0 Adeus Fiona e a Deliciosa Tarde Preguiçosa - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Adeus Fiona e a Deliciosa Tarde Preguiçosa - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Adeus Fiona e a Deliciosa Tarde Preguiçosa

Argentina, Buenos Aires

Almoçando em restaurante de Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina

Almoçando em restaurante de Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina


Depois dos nossos brindes na Recoleta, voltamos para nosso hotel em Palermo, onde já havíamos desocupado o quarto e eles só guardavam nossa bagagem. Era chegada a hora de irmos conhecer o Marcelo e a Carola, os “Periodistas Viajeros” (o site e as viagens deles são ótimos! Confira aqui!), que haviam se oferecido para guardar a Fiona enquanto viajamos para a Antártida. Por enquanto, só nos conhecíamos pelas redes sociais. A ideia era irmos ao seu apartamento e depois segui-los até a casa da Paula, mãe da Carola, num condomínio fechado em Pilar, pequena cidade da grande Buenos Aires, a 50 quilômetros do centro, direção norte.



Eles moram em Belgrano, outro bairro super gostoso de Buenos Aires, não muito longe de Palermo. Não há grandes atrações turísticas por lá, mas é o tipo do bairro que eu adoraria morar, se um dia viesse para cá. Ruas largas, tranquilas e arborizadas, boa infraestrutura de escolas, comércio, restaurantes e praças e sem movimento de tráfego pesado e turistas abobalhados. Enfim, logo os encontramos, eles nos receberam super bem e já estávamos na estrada para Pilar. Quarenta minutos mais tarde, antes da hora do rush, chegávamos ao chique e tranquilo condomínio, como tantos que também existem ao redor das grandes metrópoles brasileiras. Depois que passamos da portaria, muitas crianças brincando nas ruas, casas sem grades e com vastos jardins, nenhum prédio no horizonte, clima de vida quase rural.

O Marcelo e a Carola, os Periodistas Viajeros, nos trazem de volta de Pilar para Buenos Aires, num dia com muita chuva (Argentina)

O Marcelo e a Carola, os Periodistas Viajeros, nos trazem de volta de Pilar para Buenos Aires, num dia com muita chuva (Argentina)


O Marcelo e a Carola, os Periodistas Viajeros, nos trazem de volta de Pilar para Buenos Aires, num dia com muita chuva (Argentina)

O Marcelo e a Carola, os Periodistas Viajeros, nos trazem de volta de Pilar para Buenos Aires, num dia com muita chuva (Argentina)


A noite foi de queijos e vinhos ao ar livre, no fundo da casa. Como não poderia deixar de ser, muita conversa sobre viagens. Eles também viajam muito, mas são viagens mais curtas, já que tem que trabalhar também. Como o próprio nome do site deles indica, são jornalistas, ele muito interessado em questões políticas. Fomos dormir tarde, céu estrelado e acordamos com o tempo virado, chuva forte. Como chegamos por lá quase no escuro e pela manhã chovia muito, nem tiramos fotos. Mas na volta, quando viermos pegar a Fiona, não perderemos mais essa chance!

Loja em Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina

Loja em Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina


Testando vestidos em lojinha de Palermo, em Buenos Aires, na Argentina

Testando vestidos em lojinha de Palermo, em Buenos Aires, na Argentina


Então, a Fiona ficou por lá guardadinha e segura da silva, com boa parte da nossa bagagem e nós voltamos com eles para o centro, hoje cedo, embaixo ainda de muita chuva. Eles direto para o trabalho e nós para o nosso mesmo hotel, em Palermo, onde havia ficado nossa bagagem para as próximas 3 semanas, muita roupa de frio para o que nos espera. Tínhamos reservado um quarto para mais uma noite, pois é amanhã que nos mudamos para o hotel já incluído no pacote para a Antártida, no centro da cidade. Como continuava a chover, aproveitamos para continua a organização de nossas coisas para a viagem.

Uma gostosa e preguiçosa tarde em restaurante de Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina

Uma gostosa e preguiçosa tarde em restaurante de Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina


Finalmente, no meio da tarde, a chuva amainou um pouco e a gente aproveitou para caminhar um pouco por Palermo na região do bairro conhecida como Soho. Muita gente de guarda-chuva nas ruas e ao redor da praça Armênia, onde visitamos algumas lojas e encontramos um restaurante gostoso para comer e tomar vinho, só para ficar vendo a chuva cair e o tempo passar. Uma delícia!

Tarde de chuva em Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina

Tarde de chuva em Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina


Tarde de chuva em Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina

Tarde de chuva em Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina


Por fim, de volta para nosso hotel, na rua Malabaia. Só para descansar mais um pouco, recuperar as energias e sair novamente, de noite. A região ao redor da Plaza Armênia é cheia de bares e restaurantes interessantes e a noite prometia. Acho que Belgrano seria mesmo nossa segunda opção para morar aqui em Buenos Aires. A primeira, sem dúvida, seria Palermo, numa das inúmeras ruas tranquilas, mas sempre próximo de restaurantes e praças.

Uma gostosa e preguiçosa tarde em restaurante de Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina

Uma gostosa e preguiçosa tarde em restaurante de Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina


Amanhã de noite, já estaremos com nosso grupo de viagem, então hoje era nossa última chance a sós. Além disso, tínhamos outro motivo para celebrar. Acabamos de ser convidados para sermos padrinhos de casamento dos nossos amigos queridos, os mesmos que já viajaram conosco no Havaí, Cuba e Galápagos, durante esses 1000dias. O casamento será no início de Dezembro, ainda durante nossa viagem e acho que eles estavam meio desconfiados que não iríamos. Então, nos deram o cheque mate: “Vocês serão nossos padrinhos!”. É... agora não tem mais jeito de não ir, hehehe! Mas, iríamos de qualquer maneira, claro! Ainda mais porque eles vão se casar exatamente no lugar que casamos, na mesma praia da mesma Ilha do Mel, festa na mesma pousada. Tem jeito de não ir? A Ilha do Mel, mais uma vez, entrará no roteiro dos 1000dias!

Almoçando em restaurante de Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina

Almoçando em restaurante de Palermo, bairro de Buenos Aires, na Argentina

Argentina, Buenos Aires, Palermo, Pilar

Veja mais posts sobre Palermo

Veja todas as fotos do dia!

A nossa viagem fica melhor ainda se você participar. Comente!

Post anterior Eva Perón, a famosa 'Evita', um dos ícones da história argentina, em Buenos Aires, na Argentina

Evita e a Recoleta

Post seguinte Restaurante em San Telmo, bairro tradicional de Buenos Aires, na Argentina

De Palermo Para San Telmo

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet