vamos todos juntos ao parque.

Nosso quarto no Parque Nacional Tenorio, na Costa Rica

Nosso quarto no Parque Nacional Tenorio, na Costa Rica

Costa Rica, Santa Teresa, Tenorio, Praia, Parque, Nicoya, Rio Celeste

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior Olha só a pose de surfista! (na praia de Santa Teresa, na península de Nicoya - Costa Rica)

Pura Vida!

Post seguinte Admirando a surpreendente Cascata do Rio Celeste, no Parque Nacional Tenorio, no norte da Costa Rica

O Magnífico Rio Celeste

Blog da Ana Banho de mar matinal em Santa Teresa, no litoral do Pacífico na Costa Rica

Odeio Despedidas!

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet