0 Austin, a Capital e a Ilha do Texas - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Austin, a Capital e a Ilha do Texas - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Austin, a Capital e a Ilha do Texas

Estados Unidos, Texas, Austin

Com a Lu Misura, depois de mais uma revisão internacional da Fiona, agora com 120 mil Km (em Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos)

Com a Lu Misura, depois de mais uma revisão internacional da Fiona, agora com 120 mil Km (em Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos)


O Texas já foi um país autônomo, com reconhecimento e embaixadores de todos as grandes potências da época. Desgarrou-se do México em meados do século XIX, após uma guerra de libertação que incluiu a famosa batalha do Álamo. Ainda vou falar mais disso quando chegarmos à San Antonio, onde essa batalha aconteceu. Depois da independência, a guerra foi contra os índios da nação Comanche. Cheia de episódios sangrentos. Afundado em dívidas com os Estados Unidos, achou melhor ser incorporado a este país, o que lhe garantiria segurança e recursos. Mas vem dessa época turbulenta o amor pela liberdade, inclusive a liberdade de carregar suas próprias armas e pelos direitos do indivíduo contra um estado opressor (México) ou que não pudesse garantir sua própria segurança (contra os índios).

Um legítimo e suculento Bar-b-que americano, na Salt Lick, em Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos

Um legítimo e suculento Bar-b-que americano, na Salt Lick, em Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos


Ao longo dos anos, transformou-se em uma potência agrária dentro dos Estados Unidos, enormes fazendas e ranchos preenchendo seu território. Mais tarde, já no século XX, foi a vez da exploração do petróleo se tornar a maior força econômica. Os mais velhos se lembrarão do famoso seriado do início da década de 80, “Dallas”, mostrando a vida da família Ewing, milionários do petróleo e grandes rancheiros do estado. O malvado JR, o principal protagonista, (o ator morreu recentemente), nada tinha a ver com o simpático astronauta dono da “Jeanne é um Gênio” (seriado dos anos 60). Enfim, o retrato de uma sociedade conservadora nos costumes e liberal economicamente.

Almoçando na Salt Lick, uma típica churrascaria à moda texana, em Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos

Almoçando na Salt Lick, uma típica churrascaria à moda texana, em Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos


Imaginar-se-ia que a capital de um estado assim seria o principal exemplo dessa sociedade. Mas é exatamente ao contrário! Austin é uma ilha dentro do Texas, muito mais combinada com a California ou Oregon do que com o estado de que é capital. Os próprios texanos acham ela e quem lá mora bem “esquisitos”. A razão para isso vem do fato de que milhares de expatriados moram ali, gente de todos os Estados Unidos e também de outros países. A cidade é um enorme polo estudantil, com enormes universidades atraindo estudantes de todos os lados. Apenas a Universidade do Texas tem 50 mil estudantes em seu campus. Além disso, transformou-se também num polo de tecnologia e empresas como a IBM, Dell, Google e Facebook tem sua sede ou grandes escritórios na cidade. Todo esse universo criou uma cultura própria, distinta, bem diferente do resto do estado que a rodeia.

Um legítimo e suculento Bar-b-que americano, na Salt Lick, em Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos

Um legítimo e suculento Bar-b-que americano, na Salt Lick, em Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos


Ao longo de nossa viagem pelos Estados Unidos, conhecendo e conversando com outras pessoas e viajantes, recebemos diversos conselhos para visitar a cidade. “Texas? Não deixem de ir à Austin!”. Então, não poderíamos deixar o país sem antes passar por aqui. O PriceLine nos colocou em um hotel bem central, pertinho dos locais da balada e ao lado do rio Colorado, que corta a cidade (não confundir com aquele outro rio Colorado, construtor de canyons!) e nós agendamos também uma concessionária para a Fiona poder fazer sua revisão dos 120 mil km. Chegamos no dia 9 de noite e nos preparamos para o longo dia que nos esperava.

O famoso molho para barbecue feito na própria salt Lick, em Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos

O famoso molho para barbecue feito na própria salt Lick, em Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos


Quem nos esperava também era a simpática blogueira Lu Misura (http://luciana.misura.org/), uma brasileira radicada nos EUA há muito tempo, casada com americano e com dois lindos filhos. Eles já moraram nos estados de Washington e Michigan, mas cansados do frio, resolveram encontrar um lugar com clima mais amigável. Como os dois trabalham de casa, podem se dar ao luxo de escolher a cidade em que querem morar. Um dia, cansados definitivamente do frio, abriram um grande mapa do país e começaram a pensar nas possibilidades. O calor texano, as empresas de tecnologia e o fato de Austin figurar em todas as listas de melhores cidades para se morar os fez escolher viver aqui, algo de que não se arrependem. Desde então, o blog da Lu Misura passou a ser a melhor fonte de informações para quem quer saber mais da cidade, dos costumes à comida, da programação às atrações turísticas. Muito amiga e sócia da Claudia (AprendizdeViajante), desde que passamos lá em Washington que temos também um olho aqui em Austin.

Com a Lu Misura, visitando a Hamilton Pool, perto de Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos

Com a Lu Misura, visitando a Hamilton Pool, perto de Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos


Então, hoje bem cedo, já deixamos a Fiona na concessionária e, de volta ao nosso hotel, encontramos a nossa nova amiga e cicerone ideal para esta cidade. Para começarmos bem, fomos diretamente ao Salt Lick, um restaurante típico do Texas, uma espécie de churrascaria americana onde fazem o típico e suculento barbecue. Ali, nos refestelamos com a carne preaparada ao modo americano e com um molho especial produzido ali mesmo. Esquema parecido com o nosso, pagamos um valor e comemos tudo aquilo que pudermos. Um pecado!

A bela Hamilton Pool, uma piscina natural entre um grande rochedo, perto de Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos

A bela Hamilton Pool, uma piscina natural entre um grande rochedo, perto de Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos


A conversa (e a comida) estava boa, mas tínhamos de seguir em frente. A Lu nos levou então à Hamilton Pool, uma das famosas piscinas naturais que se espalham por essa região do estado. Um lago pitoresco no meio de um enorme buraco na rocha, lugar ideal para um bom mergulho durante o calor do verão. Não era o caso agora e nós ficamos apenas do lado de fora, vendo a pequena cachoeira, observando a bela paisagem e a luz do sol refletida nas águas. Muito legal!

A Hamilton Pool, já no final da tarde, em Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos

A Hamilton Pool, já no final da tarde, em Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos


Os deveres de mãe a chamavam de volta ao lar, mas ela ainda nos deixou na concessionária, onde pegamos a Fiona novinha em folha, pronta para os próximos 120 mil km. Quer dizer, quase. Ainda faltava comprar “calçados” novos para ela. Pneus são muito baratos aqui no Tio Sam e não poderíamos perder essa oportunidade, os nossos já vindo lá do Equador, prontos para serem aposentados. Seguimos para uma loja ali do lado e trocamos os pneus. Mas aí, veio a s surpresa. A loja (e nem a concessionária, para quem ligamos dali mesmo) não conseguiria fazer o alinhamento. Aqui, é tudo feito por computador e os softwares daqui não têm os parâmetros da Fiona, essa estranha camionete a díesel. Vamos ter de esperar para fazer isso no México, onde o alinhamento ainda é feito à moda antiga, no braço e no olho mesmo.

A bela Hamilton Pool, uma piscina natural entre um grande rochedo, perto de Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos

A bela Hamilton Pool, uma piscina natural entre um grande rochedo, perto de Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos


Por fim, de noite, saímos para conhecer a night da cidade. Rodamos por duas das áreas mais famosas e movimentadas, ouvimos boa música, conhecemos gente e resolvemos tentar uma terceira área, bem recomendada por esses novos conhecidos. Eis que, para a nossa surpresa, ela estava a poucos blocos do nosso hotel. Assim, deixamos a Fiona muito bem guardada e pudemos tomar aquelas cervejas à mais, coisa complicada quando temos de dirigir depois. Uma rua com dezenas de bares construídos em antigas residências, todas com grandes quintais que hoje atraem centenas de estudantes. Muito legal, mudar de bar em bar e ir sacando a “fauna” de cada um deles. É quando percebemos que, não importa o país, no fundo, somos todos bastante parecidos...

Fiona novinha em folha, depois da revisão dos 120 mil km em concessionária de Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos

Fiona novinha em folha, depois da revisão dos 120 mil km em concessionária de Austin, capital do Texas, nos Estados Unidos


Amanhã, é dia de darmos uma olhada no centro da cidade, nos seus parques e na loja original da Whole Foods, a famosa cadeia de supermercados, da qual já viramos fãs, de comida orgânica e que nasceu aqui em Austin e hoje está presente em todo o pais. Falando em comida saudável, depois da churrascaria americana, amanhã é dia de irmos numa bem brasileira mesmo. Com direito a bufê de saladas e pão de queijo de entrada! Hmmm.... já estou até aguando...

Camiseta vendida em Austin, no Texas, nos Estados Unidos

Camiseta vendida em Austin, no Texas, nos Estados Unidos

Estados Unidos, Texas, Austin,

Veja todas as fotos do dia!

Quer saber mais? Clique aqui e pergunte!

Post anterior De cara limpa após sessão em barbearia de Fredericksburg, no Texas, nos Estados Unidos

De Cara Limpa no Texas Alemão

Post seguinte O capitólio estadual, maior que o federal, em Austin, no Texas. nos Estados Unidos

Parques, Edifícios, Compras e Comida Saudável

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 15/02/2013 | 07:49 por Lis Cavichiolo

    Nossa, descobri hoje "suas" história!! K lindeza de viagem, fotos, narração...maravilhoso!! Parabéns, muita saúde, alegrias e sucessos..............obtenham todo objetivo almejado!!!

    Resposta:
    Oi Lis

    Que bom que nos descobriu, para poder viajar conosco também. Seja benvinda a bordo e vamos todos atrás do nosso objetivo almejado!

    Um grande abraço

  • 14/02/2013 | 14:18 por Luciana Bordallo Misura

    Adorei conhecer vocês pessoalmente e mostrar um pouquinho de Austin, pena que não tinham muito tempo! :-)

    Resposta:
    Oi Lu

    Nós também!!!

    Adoramos ter estado com vc e aprendido tanto sobre a cidade com a melhor professora possível! O churrasco texano foi uma delícia! Espero poder revê-la logo, em algum lugar dessa linda América. A Fiona sempre estará de portas abertas para vc

    Um beijão

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet