0 USVI e as 11mil virgens - Blog da Ana - 1000 dias

USVI e as 11mil virgens - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

USVI e as 11mil virgens

Ilhas Virgens Americanas, St Thomas - Charlotte Amalie, St John - Cruz Bay

Caminhada de Cruz Bay até Caneel Bay - USVI

Caminhada de Cruz Bay até Caneel Bay - USVI


United States Virgin Islands, ou como os americanos adoram fazer siglas de tudo, USVI. Essas ilhas foram descobertas também por Cristóvão Colombo (ele fez a limpa aqui no Caribe), e batizadas por ele Santa Úrsula e as 11 mil virgens. Durante poucos anos ficou sobre os auspícios dos espanhóis até que a grande guerra entre Inglaterra e Espanha no século XVI enfraqueceu o império espanhol fazendo com que abrissem a guarda de alguns territórios. A partir daí este território começou a ser ocupado por diversas nacionalidades, aqui, principalmente os dinamarqueses. As USVIs pertenceram à Dinamarca até a 1ª Guerra Mundial, quando os Estados Unidos, preocupados com o avanço das tropas alemãs sobre a Dinamarca, acabaram comprando estas terras por 25 milhões de dólares em ouro.

Caminhada de Cruz Bay até Caneel Bay - USVI

Caminhada de Cruz Bay até Caneel Bay - USVI


Hoje saímos cedo de Fajardo a caminho de San Juan para pegar o vôo para USVI. No aeroporto fiquei feliz quando vi que estávamos na fila dos vôos internacionais, pois uma preocupação constante é o nosso peso extra para todo esse equipamento de mergulho que estamos carregando. Mas não teve jeito, como falamos Porto Rico não é exatamente um território americano, mas também não é um país completamente independente. USVI passa por uma situação parecida, como pertence ao commonwealth americano estávamos em um vôo nacional e tivemos que pagar US$ 120,00 para a bagagem, 25 para cada bagagem e mais 35 para a segunda peça. Nunca vi incluírem apenas a bagagem de mão no custo da passagem... coisa de americanos. Aposto que alguém reclamou na justiça o direito de pagar menos se nunca levava bagagem alguma, e a companhia aérea nunca deve ter repassado este “desconto” para o consumidor. Capitalismo podre.

Caneel Bay, USVI

Caneel Bay, USVI


Chegando à Saint Thomas já pegamos um táxi comunitário em direção à Red Hook, porto mais próximo de Cruz Bay, em St John, onde estamos hospedados. Fomos tentar aproveitar o pouco tempo que havia nos restado, explorando a vila de Cruz Bay e algumas praias dentro do Parque Nacional das Ilhas Virgens. Pegamos uma trilha deliciosa, cheia e cactos, pássaros e ermitões. Apara chegarmos às praias caminhamos em torno de 30 minutos (1,6km) por uma trilha que nos levou direto para as praias conhecidas como Solomon Beach, Honey Moon Beach e Caneel Bay. As duas primeiras maravilhosas, super preservadas, árvores nativas, água transparente, ótima para snorkeling. A terceira, Caneel Bay é uma pequena baía ocupada por um resort, pequeno se comparado com os que vimos nas Bahamas e TCIs, mas grande o suficiente para ter um pequeno campo de golf, praia e marina próprias. Experimentamos uma cerveja local, Virgin Island Pale Ale, escolhida no cardápio pelo Rodrigo, quando provei foi que vimos que ela era “mango natural flavored”! Pô, cerveja com gosto de manga? Essa eu nunca tinha visto! Quando provei o garçom percebeu a surpresa/decepção e acabou nos servindo “na faixa” a versão summer da mesma marca, mostrando que os virgin islanders também sabem fazer cerveja de verdade.

Cerveja com Gosto de Manga - USVI

Cerveja com Gosto de Manga - USVI


A recente colonização americana já tem suas marcas, mas percebemos a cultura da ilha completamente misturada. Muitos negros trazidos pelos dinamarqueses para o plantio de cana e imigrantes das ilhas próximas de origem espanhola. Contudo não encontramos ainda nenhuma marca dos quase quatro séculos de influência dinamarquesa, mas ainda temos mais dois dias para descobrir!

Caneel Bay, USVI

Caneel Bay, USVI

Ilhas Virgens Americanas, St Thomas - Charlotte Amalie, St John - Cruz Bay, Praia, trilha, USVI

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior Playa del Sur, em Luquillo - Porto Rico

Las virgenes...

Post seguinte

Adaptando o estômago.

Blog do Rodrigo

On the Move

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 18/06/2010 | 23:40 por carolina Coelho

    Oi Ana!
    Gostaria de saber onde vc ficou hospedada em Cruz Bay. Quais praias em St. John valem mais a pena?
    Lindas fotos no blog! parabéns.
    E que pena que não conseguiram ir a Culebra. É um paraíso!!!
    bjos

    Resposta:
    Olá Carol!

    Ficamos hospedados na pousada St John Inn (www.stjohninn.com/) , simples mas muito gostosa. Foi o melhor custo x benefício que encontramos, a US$ 150,00 a diária.

    Sobre as praias nós fizemos um roteiro curto nas USVIs, uma vez que queríamos conhecer também as BVIs. Passamos um dia nas praias próximas à Cruz Bay, em um dia você pode aproveitar bem e conhecer da Love Beach até Caneel Bay. A trilha é fácil e leva no máximo 1h até Cannel, nós fizemos este programa em uma tarde no mesmo dia em que chegamos.

    No dia seguinte sugiro que alugue um carro para percorrer a ilha: Maho Beach, Trunk Bay, Cinnamon Bay e Annaberg Plantation são as mais bonitas. Se gostar de snorkelling, você pode caminhar uns 20 minutos até Leinster Bay, a partir do estacionamento das Ruínas de Annaberg. É sem dúvida o melhor lugar para ver muita vida, tartarugas, raias, peixes e estrelas lindas, mas leve um lanche, água e seu próprio equipamento ou alugue em Cruz Bay. Se tiver mais tempo você pode aproveitar cada uma dessas praias com mais tempo, não sei se chegou a ver mas eu titulei esse nosso dia no blog de "The Flash", pois passamos por lá muito rápido.

    Espero que eu tenha ajudado no seu roteiro, quaisquer dúvidas é só mandar!
    Boa viagem!
    Bjs
    Ana

  • 03/05/2010 | 12:09 por Paulinha Ribas

    A parte que eu + gosto da minha programação das tarefas diárias é ler os blogs! Pena que não dura + que 10 min...

    A cerveja sabor manga não deve ser pior que a sabor Cereja ou Menta feita em Sta Catarina... rs rs

    Resposta:
    Que delícia Paulinha! Obrigada! =))) Pode deixar que esse tempo médio vai aumentar logo logo, qdo você puder ver as fotos, vídeos, link de gastronomia e mapas! =)

    A cerveja sabor manga até que ficou boa... nunca tive coragem de experimentar as de SC. Essas coisas só fazemos qdo não sabemos o que estamos comprando! hahaha!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet