0 Dirigindo em Tobago - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Dirigindo em Tobago - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Dirigindo em Tobago

Trinidad e Tobago, Crown Point, Speyside, Englishman Bay

Partida de Speyside em direção à Crownpoint. Mão inglesa em  Tobago

Partida de Speyside em direção à Crownpoint. Mão inglesa em Tobago


Conforme combinado, "nosso" carro chegou ao hotel logo cedo. Dois dias antes, após árdua negociação ao telefone, consegui alugar um carro por um dia, pegá-lo em Speyside e, o melhor, devolvê-lo no aeroporto de Crown Point, no outro dia cedinho. Assim, a economia do táxi para nos levar através da ilha, mais a diferença de preços entre nossos hotéis em Speyside e Crown Point foi mais do que o suficiente para pagar a diária do carro mais o combustível. Um bom negócio!

Dirigindo de Speyside à Crownpoint, em Tobago

Dirigindo de Speyside à Crownpoint, em Tobago


Fui com o rapaz da empresa até seu escritório preencher a papelada e, na volta, já ao volante, vim me acostumando à mão inglesa e ao volante do lado direito do carro. Para mim, o mais difícil é não confundir o limpador de parabrisas com o pisca-pisca. Sempre ligo o errado! Fora isso, o resto é tranquilo, principalmente nas estradas pouco movimentadas de Tobago.

Na bela praia de Parlatuvier Bay, durante a viagem de Speyside à Crownpoint, em Tobago

Na bela praia de Parlatuvier Bay, durante a viagem de Speyside à Crownpoint, em Tobago


Nós seguimos para o outro lado da ilha pela costa norte, voltada para o mar do Caribe. É uma estrada muito parecida com a Rio-Santos, subindo e descendo morros, só que bem mais estreita. Entre cada morro, uma baía com uma praia linda, água verdinha, areia amarelada, as montanhas mergulhando no mar. Muito parecido mesmo com aquele litoral de Ubatuba à Angra dos Reis.

A bela praia de Parlatuvier, durante viagem de Speyside à Crownpoint, em Tobago

A bela praia de Parlatuvier, durante viagem de Speyside à Crownpoint, em Tobago


Passamos e fomos tirando fotos de Charlotteville, Bloody Bay (linda baía palco de uma sangrenta batalha entre holandeses e franceses), Parlatuvier, Castara e Englishman's Bay. Sempre com uma vista magnífica do mar do Caribe, principalmente quando estávamos no alto dos morros.

Restaurante em Castara Bay, onde almoçamos durante a viagem de Speyside à Crownpoint, em Tobago

Restaurante em Castara Bay, onde almoçamos durante a viagem de Speyside à Crownpoint, em Tobago


Restaurante em Castara Bay, onde almoçamos durante a viagem de Speyside à Crownpoint, em Tobago

Restaurante em Castara Bay, onde almoçamos durante a viagem de Speyside à Crownpoint, em Tobago


Em Castara, almoçamos num restaurante transado, na pontinha da praia. Era como se estivéssemos em alguma praia de Ubatuba. Muito legal! Mas, mais parecido ainda foi em Englishman's Bay, onde fomos curtir a praia e nadar um pouco. Ela fica um pouco afastada da estrada principal, o que lhe empresta um ar mais isolado. Igualzinha à Praia vermelha do Sul (dos Arquitetos), em Ubatuba. Mesma água, mesma areia, orla sem casas aparentes e algumas casas no alto do morro. Eu e a Ana até fomos nadando até uma bóia mais distante, exatamente como fizemos nesta praia em Ubatuba. Não sei se, ao fazer isso, matamos a nossa saudade ou se a aumentamos mais ainda... De qualquer maneira, foi ótimo!

Praia de Englishman'´s Bay, na costa norte de Tobago

Praia de Englishman'´s Bay, na costa norte de Tobago


Praia de Englishman'´s Bay, na costa norte de Tobago

Praia de Englishman'´s Bay, na costa norte de Tobago


Também ficamos amigos de dois casais de americanos, todos da melhor idade, que ficaram muito interessados em nossa viagem. Até ofereceram guarida para nós, quando passarmos por Milwalkee. Será que chegaremos lá?

Encontro com os casais americanos de Miwaukee, na praia de Englishman'Bay, em Tobago

Encontro com os casais americanos de Miwaukee, na praia de Englishman'Bay, em Tobago


Ainda deu tempo de pegar um lindo pôr-do-sol na Great Courland Bay, local onde há um monumento à esta antiga nação desaparecida no tempo. De lá para o nosso hotel em Crown Point. Foi um dia bem gostoso, o último desse nosso primeiro ano de viagem!

Magnífico pôr-do-dol em Great Courland Bay, região de Crownpoint, em Tobago

Magnífico pôr-do-dol em Great Courland Bay, região de Crownpoint, em Tobago

Trinidad e Tobago, Crown Point, Speyside, Englishman Bay, Tobago, Charlotteville, Castara

Veja todas as fotos do dia!

A nossa viagem fica melhor ainda se você participar. Comente!

Post anterior Cachoeira que forma um belo poço, logo acima da Argyle, a maior de Tobago, próximo à Speyside

Dia Molhado

Post seguinte Autofoto durante viagem de Speyside à Crownpoint, em Tobago

Um Ano!!!

Blog da Ana A bela praia de Parlatuvier, durante viagem de Speyside à Crownpoint, em Tobago

As Baías de Tobago

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 28/03/2011 | 22:47 por lalau

    não deu muito para ter idéia da ocupação humana, da cara das vilas - duvido que se pareça com Caraguá-Ubatuba. Quantos habitantes em Crownpoint? bjs

    Resposta:
    Realmente, Lalau
    As vilas em Tobago são muito menores! São espalhadas, mas com uma população pequena. Crown Point, por exemplo, tem menos de 2 mil pessoas.
    Bjs

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet